Publicidade

Posts com a Tag Londres 2012

sábado, 23 de junho de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 17:49

Desfile de abertura das Olimpíadas terá estrelas do esporte como porta-bandeiras. E no Brasil, quem será escolhido?

Compartilhe: Twitter

Sharapova, Nadal, Aymar, Valentina e Djokovic: eles já foram escolhidos como porta-bandeiras

Rafael Nadal, Maria Sharapaova, Novak Djokovic, Luciana Aymar, Maria Espinoza, Valentina Vezzali.  O que todos estes esportistas têm em comum na montagem acima? Além de reunir algumas das maiores estrelas do esporte mundial na atualidade, a foto traz alguns dos porta-bandeiras escolhidos pelos respectivos comitês olímpicos nacionais para o desfile de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Os astros do tênis mundial lideram a lista de escolhidos: Rafael Nadal, na Espanha; Novak Djokovic, pela Séria; e Maria Sharapova, na Rússia. Mas há espaço para outras modalidades, como no hóquei sobre grama, que terá Luciana Aymar como a porta-bandeira da Argentina. No México, Maria Espínoza, campeã olímpica no taekwondo, terá a honra de carregar a bandeira de seu país. A mesma coisa ocorrerá com Valentina Vezzali, italiana campeã olímpica na esgrima em Pequim 2008.

E o Brasil? Bem, já é famoso o charminho que o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) costuma criar para divulgar seu porta-bandeira, seja em Olimpíadas ou Pan-Americanos. Normalmente, a entidade divulga o nome do(a) escolhido(a) poucos dias antes do desfile. Para este ano, as apostas estão divididas entre Cesar Cielo, da natação, e Maurren Maggi, do atletismo, ambos campeões olímpicos em Pequim.

E para você, quem deveria carregar a bandeira do Brasil? Vote na enquete abaixo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 21 de junho de 2012 Olimpíadas | 23:27

E você, já curtiu Londres 2012 hoje?

Compartilhe: Twitter

Página especial no Facebook reúne perfis de atletas que irão aos Jogos e também de modalidades

Que a força das redes sociais na internet é enorme, todo mundo já está careca de saber. Por isso, estava até demorando para que o Facebook colocasse no ar uma página especial voltada para o principal evento poliesportivo do ano, os Jogos Olímpicos de Londres 2012.  A página, segundo a própria direção da rede social, pretende ser um ponto de encontro entre fãs e ídolos.

Será possível ao internauta encontrar os links das páginas especiais de dezenas de atletas no próprio Facebook, além de páginas das federações internacionais das modalidades. Disponível em 22 idiomas, a página possui mais de 100 milhões de conexões. No Brasil, Neymar, Maurren Maggi e Cesar Cielo já fazem parte da comunidade.

Clique aqui para você também curtir a página especial de Londres 2012 no Facebook.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 20 de junho de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira, Uniformes | 18:59

Handebol feminino vai de clima ecológico em Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Animada com bons resultados em amistosos disputados neste ano, e especialmente após o quinto lugar no Campeonato Mundial realizado em São Paulo, no final de 2011, a seleção brasileira feminina de handebol irá para as Olimpíadas de Londres 2012 de roupa nova. Nesta terça-feira, as jogadoras participaram do lançamento do novo uniforme da equipe, da marca Asics, em São Paulo.

A principal novidade ficou por conta do design das peças, todas com estampas inspiradas na fauna brasileira, com desenhos de araras e estampas de onça sobreposta. As jogadoras aprovaram os novos modelos, gostando especialmente do novo short, com forro por baixo. “Como sempre pulo bastante, às vezes, com o antigo uniforme, tinha que tomar mais cuidado com os movimentos. Agora, não vou precisar me preocupar”, brincou a ponta Jéssica.

Confira algumas fotos dos novos uniformes do handebol feminino do Brasil nas Olimpíadas:

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 18 de junho de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 17:58

Brasil terá quase um time de futebol nos ringues em Londres

Compartilhe: Twitter

Erica Matos classificou-se para os Jogos de Londres graças a um convite da AIBA

E o boxe olímpico do Brasil continua numa fase… Não é que nesta segunda-feira a CBBoxe (Confederação Brasileira de Boxe) recebeu a confirmação de um convite da AIBA para a boxeador Érica Matos, na categoria até 51 kg? Com isso, a equipe brasileira em Londres terá dez representantes (sete homens e três mulheres), quase um time de futebol completo. Jamais o Brasil enviou tantos lutadores a uma única edição olímpica.

Érica garantiu sua vaga graças a vagas abertas nas Américas para atletas que não conseguiram classificação nas qualificações olímpicas (no caso do boxe feminino, o Mundial da China, realizado em maio último). Segundo o treinador da brasileira, Claudio Aires, ela só não se classificou diretamente por ter sido eliminada por uma coreana que ficou com o vice-campeonato mundial.

Confira quais são os brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos 2012

Méritos de Érica Matos e também para o boxe brasileiro, que participará da primeira edição olímpica com o boxe feminino no programa dos Jogos com representantes em todas as categorias. Além de Érica, estarão competindo em Londres as boxeadoras Adriana Araújo (categoria até 60 kg) e Roseli Feitosa (até 75 kg).

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 15 de junho de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 20:16

Brasil já tem a terceira maior delegação olímpica da história

Compartilhe: Twitter

É claro que ainda há tempo para a lista crescer, por causa da lista dos classificados no vôlei de praia e especialmente em razão do atletismo, que ainda tem até o final de junho para fechar sua equipe olímpica. Mas o fato é que atualmente o Brasil já assegurou para as Olimpíadas de Londres 2012 sua terceira maior delegação participando de uma edição dos Jogos.

Com a confirmação de Juliana Veloso nos saltos ornamentais, após anúncio oficial feito pela FINA (Federação Internacional de Natação), o Brasil já soma 233 atletas já classificados para os Jogos de Londres. Isso já coloca o time brasileiro em Londres como o terceiro maior da história olímpica do país, desde Antuérpia 1920. Veja tabela abaixo:

Dificilmente o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) conseguirá enviar à Grã-Bretanha um contingente que supere os 277 atletas que competiram em Pequim 2008. Mas com um pouco de sorte, será possível superar os 247 atletas presentes em Atenas, nas Olimpíadas de 2004.

Confira a lista de brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos de Londres 2012

Puro palpite: com as vagas do atletismo que ainda virão, o Brasil chegará a cerca de 250 atletas em Londres.

Autor: Tags: , , , ,

domingo, 10 de junho de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 22:23

Números comprovam que Arthur Zanetti é candidato a medalha nas Olimpíadas de Londres

Compartilhe: Twitter

Arthur Zanetti celebra a vitória na Copa do Mundo de ginástica artística

Sem medo de ser taxado como pacheco (justo eu, né?), posso afirmar que o excepcional resultado do ginasta brasileiro Arthur Zanetti, na etapa da Copa do Mundo de ginástica artística realizada em Ghent, na Bélgica, o credencia como grande candidato a brigar por uma medalha na prova de argolas da ginástica artística, nas Olimpíadas de Londres.

A afirmação não é baseada em algum arroubo de nacionalismo fajuto ou mero chutometro. Com o resultado obtido na etapa deste domingo, pela Copa do Mundo, atingindo os 15.925 pontos, Zanetti ficou muito próximo do desempenho do chinês Yibing Chen, medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim 2008 e bicampeão mundial nas argolas.

Com exceção justamente da prova em que garantiu o título olímpico em 2008, com 16.600 pontos, Chen teve uma pontuação abaixo desta obtida pelo brasileiro nos Mundiais em que foi campeão mundial (2010 e 2011). A pontuação de Zanetti na Bélgica teria lhe garantido também o título do Mundial de 2009, realizado em Londres, vencido também por um chinês, só pra variar, Mingyong Yan, com 15.675 pontos.

É claro que quando os Jogos Olímpicos começarem, tudo isso pode virar somente estatística. Porém, é impossível não considerar o nome de Arthur Zanetti entre os candidatos a medalha nas argolas, um feito inédito para a ginástica brasileira.

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 9 de junho de 2012 Isso é Brasil, Olimpíadas, Seleção brasileira | 18:09

Com vaga em Londres, Geisa tenta recuperar o tempo perdido

Compartilhe: Twitter

Geisa Arcanjo levou o ouro no Ibero e também a vaga para Londres

Ao garantir neste sábado sua classificação para os Jogos de Londres 2012, com a medalha de ouro no arremesso de peso do Campeonato Ibero-Americano de atletismo, a brasileira Geisa Arcanjo conseguiu eliminar mais uma etapa na longa trajetória que tem feito para recuperar o tempo perdido por uma dolorida suspensão por doping.

Para quem não lembra, Geisa despontou como grande revelação do atletismo brasileiro, ao levar a medalha de ouro no Mundial juvenil de 201, no Canadá. Só que o exame antidoping transformou a vida da brasileira num inferno. Por conta daquilo que já apelidei por aqui de “doping burro“, Geisa foi flagrada por uso de uma substância proibida em um chá emagrecedor.

Punida com apenas uma advertência pelo STJD da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo),  Geisa até teve sorte, pois decisões diferentes com a mesma substância em outros casos já ocorreram. Praticamente perdeu um ano de sua carreira retomando a forma, mas conseguiu dar em parte a volta por cima ao carimbar seu passaporte para Londres no Ibero-Americano, com a bela marca de 18,84 m.

Agora é hora de esquecer o passado e pensar em recuperar o que ficou pra trás. Quem sabe em Londres…

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 3 de junho de 2012 Ídolos, Musas, Olimpíadas | 21:07

Uma musa a menos nos Jogos de Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Shawn Johnson abandonou a ginástica com apenas 20 anos

O primeiro grande desfalque na lista de possíveis musas dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 foi confirmado neste domingo, após a notícia de que a ginasta Shawn Johnson decidiu pela aposentadoria, por não conseguir se recuperar de uma lesão no joelho esquerdo, o mesmo que ela havia contundido seriamente em 2010, em um acidente de esqui.

Trata-se de um fim de carreira precoce de uma atleta de somente 20 anos e que tinha tudo para se tornar uma das maiores estrelas da história da ginástica artística. Há quatro anos, em Pequim 2008, ela conquistou nada menos do que quatro medalhas, uma de ouro (trave) e três de prata (individual geral, solo e por equipe), tudo isso com somente 16 anos. Era de se esperar que brilhasse ainda mais em Londres. Mas o acidente em 2010 mudou tudo.

Johnson ainda ensaiou um retorno, tendo integrado a equipe dos EUA que disputou os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara 2011 e ficou com ouro por equipe. Mas neste ano, o joelho voltou a incomodar bem mais. “Era o momento certo de parar e assim ser saudável para o resto da minha vida”, disse Shawn Johnson, em entrevista à agência Associated Press.

Por sinal, o caso desta repentina aposentadoria levanta a questão sobre o preço que se cobrar para ser atleta de alto nível. Alguém já disse que a última coisa que esporte de alto nível traz é vida saudável. São tantas lesões que o fim de carreira costuma ser penoso para a maioria. No caso de Shawn Johnson, a conta veio cedo demais, para decepção de muitos fãs da ginástica artística.

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 2 de junho de 2012 Imagens Olímpicas, Olimpíadas | 12:30

Prepare-se: o roxo estará na moda nos Jogos de Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Os organizadores das Olimpíadas divulgaram como será a cerimônia das medalhas. E tudo com muito roxo

Dizem por aí que gosto não se discute. Bem, diante disso, é possível afirmar que as 805 cerimônias de premiação para os 4.400 atletas ganhadores de medalhas nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 não irão agradar a 100% dos espectadores nas arenas britânicas ou aos que estiverem acompanhando tudo pela TV. O motivo: a nada discreta cor roxa nos pódios olímpicos.

Criados pelos alunos do Royal College of Art de Londres, os pódios roxos terão serão acompanhados pelas roupas na mesma cor das moças que irão carregar as medalhas e flores que serão entregues aos medalhistas.

Os pódios olímpicos não serão o único lugar com cores pouco discretas, digamos assim, nos Jogos de Londres. As roupas dos cerca de 70 mil voluntários, que trabalharão nas Olimpíadas e Paralimpíadas, também serão predominantemente roxas.

Para quem gosta, é um prato cheio.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 31 de maio de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 07:31

Handebol feminino teve a melhor 'mão' entre todos os sorteios

Compartilhe: Twitter

A seleção brasileira feminina de handebol comemorou seu grupo nas Olimpíadas

Ainda falta acontecer a definição dos grupos do torneio masculino de vôlei, mas uma coisa é certa: entre as seleções brasileiras que disputam os esportes coletivos nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, ninguém se deu tão bem quanto as garotas do handebol, que escaparam do chamado “grupo da morte”, após o sorteio realizado nesta quarta-feira, evitando assim duelos contras as fortíssimas Noruega, França, Espanha e Dinamarca ainda na primeira fase da competição.

Duvida? Então é só relembrar o que já rolou entre os sorteios dos esportes coletivos…

Aparentemente, o futebol masculino encarou uma moleza. Mas o time de Mano Menezes terá pela frente um país africano (Egito) – e o Brasil sempre se complica com africanos em Olimpíadas – , um representante do Leste Europeu (Belarus), que costuma ser um rival difícil de ser batido, e conta somente com a Nova Zelândia como única baba genuína na chave.

No futebol feminino, fora Camarões, a pior colocada no ranking da Fifa entre as quatro integrantes da chave, o Brasil poderá ter problemas contra Grã-Bretanha (cuja base deve ser a Inglaterra, nona colocada na lista) e Nova Zelândia (24º colocado).

De volta aos Jogos Olímpicos depois de 16 anos, o basquete masculino também não encontrou nenhuma chave “mamão com açúcar”, assim podemos dizer. Terá a Espanha, atual vice-campeã olímpica, como única pedreira, mas não se pode dizer que a Austrália seja um rival fraco, pois tradicionalmente gosta de complicar o jogo para o time brasileiro, e terá um rival vindo do fortíssimo Pré-Olímpico mundial. Pode pintar, por exemplo, uma Grécia ou uma Lituânia da vida…

Em compensação, o grupo do basquete feminino foi uma autêntica roubada.  Para começar, terá a Rússia, uma das potências da modalidade; depois, terá a Austrália, três medalhas de prata olímpicas consecutivas (Sydney 2000, Atenas 2004 e Pequim 2008). E ainda virão duas equipes do Pré-Olímpico mundial, como algum time europeu chato (Rep. Tcheca) ou um asiático carne de pescoço (Japão ou Coreia do Sul).

Agora, pedreira mesmo vai encarar o vôlei feminino do Brasil. Diferentemente de outras modalidades, aqui as seleções foram divididas de acordo com critérios pelo ranking da FIVB (Federação Internacional de Vôlei). E foi por causa disso que sobrou para a seleção brasileira rivais como EUA (atuais vice-campeãs olímpicas), Sérvia (campeã europeia de 2011), China (bronze em Pequim 2008) e a surpresa Turquia, dirigida pelo  técnico brasileiro Marco Aurélio Motta.

Diante de tudo isso, a chave do handebol feminino do Brasil nas Olimpíadas é bem mais tranquila. Tem uma superpotência como a Rússia, é verdade, mas tem dois rivais fracos (Angola e Grã-Bretanha), um time “ganhável” (Croácia) e um jogo bem parelho (Montenegro).

Se a equipe comandada pelo técnico dinamarquês Morten Soubak conseguir manter a atual performance dos ultimos amistosos (e também contar com um pouquinho de sorte), terá enormes chances de brigar por uma inédita medalha para o handebol brasileiro.

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. 10
  8. 20
  9. Última