Publicidade

Arquivo da Categoria Jogos de Inverno

sábado, 28 de dezembro de 2013 Imagens Olímpicas, Jogos de Inverno, Olimpíadas | 18:12

Conheça os locais de competição de Sochi 2014

Compartilhe: Twitter

Faltam apenas 40 dias para a abertura oficial dos Jogos Olímpicos de inverno em Sochi 2014, marcada para 7 de fevereiro de 2014. Quel tal então conhecer as instalações construídas pelos russos para receber as próximas Olimpíadas?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 Jogos de Inverno, Olimpíadas, Seleção brasileira | 16:21

Ainda sem índice, ex-ginasta Laís Souza é pré-convocada para as Olimpíadas de Sochi 2014

Compartilhe: Twitter
Laís Souza está buscando uma vaga no Aerials para os Jogos de Sochi

Laís Souza está buscando uma vaga no Aerials para os Jogos de Sochi

A pouco mais de um mês para a abertura oficial dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, na Rússia, a CBDN (Confederação Brasileira de Desportos na Neve) divulgou nesta sexta-feira a lista de atletas pré-convocados para o evento. E entre os chamados está Laís Souza, que representou a seleção brasileira na ginástica artística em duas Olimpíadas (Atenas 2004 e Pequim 2008) e que tenta uma vaga no aerials, uma das modalidades do esqui estilo livre.

Mesmo sem ainda ter índice para participar dos Jogos de Sochi (a abertura será no dia 7 de fevereiro), trata-se de uma grande vitória para Laís, que ao lado da também ex-ginasta Josi Santos, parte do zero em uma nova modalidade e buscando uma vaga olímpica. Laís contou a história de sua reinvenção no esporte ao iG, onde não teve medo em admitir medo com os desafios impostos pelo aerials, onde é obrigada a descer uma rampa de 25m de extensão e dar saltos mortais até chegar ao chão.

Isso tudo depois de ter passado por oito cirurgias no joelho e de ter sido cortada dos Jogos de Londres 2012 um dia antes de entrar da Vila Olímpica, por causa de uma fratura na mão. Convenhamos, se conseguir participar de Sochi, Laís entrará na história do esporte do Brasil.

Os demais pré-convocados pela CBDN são os seguintes:

Isabel Clark – Snowboard
Jaqueline Mourão – Cross Country e Biatlon
Leandro Ribela – Cross Country
Jhonatan Longhi – Esqui Alpino
Maya Harrison – Esqui Alpino
Lais Souza – Esqui estilo livre/Aerials
Josi Santos – Esqui estilo livre/Aerials

Autor: Tags: , , , , , , ,

quinta-feira, 28 de novembro de 2013 Jogos de Inverno, Olimpíadas | 13:43

Mais de 60% dos ingressos para Sochi 2014 já estão vendidos

Compartilhe: Twitter
A procura por ingressos para as Olimpíadas de Sochi 214 tem sido intensa

A procura por ingressos para as Olimpíadas de Sochi 214 tem sido intensa

A despeito das tensões que existem por conta das “Regras de Putin”, não se pode dizer que falta interesse entre os torcedores para acompanhar as disputas das Olimpíadas de inverno de Sochi, na Rússia, a partir do dia 7 de fevereiro de 2014. Segundo informou o comitê organizador dos Jogos, mais de 60% dos ingressos já estão vendidos.

Os bilhetes mais disputados são para as competições de hóquei no gelo, salto de esqui, patinação artística, biathlon e patinação de velocidade em pista curta.

Veja também: Checos lançam uniforme “no gelo”. Veja outras camisas do hóquei que serão usadas em Sochi 2014

Os preços dos ingressos para os Jogos de Sochi 2014 variam de R$ 35,00 (para a categoria C para a arena do hóquei no gelo) e R$ 3.505,00 (o mais caro para acompanhar a Cerimônia de Abertura, no Estádio Olímpico Fisht), em valores convertidos do rublo, a moeda russa. A tabela completa pode ser conferida aqui

Autor: Tags: , , , , , ,

domingo, 17 de novembro de 2013 Jogos de Inverno, Olimpíadas | 14:26

Wada também suspende laboratório de Moscou

Compartilhe: Twitter
John Fahey, presidente da Wada, dunrante a conferência da entidade, em Johanesburgo

John Fahey, atual presidente da Wada, durante a conferência da entidade, em Johanesburgo

Para que ninguém fique imaginando uma “teoria da conspiração” contra a organização das Olimpíadas do Rio, em 2016, a Wada (Agência Mundial Antidoping, na sigla em inglês) anunciou neste domingo a suspensão do laboratório credenciado de Moscou.  A ação é extremamente grave, pois a entidade pede um suspensão de seis meses simplesmente ao laboratório que será responsável pelas análises dos controles de dopagem dos Jogos de Inverno de Sochi, na Rússia, que serão disputados a partir de março de 2014.

O caminho que levou a Wada a aplicar este gancho no laboratório de Moscou é semelhante ao que acabou custando a credencial do Ladetec, que seria o responsável pelos exames tanto na Copa do Mundo de 2014 quanto nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Ou seja, erros de procedimento, falhas em exames etc. E os russos precisarão correr contra o tempo: para que a suspensão seja revogada, eles terão até 1º de dezembro (ou seja, 14 dias a contar de hoje!) para realizar uma completa gestão de qualidade e contratação de peritos independentes para que se possa ter certeza na precisão e confiabilidade dos resultados dos exames.

Os dirigentes da Wada recomendam ainda que o COI (Comitê Olímpico Internacional) pensem seriamente em um plano B para garantir que os exames realizados no laboratório do Mscou (ou em outro que vier a ser indicado) sejam feitos de melhor e mais precisa forma possível.

Recado para quem quiser organizar um mega-evento esportivo daqui em diante: é bom arrumar o seu quintal direitinho, no que diz respeito ao controle de dopagem, para não passar por vexames como Rio e Moscou estão passando neste momento.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 12 de novembro de 2013 Jogos de Inverno, Olimpíadas | 15:06

‘Regras de Putin’ criam paranoia pré-olímpica para Sochi 2014

Compartilhe: Twitter
Em Nova York, manifestantes realizaram protesto contra Putin, durante evento que marcava os 100 dias para Sochi 2014

Em Nova York, manifestantes protestaram contra Putin em evento que marcava os 100 dias para Sochi 2014

Ainda faltam 115 dias para a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, mas existe uma clara paranoia a respeito do que esperar na cidade russa a partir de 7 de março do ano que vem. Não em relação às competições propriamente ditas, mas ao clima de liberdade individual que atletas, torcedores e jornalistas terão (ou não) por lá. Muito por causa da forma exageradamente firme com a qual Vladimir Putin comanda o país.

Em seu quarto mandato como presidente russo, Putin está muito longe do que podemos considerar como uma pessoa com ideais democráticos. Para início de conversa, foi chefe dos órgãos de espionagem soviético (KGB) e russo (FSB).Além disso, defende uma rígida postura contra os rebeldes da Chechênia, que pede sua independência da Rússia, além de tentar resgatar um sentimento de nacionalismo que era muito comum durante a extinta União Soviética.

Mas o que isso tem a ver com as Olimpíadas de Inverno de 2014? Tudo, oras.

Para começo de conversa, existe na Rússia uma lei “anti-gay”. Ela foi aprovada em junho último, por unanimidade no parlamento russo, e em resumo permite ao governo multar e prender pessoas acusadas de espalhar propaganda de manifestações sexuais não tradicionais entre menores, além de banir no país eventos a respeito da causa gay pelos próximos 100 anos.

Pois o parlamento russo decidiu manter a lei em vigor mesmo durante a disputa dos Jogos de Sochi, sob alegação de que seria impossível suspendê-la durante a realização das Olimpíadas. A decisão foi anunciada às vésperas do Mundial de Atletismo em Moscou e obviamente causou polêmica.

Primeiro, foi o beijo protagonizado por duas atletas russas comemorando a medalha de ouro no revezamento 4 x 400 m, que causou extremo embaraço, a ponto das duas terem que se explicar e dizerem que não são gays.

Depois, para colocar lenha na fogueira, ninguém mesmo do que a supercampeã do salto com vara Elena Isinbayeva, que não fez a menor cerimônia em disfarçar o apoio à lei de Putin. “Se permitirmos promover e fazer essas coisas [apoio ao movimento gay] nas nossas ruas, ficaremos com medo de nosso próprio país”, disse a musa. Um dia depois, ela deu entrevista dizendo que se atrapalhou com o inglês e que não era contra os gays.

Depois de dizer que não iria tolerar protestos contra a lei anti-gay durante os Jogos de Sochi, Putin resolveu dar um passo atrás. Em um encontro com o novo presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Thomar Bach, no final de outubro, o presidente russo prometeu que todas as pessoas serão bem-vindas a Sochi, independentemente da orientação sexual.

Mas o último capítulo da paranoia contra a liberdade individual durante os Jogos de Sochi ocorreu nesta segunda-feira. Um suposto relatório assinado pelo chefe da agência estatal de comunicação russa “R-Sport” dizia que tanto jornalistas quanto atletas seriam proibidos de usar redes sociais (Twitter, Facebook, Instagram etc) durante a realização dos Jogos. O texto do suposto relatório dizia inclusive que a proibição incluiria o uso de tablets e smatphones.

Na verdade, tudo não passou de um alarme falso. A própria agência divulgou uma nota nesta terá-feira desmentindo a informação e lembrando que o próprio COI estimula o uso das redes sociais, tanto entre atletas (leia mais aqui) como entre os jornalistas.

Ou seja, se já está assim agora, pode ter certeza que estará bem pior em março de 2014.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 8 de outubro de 2013 Jogos de Inverno, Olimpíadas, Uniformes | 18:57

Checos lançam uniforme ‘no gelo’. Veja outras camisas do hóquei para Sochi 2014

Compartilhe: Twitter

A 121 dias para a abertura das Olimpíadas de Inverno de Sochi (Rus), que serão realizadas entre 7 e 23 de fevereiro do próximo ano, já estão sendo divulgados os uniformes que algumas seleções utilizarão durante a competição. E um dos lançamentos mais inusitados ocorreu na República Checa, onde dentro de um enorme cubo de gelo, foi apresentada a camisa que será usada pela seleção de hóquei no gelo. Os checos foram campeões olímpicos no masculino em 1998, nos Jogos de Nagano (Jap) e bronze em 2002, em Salt Lake City (EUA).

Veja abaixo alguns uniformes que estarão em ação no hóquei no gelo em Sochi 2014

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última