Publicidade

Arquivo de abril, 2011

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Pan-Americano | 15:20

Uma maratona que vale vaga

Compartilhe: Twitter

Ana Marcela Cunha estará brigando por uma vaga no Pan-11 neste domingo

Precisa de um motivo para pegar a estrada no próximo final de semana e dar um pulo em Santos? Bom, se o tempo estiver meia-boca como nesta quarta-feira, neste chove-não chove irritante, pelo menos poderá acompanhar no domingo a Maratona Aquática Internacional de Santos, prova válida pela Copa do Mundo da modalidade. A disputa será realizada no percurso olímpico (10 quiilômetros) e para os atletas sul-americanos terá uma motivação a mais: será a seletiva do continente para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.

Estarão classificados para o Pan os sete primeiro colocados, tanto na prova masculina quanto na feminina, sendo que o limite será de dois atletas por país em cada uma das categorias. Entre os brasileiros, pintam como favoritos Ana Marcela Cunha, Poliana Okimoto, Betina Lorscheitter, Allan do Carmo, Samuel de Bona, Luiz Rogério Arapiraca e Victor Simões.

Os maiores rivais que ameaçam os brasileiros na disputa pelas vagas são Andreína Pinto e Erwim Maldonado (Venezuela); Kátia Barros, Ivan Enderica e Nataly Caldas Calle (Equador); Cecília Biagoli, Pilar Geijo, Antonella Bogarin e Damian Blaum (Argentina); e Roberto Penailillo (Chile).

Para quem curte Maratona Aquática, eis um belo programa de domingo.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 12 de abril de 2011 Olimpíadas | 12:45

Pista do Estádio Olímpico de Londres vai sobreviver

Compartilhe: Twitter

Para o bem do atletismo, a pista do Estádio Olímpico não será demolida

Beirava o absurdo que justamente nas Olimpíadas cujo presidente do Comitê Organizador (Sebastian Coe) é uma das lendas do atletismo, saber que a pista do Estádio Olímpico de Londres seria demolida, antes da arena ser entregue ao West Ham, da Premier League, após os Jogos. Mas esta ameaça surreal não existe mais. O conselho da Iaaf (Associação Internacional das Federações de Atletismo) anunciou nesta última segunda-feira, em Daegu, na Coreia do Sul, anunciou que a pista será mantida após os Jogos Olímpicos de 2012.

O Comitê Organizador divulgou que o West Ham se comprometeu a manter a pista e que isso será considerado um importante legado dos Jogos de Londres-12. E fica evidente que acabou prevalecendo a influência de Sebastian Coe na decisão. Para quem não sabe, Coe, que também é vice-presidente da Iaaf, conquistiu duas medalhas de ouro nos 1.500m (Moscou-80 e Los Angeles-84) e duas de prata nos 800m (Moscou-80 e Los Angeles-84).

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 11 de abril de 2011 Almanaque, Pan-Americano | 22:42

Os cartazes do Pan (5)

Compartilhe: Twitter


5º Jogos Pan-Americanos – Winnipeg (Can)

Período de disputa: 24/7 a 6/8/1967
Países participantes: 29
Modalidades esportivas disputadas: 18
Total de atletas: 2.361

Quadro final de medalhas (cinco primeiros colocados):


Autor: Tags: ,

domingo, 10 de abril de 2011 Pan-Americano, Seleção brasileira | 23:18

A maior pivô do Brasil

Compartilhe: Twitter

A pivô Nilza Garcia foi duas vezes campeã pan-americana

“Que tristeza. Faleceu hoje Nilza Monte Garcia, grande amiga e maior pivô de basquete de nossas seleções de todos os tempos”. Foi desta forma que Maria Helena Cardoso, ex-treinadora da seleção brasileira feminina de basquete divulgou no Twitter a morte de um ícone do basquete feminino do Brasil na era pré-Hortência e Paula.

Nilza era a pivô de um time que fez história, ao lado da própria Maria Helena, Norminha, Heleninha, Marlene, Delcy, entre outras. Conquistou duas vezes a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos (Winnipeg-67 e Cali-71), três vezes campeã sul-americana (Chile-68, Equador-70 e Bolívia-74), além de ter participado da memorável campanha que deu ao Brasil o terceiro lugar no Campeonato Mundial de 71, realizado no país e cuja fase final foi disputada em São Paulo.

Foi de Nilza, inclusive, a cesta decisiva que garantiu a vitória da seleção brasileira sobre o Japão, por 77 a 76, e que garantiu a medalha de bronze. Antes de Paula e Hortência brilharem, houve uma geração de talento e raça que abriu as portas, da qual Nilza fazia parte. Ela morreu neste domingo, em São Paulo, aos 68 anos, vítima de câncer.

E para provar que o Brasil não tem mesmo memória, até o final da noite deste domingo, a CBB (Confederação Brasileira de Basquete) não havia colocado uma nota no ar em seu site oficial ou postado nada em uma página no Twitter. Lamentável.

Atualização: Na manhã desta segunda-feira (11/4), o site da CBB já trazia uma nota falando sobre a morte de Nilza Garcia. Menos mal.

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 9 de abril de 2011 Ídolos, Pan-Americano, Seleção brasileira | 19:58

César Cielo começa 2011 com tudo

Compartilhe: Twitter

O brasileiro Cesar Cielo marcou o quarto melhor tempo do ano nos 50m livre

A temporada internacional do nadador brasileiro Cesar Cielo nos 50m livre – prova em que detém o recorde mundial da distância – começou muito bem. Ao vencer a prova válida pelo GP de Michigan (EUA), Cielo cravou o quarto melhor tempo do ano, com 22s08. O brasileiro está atrás no ranking dos franceses Fred Bousquet (que nadou a distância em 21s82 e 22s07) e Alain Bernard (21s98).

O GP de Michigan é apenas a primeira competição internacional que Cesar Cielo disputa em 2011 e serve de preparação para o Campeonato Mundial de natação, que será realizado em julho, na cidade de Xangai (China). Ele deverá ainda disputar os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, em outubro. Depois de ficar apenas em segundo lugar nas eliminatórias, Cielo não deu a menor chance para os rivais na final, marcando um tempo considerado muito bom por se tratar apenas de início de temporada.

E por sinal, o pódio dos 50m livre em Michigan foi brasileiro: além de Cielo, o segundo lugar ficou com a revelação Bruno Fratus (melhor tempo nas eliminatórias), com 22s52, enquanto Nicholas Santos ficou em terceiro, ao lado do russo Andrey Seryy, marcando 22s54.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 8 de abril de 2011 Pan-Americano, Seleção brasileira | 09:14

A mulher mais rápida do mundo

Compartilhe: Twitter

Ana Cláudia é a atleta mais rápida do ano nos 100m rasos

Calma, não se assuste com o título deste post. Até o momento, não existe mulher mais rápida no mundo do que a cearense Ana Cláudia Lemos, de 22 anos, dona do melhor tempo da temporada nos 100m rasos. No ranking da Iaaf (Associação Internacional das Federações de Atletismo),  ela aparece no topo da lista, com a marca de 11s19, obtida em São Paulo, no último dia 25 de março, na pista do Centro Olímpico. O tempo foi cravado na semifinal do 1º Torneio FPA. Ah, ela ganhou a final também, é bom que se diga (marcou 11s41).

Ana Cláudia pode ser considerada uma das boas (e poucas) revelações do atletismo brasileiro nos últimos anos. Aos 13 anos, quando morava em Criciúma, foi descoberta ao acaso, jogando futebol, e impressinou por sua velocidade em campo. Passou a integrar um projeto chamado “Correndo pelo Futuro” e sob orientação do técnico Roberto Bortollo, começou a fazer boas marcas e ser chamada para diversas seleções brasileiras. Até integrar a equipe do revezamento 4 x 100m, nas Olimpíadas de Pequim-2008 e no Mundial de Atletismo de Berlim, em 2009.

Contratada pela equipe BM&F Bovespa no início de 2010, quando passou a ser treinada por Katsuhico Nakaya, também técnico da seleção brasileira, Ana Cláudia viveu seu melhor momento na carreira até então. No Sul-Americano Sub 23, igualou o recorde sul-americano de Lucimar Moura nos 100m rasos, que durava 20 anos, 11s17. E no dia 4 de setembro do ano passado, bateu o recorde, ao marcar 11s15, em São Paulo.

Depois de nova vitória nos 100m em 2011, na última quarta-feira, vencendo o 3º Torneio FPA, Ana Cláudia Lemos viajará na próxima semana para os EUA, onde participará de duas competições, na Califórnia e na Pensilvânia, além de intensificar seu treinamento para o Mundial de Daegu, na Coreia do Sul, no mês de agosto, e aos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro.

Numa época em que o atletismo brasileiro vem ficando mais famoso pelos casos de doping punidos (?) estanhamente pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), ver despontar um talento como o de Ana Cláudia Lemos não deixa de ser um alento.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 7 de abril de 2011 Imprensa, Isso é Brasil, Seleção brasileira | 08:27

Vitória contra o preconceito. Mas a luta só começou…

Compartilhe: Twitter

Michael sofreu com as ofensas homofóbicas da torcida em Minas Gerais

Um golaço a reportagem da colega Aretha Martins com o central Michael, do Vôlei Futuro, que admitiu ao iG Esporte ser homossexual, após ouvir insultos homofóbicos da torcida do Sada/Cruzeiro, válida pelas semifinais da Superliga masculina de vôlei.

A coragem de Michael foi notável, ainda mais pelo fato do esporte ser um meio ainda muito preconceituoso, tal qual a sociedade como um todo. Mas, sinal dos tempos, a revelação do jogador do Vôlei Futuro causou menos barulho do que a feita pelo falecido Lilico, em 1999 assumiu ser gay e que por causa disso acreditava que não era convocado pelo então técnico da seleção brasileira, Radamés Lattari.

Aí é que mora o perigo do corajoso gesto de Michael. Ser discriminado não por sua condição sexual (o que por si só seria o fim da picada), mas por ficar marcado como um atleta que não tem medo de se posicionar. Que o vôlei brasileiro saiba reconhecer isso como uma qualidade em Michael e não como um problema.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 6 de abril de 2011 Isso é Brasil, Olimpíadas, Pan-Americano, Seleção brasileira | 17:06

Hóquei brasileiro precisa mais do que acordos

Compartilhe: Twitter

Presidente do COB, Carlos Nuzman, comemora acordo de cooperação com a FIH. Mas será que isso basta?

O COB (Comitê Olímpico Brasileiro) anunciou nesta terça-feira um acordo de cooperação com a FIH (Federação Internacional de Hóquei) para o desenvolvimento da modalidade no Brasil. Segundo nota divulgada pelo COB, um planejamento elaborado entre a entidade, a FIH e a CBHG (Confederação Brasileira de Hóquei na Grama) tem como principal objetivo “inserir o hóquei sobre grama do Brasil nas principais competições internacionais a fim de proporcionar maior experiência para a modalidade”.

Muito bem. É claro que se deve louvar a intenção do COB em tentar desenvolver um esporte que praticamente não existe no país, especialmente se levarmos em conta que todos os países que organizam competições poliesportivas (como Olimpíadas e Pan-Americanos) participam de todas as modalidades. E se tem algo que o Brasil necessita urgentemente é aprender a jogar hóquei na grama.

Só assim, com muito aprendizado, a seleção brasileira da modalidade irá escapar de vexames como os protagonizados no Pan-Americano do Rio, em 2007. Na ocasião, a seleção masculina cumpriu uma campanha bisonha, com cinco derrotas em cinco partidas disputadas, sofrendo 57 gols e marcando somente um. E ainda conseguiu levar um 8 a 0 das Antilhas Holandesas, que pasmem, estão atrás do Brasil no ranking mundial (46º na última lista, enquanto os brasileiros ocupam “orgulhosamente” a 38ª).

É muito bonito políticos e cartolas ficarem alardeando aos quatro ventos que o Brasil está caminhando para se transformar numa potência olímpica. Eu não acho isso, muito pelo contrário. E a própria situação de penúria do hóquei de grama nacional confirma isso. Há muito trabalho pela frente.

Não será apenas assinando um simpático acordo de cooperação com a FIH que irá mudar esta situação a curto prazo. E se bobear, nem a médio prazo.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 5 de abril de 2011 Musas, Pan-Americano, Vídeos | 21:52

A embaixadora do Pan de Guadalajara

Compartilhe: Twitter

Galilea Montijo está animada com os Jogos Pan-Americanos

Foi divulgado nesta terça-feira o nome de mais um dos embaixadores dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, com início previsto para 13 de outubro. Na verdade, foi anunciada uma embaixadora: a apresentadora de TV e atriz  Galilea Montijo, vencedora da edição mexicana do “Big Brother”. O anúncio foi feito pelo governador do estado de Jalisco e presidente do comitê organizador dos Jogos, Emilio Gonzalez Márquez, durante um programa de TV.

“É uma honra para mim aceitar este convite. Estou pronta para curtir o Pan-Americano em meu país”, disse Galilea, de 37 anos, que foi namorada do grande ídolo do futebol mexicano Cuauhtemoc Blanco. Além dela, também já foram escolhidos como “embaixadores” do Pan os grupos musicais “Belanova” e “El Recodo”; o golfista Lorena Ochoa; o boxeador Saul  “Canelo” Álvarez; o piloto de Fórmula 1, Sérgio Perez; e o goleiro do Chivas Guadalajara, Luis Michel.

Mas, parafraseando o Pedro Bial, vamos dar uma “espiadinha” em Galilea Montijo?

Autor: Tags: ,

Pan-Americano, Seleção brasileira | 08:11

Aperitivo para Guadalajara

Compartilhe: Twitter

O torcedor que curte handebol terá motivos de sobra para acompanhar a disputa do 3º Campeonato Pan-Americano masculino de clubes de handebol, a partir desta terça-feira, no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo. Além de ser uma competição internacional – e com a participação de duas equipes da Argentina, a maior rival do Brasil no continente -, reunirá boa parte dos jogadores brasileiros que estarão em Guadalajara, para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. E logo na primeira rodada, um clássico nacional de alto nível: Metodista/São Bernardo x Pinheiros, com início marcado para às 20h.

São duas equipes que vêm decidindo títulos nacionais e regionais nos últimos anos e que certamente farão um duelo repleto de rivalidade. “São as duas equipes mais fortes do esporte e com certeza para o fã de handebol é sempre uma emoção acompanhar esse duelo”, garante Borges, jogador do Pinheiros e que por 11 anos atuou na Medotista.

Para os fãs do handebol, um belo programa.

Confira abaixo a tabela do 3º Pan-Americanos de clubes masculino de handebol:

05/04- Terça-feira

18h Unopar/Londrina x Universidad Americana (Paraguai)
20h
Metodista/São Bernardo x Esporte Clube Pinheiros

06/04 –Quarta-feira

18h River Plate (Argentina) x Universidad Americana (Paraguai)
20h
Metodista/São Bernardo x Villa Ballester (Argentina)

07/04 –Quinta-feira

18h Esporte Clube Pinheiros x Villa Ballester (Argentina)
20h
Unopar/Londrina x River Plate (Argentina)

08/04 – Sexta-feira

18h 1º A x 2º B
20h
1º B x 2º A

09/04 –Sábado

13h 3º A x 3º B
15h
Disputa 3º e 4º lugar
17h
Disputa da Final

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última