Publicidade

Arquivo de setembro, 2011

domingo, 18 de setembro de 2011 Pan-Americano, Seleção brasileira | 12:34

Atletismo inicia aclimatação do Brasil para o Pan 2011

Compartilhe: Twitter
Estádio Omnilife, onde serão realizadas as cerimônia de abertura e encerramento do Pan 2011

Estádio Omnilife, onde serão realizadas as cerimônias de abertura e encerramento do Pan 2011

Para o Brasil, os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara começam para valer a partir desta segunda-feira. De acordo com programação divulgada pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro), nesta data estará chegando ao Centro de Treinamento de Altitude de La Loma, em San Luis Potosí, o primeiro grupo de atletas para iniciar o período de aclimatação no México. E serão do atletismo os primeiros representantes brasileiros dando a largada para a preparação visando o Pan, cuja cerimônia de abertura será realizada no dia 14 de outubro, no Estádio Omnilife, em Guadalajara.

Potosí tem uma altitude de 1.900m e está localizada a 325km de distância de Guadalajara. O centro de treinamento de La Loma receberá também as equipes de natação, taekwondo e triatlo. Grupos de atletas brasileiros estarão chegando a La Loma até o dia 24 de outubro, na semana final do Pan-Americano.

Em Guadalajara, que concentrará a maioria absoluta das competições do Pan 2011, as primeiras equipes brasileiras que chegarão serão as do tênis de mesa e handebol feminino, no dia 7 de outubro.

Autor: Tags: , , , , , ,

sábado, 17 de setembro de 2011 Pan-Americano, Uniformes | 10:02

Veja as fotos dos uniformes do Brasil no Pan 2011

Compartilhe: Twitter

Nesta sexta-feira, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) realizou o lançamento dos uniformes que a delegação do Brasil irá usar nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, a partir de 14 de outubro. E com a presença de atletas de sete modalidades – Cesar Castro (saltos ornamentais), Sheila e Fabi (vôlei), Rafaela Silva (judô), Marina Canetti (polo aquático), Izaquias Queiroz (canoagem), Barbara Leôncio (atletismo) e Patrícia Freitas (vela) – foram exibidas algumas das 66 mil peças fabricadas pela Olympikus, fornecedora oficial de material esportivo do COB.

Com exceção do uniforme de desfile, para variar carnavalesco demais, pode-se dizer que o Brasil estará bem vestido no Pan 2011. mas sobre o tema, o colega colunista no iG Esporte, o ex-nadador Rogério Romero, fez um ótimo post sobre o tema, com a visão do atleta a respeito do dilema que ocorre entre o comitê olímpico e as confederações, que muitas vezes têm fornecedores diferentes. Sem esquecer os atletas que possuem patrocinador pessoal de material esportivo.

Vejam abaixo algumas fotos do desfile de apresentação dos uniformes do Brasil em Guadalajara:


Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 16 de setembro de 2011 Imagens do Pan, Pan-Americano | 23:30

Muito prazer, Catrina!

Compartilhe: Twitter

A simpática Catrina, aqui representando um atleta do arremesso de peso

Calma, não precisa tirar as crianças da sala. O simpático esqueleto acima, decorado em papel marchê e todo colorido, é uma criação de artesãos da cidade de Tlaquepaque, na região de Jalisco. No total, foram feitas de 20 destas belezuras, cada uma delas batizada carinhosamente de “Catrina”. Elas irão representar uma modalidade esportiva que será disputada nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, a partir do próximo dia 14 de outubro. O objetivo dos artistas locais com este esqueleto todo colorido é duplo: divulgar o artesananato de Tlaquepaque e também entrar no clima do Pan.

Dá-lhe, Catrina!

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 14 de setembro de 2011 Isso é Brasil | 23:26

Até quando o doping vai levar a melhor sobre o esporte?

Compartilhe: Twitter

Já está virando tema recorrente neste blog, mas nunca é demais repetir que o doping continua deitando e rolando no esporte, em particular no Brasil. Nesta quarta-feira, a CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) divulgou mais um caso positivo. Desta vez, o da fundista Eliane Pereira, que teve um exame positivo após disputar uma prova de rua em Sorocaba (SP), no final de julho. O exame de Eliane acusou a presença da susbtância dexametasona.

A atleta tentou justificar a presença da substância em seu exame, mas a CBAt não aceitou os argumentos e aplicou as pena de três meses.

O mais triste de tudo é que este não foi o primeiro exame positivo de Eliane Pereira. Ela também foi flagrada em 2002, durante os Jogos Sul-Americanos, mas em função das normas do prazo decorrido e das normas da Wada (Agência Mundial Antidoping), passou a contar somente como a primeira punição.

O triste de tudo isso é que por mais que se façam exames em todas as competições, por mais que se divulgue a necessidade de praticar um esporte limpo, o doping parece imbatível. Falo em relação ao mundo inteiro. E no caso específico do Brasil, isso fica evidente nestas competições menos badaladas, como estes circuitos de corrida de rua que não contam com atletas badalados.

Se a ciência não consegue dar conta de vencer o combate ao doping, imagino que caberia às entidades que dirigem o esporte brasileiro realizar intensas campanhas de combate ao doping.

Mas algo realmente profundo, não apenas para fazer um marketing bonitinho, para sair bem na foto. Com o dinheiro que recebem dos cofres públicos, as confederações brasileiras esportivas tinham obrigação de fazer isso.

Mas quem disse que existe alguém com coragem e vontade de cobrar isso, não é mesmo?

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 13 de setembro de 2011 Isso é Brasil, Olimpíadas | 22:58

Um raio-X do esporte no Brasil

Compartilhe: Twitter

Excelente a pesquisa feita pela Delloite, empresa de consultoria internacional, divulgada no começo deste mês de setembro, chamada “Muito além do futebol – Estudo sobre esportes no Brasil”.  O objetivo era o de traçar um mapa sobre o interesse dos brasileiros em esportes, tendo em vista a realização dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, que serão realizadas no Rio de Janeiro. E alguns resultados desta pesquisa foram bem interessantes:

  • A principal conclusão é que o rúgbi foi apontado pelos entrevistados como o esporte que mais irá crescer no Brasil nos próximos anos;
  • As artes marciais ficaram em segundo lugar na opção de modalide esportiva que mais irá crescer nos próximos anos;
  • Os esportes coletivos aparecem como os preferidos pela maioria dos entrevistados na pesquisa;
  • Apesar de ser um país tropical, o Brasil possuí um grande interesse em acompanhar esportes de inverno, como curling (!), hóquei no gelo e esqui;
  • Golfe, hipismo e tênis foram apontados como esportes de elite (88%, 84% e 46%, respectivamente);
  • O beisebol e o golfe foram apontados como os esportes menos admirados pelos entrevistados;
  • O vôlei aparece como o segundo esporte na preferência do brasileiro, com 46%. O basquete aparece em quinto lugar (16%);
  • Na lista dos esportes que mais irá crescer no Brasil nos próximos anos, o basquete aparece em último lugar na preferência dos entrevistados, ao lado do futebol americano, com somente 4% nas respostas

Para conhecer outros dados interessantes desta pesquisa, clique na apresentação abaixo:

Autor: Tags: , , , , , , , ,

Com a palavra, Olimpíadas, Pré-Olímpico, Seleção brasileira | 21:01

Grupo fechado na seleção masculina de basquete?

Compartilhe: Twitter

“Estou há 11 anos na seleção e só encontrei o Nenê duas vezes. Por isso acho que para às Olimpíadas temos de contar com Leandrinho e Varejão, mas acredito que o Nenê não tenha lugar nesse time”



Ala Alex Garcia, ao comentar no iG Esporte sobre o que pensava sobre um possível retorno do pivô Nenê Hilário e do armador Leandrinho à seleção brasileira nas Olimpíadas de Londres 2012, após eles terem se recusado a disputar o Pré-Olímpico de Mar del Plata, quando o Brasil conquistou a vaga ao ficar com o vice-campeonato da competição.

Autor: Tags: , , , ,

domingo, 11 de setembro de 2011 Almanaque, Listas, Olimpíadas, Pré-Olímpico, Seleção brasileira | 23:45

Brasil só foi campeão uma vez do Pré-Olímpico masculino de basquete. Confira a lista

Compartilhe: Twitter

Ao terminar com o vice-campeonato no Torneio Pré-Olímpico de Mar del Plata neste domingo, o Brasil atingiu o seu objetivo, apesar da derrota na final para a Argentina por 80 a 75. Além disso, manteve sua tradição na competição de quase nunca sair dela como campeão. Apenas numa única vez, em 1984, quando sediou o torneio, a seleção brasileira ficou com o título.

Confira abaixo a relação dos três primeiros colocados desde a primeira edição do Pré-Olímpico masculino, em 1980:

1980 – San Juan (Porto Rico)
18 a 25/4/1980

1º) Porto Rico
2º) Canadá
3º) Argentina

Obs: o Brasil terminou em 4º lugar, mas disputou os Jogos de Moscou-80 em razão do boicote dos EUA e aliados às Olimpíadas

1984 – São Paulo (Brasil)
15 a 24/5/1984

1º) Brasil
2º) Uruguai
3º) Canadá

1988 – Montevidéo (Uruguai)
22 a 31/5/1988

1º) Porto Rico
2º) Brasil
3º) Canadá

1992 – Oregon (EUA)
27/6 a 5/7/1992

1º) EUA
2º) Venezuela
3º) Brasil

1995 – Tucuman e Neuquén (Argentina)
15 a 27/8/1995

1º) Porto Rico
2º) Argentina
3º) Brasil

1999 – San Juan (Porto Rico)
14 a 25/7/1999

1º) EUA
2º) Canadá
3º) Argentina

Obs: o Brasil terminou em 6º lugar e não se classificou

2003 – San Juan (Porto Rico)
20 a 31/8/2003

1º) EUA
2º) Argentina
3º) Porto Rico

Obs: O Brasil terminou em 7º lugar e não se classificou

2007 – Las Vegas (EUA)
22/8 a 2/9/2007

1º) EUA
2º) Argentina
3º) Porto Rico

Obs: O Brasil terminou em 4º lugar e não se classificou

2011 – Mar del Plata (Argentina)
30/8 a 11/9/2011

1º) Argentina
2º) Brasil
3º Rep. Dominicana

Autor: Tags: ,

sábado, 10 de setembro de 2011 Listas, Olimpíadas, Seleção brasileira | 21:29

Os brasileiros classificados para Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Marcelinho Huertas vibra coma vitória e a vaga do Brasil em Londres 2012

Atualizado em 10/09/2011

Ao derrotar a República Dominicana por 83 a 76, no Pré-Olímpico de Mar del Plata, a seleção brasileira masculina de basquete quebrou um jejum de 16 anos e garantiu sua classificação para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. A última vez que o basquete brasileiro participou das Olimpíadas foi nos Jogos de Atlanta, em 1996.

Total de atletas brasileiros garantidos para Londres 2012: 64

Basquete

Modalidade masculino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/09/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a república Dominicana, por 83 a 76, nas semifinais do Torneio Pré-Olimpico de Mar del Plata

Ciclismo

Modalidade Estrada (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2011, com a vitória de Gregolry Panizo no Campeonato Pan-Americano de ciclismo, em Antioquia (Colômbia)

Futebol

Modalidade feminino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 21/11/2010, ao vencer o Chile na decisão do Campeonato Sul-Americano do Equador

Modalidade masculino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 13/02/2011, ao vencer o Uruguai na rodada final do Campeonato Sul-Americano do Peru

Hipismo

Modalidade saltos – Equipe (5 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 6/10/2010, ao ficar em quarto lugar durante o Mundial de Kentucky (EUA)

Judô

Sarah Menezes – categoria Ligeiro (até 48 kg)
Data e local em que garantiu a vaga: 23/08/2011, ao ficar com a medalha de bronze no Mundial de Paris

Leandro Cunha – categoria Meio-leve (até 66 kg)
Data e local em que garantiu a vaga: 23/08/2011, ao ficar com a medalha de prata no Mundial de Paris

Maratona aquática

Prova dos 10km feminino (1 atleta)
Data e local em que garantiu a vaga: 19/07/2011, com o sexto lugar de Poliana Okimoto no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Natação

Revezamento 4 x100m livre (4 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, com o 9º lugar da equipe masculina, formada por Bruno Fratus, Nicolas Oliveira, Marcos Macedo e Marcelo Chierighini, no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Taekwondo

Diogo Silva – categoria até 68kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2011, ao ficar com a medalha de bronze no Pré-Olímpico de Baku, no Azerbaijão

Tiro esportivo

Modalidade Pistola 25m feminino – Ana Luiza Mello
Data e local em que garantiu a vaga: 20/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Modalidade Fossa Olímpica Double – Felipe Fuzaro
Data e local em que garantiu a vaga: 24/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Autor: Tags: , ,

Olimpíadas, Pré-Olímpico, Seleção brasileira | 21:08

Um sonho que demorou 5.858 dias para se realizar

Compartilhe: Twitter

Tiago Splitter se emociona ao comemor a vaga olímpico com Marcelinho Huertas

Quem gosta de basquete, em especial do basquete do Brasil, viu muita coisa acontecer por aqui desde o dia 27 de agosto de 1995. Por exemplo:

1) O  fim de carreira de um dos maiores cestinhas do basquete mundial chamado Oscar Schmidt;

2) A chegada ao poder na CBB (Confederação Brasileira de Basquete) de Gerasime Boziks, o Grego, talvez uma das maiores tragédias para a história do basquete nacional;

3) Vimos uma Liga Independente ser criada, por causa da incompetência da CBB, e depois fracassar em sua tentativa de emplacar no cenário nacional;

4) Tivemos o vexame de ver um Campeonato Nacional não terminar também por incompetência dos dirigentes;

5) Incontáveis e sofridas derrotas em Campeonatos Mundiais e Torneios Pré-Olímpicos;

6) Vimos até um jogador a se recusar a entrar em quadra num Pré-Olímpico, Nezinho, em Las Vegas-2007;

7) Vimos inúmeros pedidos de dispensa de jogadores renomados, como Nenê e Leandrinho, e de outros menos badalados, pelas mais variadas justificativas;

Vimos, por fim, o basquete masculino do Brasil tornar-se motivo de chacota e piada de torcedores e até mesmo entre seus fãs.

Neste sábado, 5.858 dias depois daquele 27 de agosto de 1995, quando derrotou o Canadá e se classificou para as Olimpíadas de Atlanta-96, o basquete masculino do Brasil voltou aos Jogos Olímpicos.

Até que enfim!

Autor: Tags: , ,

Mundiais, Olimpíadas, Seleção brasileira | 15:04

Vaga olímpica de Yane Marques ficará para o Pan 2011

Compartilhe: Twitter

Yane Marques participa da prova de evento combinado tiro/corrida

Ainda não foi desta vez que a brasileira Yane Marques, terceira melhor do mundo no pentatlo moderno, conseguiu garantir seu lugar nos Jogos Olímpicos de Londres, no ano que vem. Neste sábado, ele disputou a final do Mundial da modalidade – composta pela disputa de provas de hipismo, natação, esgrima e o evento combinado tiro/corrida – em Moscou (RUS), terminando na sétima colocação. Como apenas as três primeiras colocadas se classificaram para as Olimpíadas, Yane ficou sem carimbar seu passaporte já neste sábado.

Agora, a atleta pernambucana tentará assegurar sua classificação olímpica nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, a partir de 14 de outubro, quando Yane defenderá seu título, após ter conquistado a medalha de ouro no Pan do Rio, em 2007.

A campeã mundial no pentatlo feminino foi a ucraniana Victoria Tereshuk, seguida da húngara Sarotta Kovacs (prata) e a lituana Laura Asadauskaite (bronze. Na sétima posição, Yane somou 5.364 pontos em sua participação no Mundial, assim divididos em cada modalidade: 856 na esgrima (11º lugar); 1.204 na natação (6º); 1.160 no hipismo (12º); e 2.144 no evento combinado (23º).

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última