Publicidade

Arquivo de outubro, 2011

domingo, 16 de outubro de 2011 Pan-Americano, Seleção brasileira | 20:35

Ouro na ginástica rítmica compensa a frustração olímpica?

Compartilhe: Twitter

Meninas da GRD do Brasil exibem a medalha de ouro no conjunto pelo Pan 2011

É claro que ninguém,  em seu juízo perfeito, irá dizer que é melhor conseguir uma medalha de ouro em um Pan-Americano do que conquistar uma vaga olímpica. Mas no caso da equipe brasileira de ginástica rítmica, a conquista da medalha de ouro na prova de conjunto obtida neste domingo, nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, teve um sabor de compensação.

Primeiro, pelo fato de a equipe se recuperar psicologicamente após o fiasco no Mundial de Montpellier, quando terminou em 25º lugar e perdeu a chance de se classificar para as Olimpíadas de 2012, em Londres. Segundo, por ter sido uma espécie de volta por cima de uma equipe muito jovem e renovada. Por fim, representou a confirmação da hegemonia brasileira em Pan-Americanos na ginástica rítmica: foi a quarta conquista consecutiva na competição, repetindo os feitos de Winnipeg-99, Santo Domingo-03, Rio-07 e agora em Guadalajara.

Sim, este ouro é uma compensação, mas que não pode apagar os erros cometidos pela equipe brasileira e que custaram a vaga em Londres.

Autor: Tags: , , ,

Com a palavra, Listas, Olimpíadas, Pan-Americano, Seleção brasileira | 15:36

Os brasileiros classificados para Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Yane Marques exibe a medalha de prata conquistada no pentatlo moderno do Pan 2011

Atualizado em 16/10/2011

“Muito ruim, muito ruim mesmo. A temperatura da água estava muito gelada na natação, a pista de corrida com o terreno muito ruim, no tiro a luz me atrapalhava, e na esgrima também”

Foi desta forma que a brasileira Yane Marques reagiu após ter conquistado a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara no pentatlo moderno deste sábado, após perder o ouro para a americana Margaux Isaksen.

Mas ainda que as condições da estrutura oferecida em Guadalajara ao pentatlo moderno estivesse longe do ideal, a pernambucana tinha um motivo a mais para comemorar: com a prata, Yane assegurou sua classificação para as Olimpíadas de Londres, no ano que vem.

Total de atletas brasileiros garantidos para Londres 2012: 80

Basquete

Modalidade masculino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/09/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a República Dominicana, por 83 a 76, nas semifinais do Torneio Pré-Olimpico de Mar del Plata

Modalidade feminino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/10/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a Argentina por 74 a 33 na decisão do Torneio Pré-Olímpico de Neiva

Boxe

Everton Lopes – categoria até 64 kg (meio médio ligeiro)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Yigit (SUE), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Esquiva Florentino – categoria até 75 kg (médio)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Ogog (ING), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Robson Conceição – categoria até 60 kg (leve)
Data e local em que garantiu a vaga: 7/10/2011, classificado na repescagem com a vitória do ucraniano Vitaly Lomachenko sobre o italiano Domenico Valentino, pelas semifinais do Mundial do Azerbaijão

Ciclismo

Modalidade Estrada (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2011, com a vitória de Gregolry Panizo no Campeonato Pan-Americano de ciclismo, em Antioquia (Colômbia)

Futebol

Modalidade feminino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 21/11/2010, ao vencer o Chile na decisão do Campeonato Sul-Americano do Equador

Modalidade masculino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 13/02/2011, ao vencer o Uruguai na rodada final do Campeonato Sul-Americano do Peru

Ginástica artística

Diego Hypólito – Solo
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, ao conquistar a medalha de bronze no Campeonato Mundial de ginástica artística, em Tóquio (Japão)

Arthur Zanetti – Argola
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, ao conquistar a medalha de prata no Campeonato Mundial de ginástica artística, em Tóquio (Japão)

Hipismo

Modalidade saltos – Equipe (5 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 6/10/2010, ao ficar em quarto lugar durante o Mundial de Kentucky (EUA)

Maratona aquática

Prova dos 10km feminino (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 19/07/2011, com o sexto lugar de Poliana Okimoto no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Natação

Revezamento 4 x100m livre (4 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, com o 9º lugar da equipe masculina, formada por Bruno Fratus, Nicolas Oliveira, Marcos Macedo e Marcelo Chierighini, no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Pentatlo moderno

Yane Marques – prova feminina
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, com a medalha de prata de Yana Marques nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara

Taekwondo

Diogo Silva – categoria até 68kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2011, ao ficar com a medalha de bronze no Pré-Olímpico de Baku, no Azerbaijão

Tiro esportivo

Modalidade Pistola 25m feminino – Ana Luiza Mello
Data e local em que garantiu a vaga: 20/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Modalidade Fossa Olímpica Double – Felipe Fuzaro
Data e local em que garantiu a vaga: 24/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Autor: Tags: , , , ,

Imprensa, Pan-Americano | 13:50

Curta a página do Pan 2011 no iG Esporte. Vale a pena

Compartilhe: Twitter

A correria tem sido tamanha desde o início deste Pan que mal deu tempo de fazer uma referência obrigatória aos visitantes deste blog: já está no ar a página especial do iG Esporte para a cobertura dos Jogos de Guadalajara.

E está show de bola! Lá você pode encontrar a ficha completa de todos os atletas da delegação brasileira que está no México; o calendário completo da competição (e com destaque para a participação dos brasileiros); quadro de medalhas destacando as conquistas por modalidade de cada país; além de uma completa cobertura em tempo real de tudo o que acontece em Guadalajara.

Deu um trabalhão deixar tudo pronto, mas está show de bola. Apareça por lá e confira!

Autor: Tags:

sábado, 15 de outubro de 2011 Listas, Mundiais, Olimpíadas, Seleção brasileira | 15:27

Os brasileiros classificados para Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Arthur Zanetti comemora muito sua medalha de prata nas argolas e a vaga olímpica

Atualizado em 15/10/2011

Diego Hypólito e Arthr Zanetti são os primeiros representantes da ginástica artística do Brasil classificados para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.  Na madrugada deste sábado, os dois ganharam medalhas durante o Campeonato Mundial da modalidade, que está sendo realizado em Tóqui (Japão).  Zanetti  conseguiu a primeira medalha do Brasil nas argolas, ao ficar com a prata, enquanto Hypólito conquistou o bronze na prova de solo.

Total de atletas brasileiros garantidos para Londres 2012: 79

Basquete

Modalidade masculino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/09/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a República Dominicana, por 83 a 76, nas semifinais do Torneio Pré-Olimpico de Mar del Plata

Modalidade feminino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/10/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a Argentina por 74 a 33 na decisão do Torneio Pré-Olímpico de Neiva

Boxe

Everton Lopes – categoria até 64 kg (meio médio ligeiro)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Yigit (SUE), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Esquiva Florentino – categoria até 75 kg (médio)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Ogog (ING), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Robson Conceição – categoria até 60 kg (leve)
Data e local em que garantiu a vaga: 7/10/2011, classificado na repescagem com a vitória do ucraniano Vitaly Lomachenko sobre o italiano Domenico Valentino, pelas semifinais do Mundial do Azerbaijão

Ciclismo

Modalidade Estrada (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2011, com a vitória de Gregolry Panizo no Campeonato Pan-Americano de ciclismo, em Antioquia (Colômbia)

Futebol

Modalidade feminino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 21/11/2010, ao vencer o Chile na decisão do Campeonato Sul-Americano do Equador

Modalidade masculino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 13/02/2011, ao vencer o Uruguai na rodada final do Campeonato Sul-Americano do Peru

Ginástica artística

Diego Hypólito – Solo
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, ao conquistar a medalha de bronze no Campeonato Mundial de ginástica artística, em Tóquio (Japão)

Arthur Zanetti – Argola
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, ao conquistar a medalha de prata no Campeonato Mundial de ginástica artística, em Tóquio (Japão)

Hipismo

Modalidade saltos – Equipe (5 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 6/10/2010, ao ficar em quarto lugar durante o Mundial de Kentucky (EUA)

Maratona aquática

Prova dos 10km feminino (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 19/07/2011, com o sexto lugar de Poliana Okimoto no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Natação

Revezamento 4 x100m livre (4 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, com o 9º lugar da equipe masculina, formada por Bruno Fratus, Nicolas Oliveira, Marcos Macedo e Marcelo Chierighini, no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Taekwondo

Diogo Silva – categoria até 68kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2011, ao ficar com a medalha de bronze no Pré-Olímpico de Baku, no Azerbaijão

Tiro esportivo

Modalidade Pistola 25m feminino – Ana Luiza Mello
Data e local em que garantiu a vaga: 20/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Modalidade Fossa Olímpica Double – Felipe Fuzaro
Data e local em que garantiu a vaga: 24/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 14 de outubro de 2011 Pan-Americano | 09:06

Um Pan-Americano com cara de Pan. E isso é um elogio

Compartilhe: Twitter

Operários trabalham firme para acertar os últimos detalhes no parque aquático de Guadalajara

Peço licença para começar este post apelando para o velho chavão, mas finalmente chegou o grande dia. Nesta sexta-feira, a partir das 22h (horário de Brasília), começa de forma oficial a 16ª edição dos Jogos Pan-Americanos, na cidade de Guadalajara, no México. Até que enfim…

E neste momento, a despeito dos enormes problemas que a capital do estado de Jalisco enfrentou – e ainda enfrenta – na preparação do evento, chegou a hora de não concentrar totalmente as atenções nos problemas de organização, nos atrasos das obras ou até mesmo na chuva que castiga a cidade mexicana. Agora, é o momento de festejar a celebração da chamada “Olimpíada das Américas”, com todo o cuidado para não esbarrar na armadilha do ufanismo bobo e sem senso crítico.

O Pan-Americano, por si só, é uma competição bacana, acredite. Claro que perdeu demais de sua importância no cenário esportivo mundial, pois as principais estrelas preferem deixá-lo de lado. O Brasil é uma exceção nesta cartilha e enviará ao México feras como Cesar Cielo (natação), Fabiana Murer e Maurren Maggi (atletismo) e Rodrigo Pessoa (hipismo), apenas para falar de quatro nomes. De modo geral, o Pan-Americano é uma grande oportunidade de preparar novos talentos para as grandes competições internacionais.

Com isso em mente, é possível curtir o Pan sem problemas. O Brasil ganhará um caminhão de medalhas, algumas em modalidades que você só irá acompanhar daqui a quatro anos. E teremos problemas, é claro. Mas no fim de tudo isso, os mexicanos terão feito um esforço monumental para realizar um evento do tamanho para o qual ele foi feito. Um “Pan com cara de Pan”, sem pretensões megalomaníacas ou superinstalações. E será legal.

Bem diferente do que ocorreu quatro anos atrás, quando o Rio de Janeio mudou o padrão dos Jogos Pan-Americanos em 2007, ao realizar uma competição com “padrões olímpicos” (pelo menos essa era a intenção). O motivo óbvio era impressionar pela capacidade de realização e conquistar a sede das Olimpíadas de 2016, como de fato conseguiu.

Mas o custo da conta foi bem alto, como as acusações de superfaturamento nas obras estão à disposição de todos, nos relatórios do TCU. E que estas mesmas pessoas envolvidas na organização do Rio-07 (e que também cuidam dos jogos Olímpicos de 2016) não caiam na armadilha de menosprezar as falhas que certamente ocorrerão em Guadalajara, da mesma forma arrogante que alguns o fizeram em Santo Domingo-03. Este é apenas um Pan-Americano, o que já significa muita coisa, goste-se ou não do evento.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 12 de outubro de 2011 Almanaque, Ídolos, Pan-Americano, Seleção brasileira | 23:03

Hugo Hoyama, o samurai highlander

Compartilhe: Twitter

O mesa-tenista Hugo Hoyama, que foi homenageado pelo COB e será o porta-bandeira do Brasil

Bacana a homenagem prestada pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro) ao interminável mesa-tenista brasileiro Hugo Hoyama, anunciado nesta quarta-feira como o porta-bandeira da delegação do Brasil no desfile de abertura dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, que começam nesta sexta-feira.

Se não conseguiu alcançar um patamar mais importante ao longo de sua carreira em termos olímpicos, é no Pan-Americano que Hoyama tornou-se uma figura marcante. Aos 42 anos, o atleta paulista é simplesmente o maior ganhador de medalhas de ouro na história do Brasil na competição (nove), nas modalidades individual, duplas e equipe.

Além disso, caminha para igualar mais uma marca importante: completará sua sétima participação no Pan, repetindo o feito do atirador Durval Guimarães, que participou entre 1963 e 95. A diferença é que Hoyama caminha para seu sétimo Pan consecutivo. Definitivamente, não é para qualquer um.

Não sei se Hugo Hoyama se inspira no famoso personagem Connor MacLeod, interpretado no cinema por Christopher Lambert no filme “Highlander”, um guerreiro escocês que se torna imortal desde 1536, quando foi ferido numa batalha, mas ressuscitou.  O risco é se Hoyama se animar com esta história e tentar emplacar sua presença também no Pan de Toronto, nos Jogos de 2015. Vai complicar a vida da turma que atualiza o media guide do COB…

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 11 de outubro de 2011 Imprensa, Pan-Americano | 23:53

Pista de atletismo do Pan é aprovada. 'Jeitinho' mexicano?

Compartilhe: Twitter

A pista de atletismo do estádio Telmex foi finalmente aprovada nesta terça-feira. Um vexame a menos

No mínimo curiosa a velocidade com a qual os organizadores dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, que começam nesta sexta-feira, conseguiram a aprovação da pista de atletismo do Estádio Telmex. Há pouco mais de dez dias, com as obras inacreditavelmente atrasadas, a pista corria o risco de não ser homologada pela Iaaf (Associação das Federações Internacionais de Atletismo).

Com isso, o grande vexame que os mexicanos estavam correndo seria que as marcas obtidas pelos atletas no torneio de atletismo do Pan não seriam consideradas oficiais. Piada total, ainda mais lembrando que o Estádio Olímpico de Londres já tem sua pista aprovada para receber as Olimpíadas de 2012.

Só que houve algum “jeitinho mexicano” e nesta terça-feira o delegado mexicano da Iaaf, Carlos Moreno Brabo, informou que a pista fora aprovada pela entidade que comanda o atletismo mundial, três dias antes da abertura dos Jogos

Isso não diminui o mico dos organizadores do Pan de Guadalajara, que infelizmente poderá se caracterizar copmo aquele em que tudo ficou pronto aos 44 minutos do segundo tempo.

Autor: Tags: , ,

sábado, 8 de outubro de 2011 Ídolos, Isso é Brasil, Mundiais, Olimpíadas, Seleção brasileira | 10:45

Ouro inédito no boxe mostra que há vida além do COB

Compartilhe: Twitter

O baiano Everton Lopes fez história para o boxe brasileiro no Azerbaijão

O incrível e inédito feito do baiano Everton Lopes, que conquistou neste sábado a primeira medalha de ouro na história do boxe amador do Brasil, ao derrotar o ucraniano Denys Berinchyc na final da categoria meio médio ligeiro (até 64 kg), em Baku (Azerbaijão), tem um significado ainda maior para o próprio esporte brasileiro.

Na prática, a vitória de Lopes – como já havia sido com Fabiana Beltrame, ouro no Mundial de remo – mostrou que é possível fazer um trabalho sério e vencedor sem depender apenas das verbas oficiais distribuídas pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro), graças ao dinheiro das loterias, pela Lei Agnelo/Piva.

O boxe brasileiro faz parte, ao lado do remo, taekwondo, levantamento de peso e esgrima, de um projeto paralelo de investimento no esporte olímpico e também de base da Petrobras, o Esporte e Cidadania, que investirá R$ 256 milhões nestas modalidades visando resultados nas Olimpíadas de 2016, no Rio. Algo que não depende do repasse de verbas do COB – o que significa grande independência, politicamente falando – além de ser um projeto cujo o destino do dinheiro será para o atleta, apenas ele, sem risco de se perder pelo caminho, se é que vocês me entendem…

Administrado pelo Instituto Passe de Mágica, comandado pela ex-armadora da seleção feminina de basquete Magic Paula, o projeto exige que as confederações destas cinco modalidades expliquem de forma detalhada a forma com que irão usar o dinheiro, seja em viagens de treinamento, participação em competições internacionais e por aí vai. Só então a verba é liberada pelo Passe de Mágica, que ainda pede para as confederações uma detalhada prestação de contas.

O resultado já começa a aparecer. As conquistas de Fabiana Beltrame e Éverton Lopes, além de bons resultados internacionais recentes na esgrima e taekwondo (que inclusive já garantiu o lutador Diogo Silva nas Olimpíadas de Londres, em 2012) mostram que há vida além da dependência das verbas oficiais distribuídas pelo COB para o esporte brasileiro. Basta querer.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 7 de outubro de 2011 Listas, Mundiais, Olimpíadas, Seleção brasileira | 23:50

Os brasileiros classificados para Londres 2012

Compartilhe: Twitter

O brasileiro Robson Conceição (de vermelho) garantiu vaga em Londres na repescagem

Atualizado em 7/10/2011

Um dia sem vaga, outro dia com vaga. Ah, este Campeonato Mundial de boxe amador que acontece em Baku, no Azerbaijão, não está dando sossego para os fãs da modalidade e muito menos aos jornalistas.

Eis que dois dias depois de ter sua vitória sobre o ucraniano Vasyl Lomachenko cassada nos bastididores (e consequentemente sua classificação para as Olimpíadas de Londres 2012), eis que o peso leve (até 60 kg) Robson Conceição teve uma grande notícia nesta sexta-feira. Graças à vitória de Lomachenko sobre o italiano Domenico Valentino, Conceição assegurou novamente uma vaga em Londres. Isso porque um lutador derrotado das quartas de final pelo campeão ou vice do Mundial de Baku irá para as Olimpíadas.

Com isso, o boxe brasileiro já tem três lutadores nos Jogos de 2012: além de Robson Conceição, Esquiva Florentino (categoria médio, até 75 kg) e Éverton Lopes (categoria meio médio ligeiro, até 64 kg).

Total de atletas brasileiros garantidos para Londres 2012: 77

Basquete

Modalidade masculino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/09/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a República Dominicana, por 83 a 76, nas semifinais do Torneio Pré-Olimpico de Mar del Plata

Modalidade feminino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/10/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a Argentina por 74 a 33 na decisão do Torneio Pré-Olímpico de Neiva

Boxe

Everton Lopes – categoria até 64 kg (meio médio ligeiro)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Yigit (SUE), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Esquiva Florentino – categoria até 75 kg (médio)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Ogog (ING), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Robson Conceição – categoria até 60 kg (leve)
Data e local em que garantiu a vaga: 7/10/2011, classificado na repescagem com a vitória do ucraniano Vitaly Lomachenko sobre o italiano Domenico Valentino, pelas semifinais do Mundial do Azerbaijão

Ciclismo

Modalidade Estrada (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2011, com a vitória de Gregolry Panizo no Campeonato Pan-Americano de ciclismo, em Antioquia (Colômbia)

Futebol

Modalidade feminino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 21/11/2010, ao vencer o Chile na decisão do Campeonato Sul-Americano do Equador

Modalidade masculino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 13/02/2011, ao vencer o Uruguai na rodada final do Campeonato Sul-Americano do Peru

Hipismo

Modalidade saltos – Equipe (5 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 6/10/2010, ao ficar em quarto lugar durante o Mundial de Kentucky (EUA)

Maratona aquática

Prova dos 10km feminino (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 19/07/2011, com o sexto lugar de Poliana Okimoto no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Natação

Revezamento 4 x100m livre (4 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, com o 9º lugar da equipe masculina, formada por Bruno Fratus, Nicolas Oliveira, Marcos Macedo e Marcelo Chierighini, no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Taekwondo

Diogo Silva – categoria até 68kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2011, ao ficar com a medalha de bronze no Pré-Olímpico de Baku, no Azerbaijão

Tiro esportivo

Modalidade Pistola 25m feminino – Ana Luiza Mello
Data e local em que garantiu a vaga: 20/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Modalidade Fossa Olímpica Double – Felipe Fuzaro
Data e local em que garantiu a vaga: 24/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Autor: Tags: , , , ,

Imprensa, Pan-Americano, Sem categoria | 23:27

Por que parou? Parou por quê?

Compartilhe: Twitter

Até para dar uma satisfação aos (raros) leitores detse blog, a falta de atualizações nos últimos dias tem uma explicação bem simples e direta. Aqui no iG Esporte, estamos na reta final do lançamento de um site especial voltado para a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, que começam daqui a exatos sete dias.

E o amigo internauta (como o Galvão Bueno adora declamar nas transmissões de futebol da TV Globo) não faz ideia da trabalheira que dá montar um site mais copmpleto possível, com infomações de horários de jogos, fichas de todos os atletas brasileiros, e por aí vai. E nem digo isso para me vangloriar. Não estamos fazendo mais nada do que nossa obrigação. Mas só pra deixar todo mundo curioso, tá ficando bonito pacas o site, viu?

E vamos tentar deixar este espaço menos jogado ao relento nos próximos dias.

Valeu, pessoal!

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última