Publicidade

Posts com a Tag Nado sincronizado

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015 Listas, Mundiais, Pan-Americano, Pré-Olímpico | 12:00

O calendário 2015 do esporte olímpico

Compartilhe: Twitter

Toronto 2015

A chegada de 2015 promete ser um prato cheio aos amantes dos esportes olímpicos. Afinal, este será o último ano antes da maior festa poliesportiva mundial, as Olimpíadas do Rio 2016. E o grande aquecimento, ao menos para o torcedor brasileiro, será em julho, com a realização dos Jogos Pan-Americanos em Toronto (Canadá), competição onde tradicionalmente o Brasil faz a festa em relação a conquista de medalhas.

Mas será um ano também de importantes campeonatos mundiais, como o de esportes aquáticos, em Kazan (Rússia) e de atletismo, em Pequim (China), onde boa parte da equipe olímpica brasileira nestas duas modalidades poderá ser definida. Ainda teremos mundiais de judô (Cazaquistão), ginástica artística (Escócia) e handebol (Dinamarca). Para completar, também será uma temporada na qual estão previstos vários eventos-testes para os Jogos do Rio.

Ou seja, tem atração para todos os gostos.

E o blogueiro aproveita também para desejar um Feliz 2015 aos leitores!

JANEIRO

10 e 11 – Circuito Masculino de rúgbi seven – Mar del Plata (ARG)
15/1 a 1º/2 – Campeonato Mundial masculino de handebol – Doha (QAT)
17 a 18 – Circuito Masculino de rúgbi seven – Viña del mar (CHI)
19/1 a 1º/2 – Aberto da Austrália de tênis
30/1 a 1º/2 – Grand Prix de luta olímpica – Paris (FRA)

FEVEREIRO

7 e 8 – Circuito Mundial feminino de rúgbi seven – São Paulo (BRA)
16 a 22 – Rio Open de tênis – Rio de Janeiro (BRA)
18 a 22 – Campeonato Mundial de ciclismo de pista – Saint-Quentin-en-Yvelines (FRA)
20 a 22 – Grand Prix de judô – Dusseldorf (ALE)
28/2 a 10/3 – Copa do Mundo de tiro esportivo (tiro ao prato) – Acapulco (MEX)

MARÇO

6 a 8 – Copa Davis de tênis – 1ª rodada
7 e 8 – Aberto Pan-Americano de judô – Santiago (CHI)
14 a 15 – Circuito Mundial de rúgbi seven – EUA
14 e 15 – Aberto Pan-Americano de judô – Montevidéu (URU)
19 a 29 – Copa do Mundo de tiro esportivo (tiro ao prato) – Al Ain (EAU)
21 e 22 – Aberto Pan-Americano de judô – Buenos Aires (ARG)
25 a 27 – Copa do Mundo de ginástica artística (1ª etapa) – Doha (QAT)
27 a 29 – Grand Prix de judô – Samsun (TUR)

ABRIL

3 a 5 – Copa do Mundo de ginástica artística (2ª etapa) – Ljubljana (ESL)
6 a 11 – Troféu Maria Lenk de natação – Rio de Janeiro (BRA)
8 a 16 – Copa do Mundo de tiro esportivo (carabina e pistola) – Changhow (KOR)
15 a 19 – Copa do Mundo de hipismo saltos (final) – Las Vegas (EUA)
18 e 19 – Circuito Mundial de rúgbi seven – Canadá
24 a 26 – Campeonato Pan-Americano de luta olímpica – Santiago (CHI)
24 a 26 – Campeonato Pan-Americano de judô – Edmonton (CAN)
24/4 a 4/5 – Copa do Mundo de tiro esportivo (tiro ao prato) – Lanarca (CHP)
26/4 a 3/5 – Campeonato Mundial de tênis de mesa – Suzhou (CHN)

MAIO

1º a 3 – Grand Prix de judô – Zagreb (CRO)
2 e 3 – Campeonato Mundial de revezamentos de atletismo – Nassau (BAH)
7 a 9 – Copa do Mundo de ginástica artística (4ª etapa) – Varna (BUL)
8 a 10 – Grand Slam de judô – Baku (AZE)
9 a 31 – Giro D’Italia de ciclismo estrada – vários locais
11 a 19 – Copa do Mundo de tiro esportivo (carabina e pistola) – Fort Benning (EUA)
16/5 A 19/7 – Liga Mundial masculina de vôlei – vários locais
21 a 24 – Copa do Mundo de ginástica artística (5ª etapa) – Anadia (POR)
24/5 a 7/6 – Torneio de tênis de Roland Garros – Paris (FRA)
26 a 31 – Grand Slam de vôlei de praia – Moscou (RUS)
26/5 a 2/6 – Copa do Mundo de tiro esportivo (carabina e pistola) – Munique (ALE)
31/5 a 8/6 – Campeonato Pan-Americano feminino de handebol – Cuba

JUNHO

5 a 7 – Campeonato Sul-Americano de atletismo – Assunção (PAR)
6/6 a 5/7 – Copa do Mundo de futebol feminino – Canadá
6 a 16/6 – Copa do Mundo de tiro esportivo (carabina, pistola e tiro ao prato) – Gabala (AZE)
12 a 14 – Grand Prix de judô – Miami (EUA)
16 a 21 – Grand Slam de vôlei de praia – São Petersburgo (RUS)
26/6 a 26/7 – Grand Prix feminino de vôlei – vários locais
26/6 a 5/7 – Campeonato Mundial de vôlei de praia – Holanda
28/6 a 6/7 – Campeonato Mundial de pentatlo moderno – Berlim (ALE)
29/6 a 5/7 – Torneio de tênis de Wimbledon – Londres (ING)
29/6 a 5/7 – Campeonato Mundial de vela (Nacra 17) – Aarhus (DIN)
29/6 a 8/7 – Campeonato Mundial de vela (Laser e Laser Radial) – Kingston (JAM)

JULHO

Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de vôlei – Rio de Janeiro
7 a 26 – Jogos Pan-Americanos (cerimônia de abertura será dia 10) – Toronto (CAN)
4 a 26 – Tour de France de ciclismo estrada – França
13 a 19 – Campeonato Mundial de esgrima – Kazan (RUS)
16 a 23 – Campeonato Mundial de taekwondo – Chelyabinsk (RUS)
17 a 19 – Copa Davis de tênis – Quartas de final
17 a 19 – Grand Slam de judô – Tyumen (RUS)
21 a 26 – Grand Slam de vôlei de praia – Yokohama (JAP)
21 a 25 – Campeonato Mundial de ciclismo BMX – Heusden-Zolder (BEL)
24/7 a 9/8 – Mundial de esportes aquáticos (natação, nado sincronizado, saltos ornamentais, polo aquático e maratona) – Kazan (RUS)
26/7 a 2/8 – Campeonato Mundial de tiro com arco – Copenhague (DIN)

AGOSTO

Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de vôlei de praia – Rio de Janeiro (BRA)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de triatlo – Rio de Janeiro (BRA – Forte de Copacabana)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de remo – Rio de Janeiro (BRA – Lagoa Rodrigo de Freitas)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de ciclismo estrada – Rio de Janeiro (BRA – Parque do Flamengo)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de maratona aquática – Rio de Janeiro (BRA – Forte de Copacabana)
1 e 2 – Aberto Pan-Americano de judô – Miami (EUA)
2 e 3 – Aquece Rio 2016 de hipismo CCE – Rio de Janeiro (BRA – Deodoro)
8 a 16 – Pré-Olímpico feminino de basquete – Edmonton (CAN)
9 – GP do Brasil de atletismo – Belém (BRA)
10 a 16 – Campeonato Mundial de badminton – Jacarta (IDN)
12 a 22 – Aquece Rio 2016 de vela – Rio de Janeiro (BRA – Marina da Glória)
14 a 16 – Evento-teste Rio 2016 de hipismo saltos – Rio de Janeiro (BRA)
17 a 22 – Troféu José Finkel de natação – São Paulo (BRA)
18 a 23 – Grand Slam de vôlei de praia – Long Beach (EUA)
19 a 23 – Campeonato Mundial de canoagem velocidade – Milão (ITA)
22/8 a 6/9 – Copa do Mundo feminina de vôlei – Japão
22/8 a 4/9 – Pré-Olímpico masculino de basquete – Monterrey (MEX)
22/8 a 13/9 – Vuelta a España – ciclismo estrada – Espanha
22 a 30 – Campeonato Mundial de atletismo – Pequim (CHN)
25 a 30 – Grand Slam de vôlei de praia – Polônia
25 a 30 – Tour do Rio de ciclismo estrada – Rio de Janeiro
25 a 30 – Campeonato Mundial de judô – Astana (CAZ)
31/8 a 6/9 – Campeonato Mundial de ciclismo mountain bike – Andorra (ESP)

SETEMBRO

Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de canoagem velocidade – Rio de Janeiro (BRA – Lagoa Rodrigo de Freitas)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de tiro com arco – Rio de Janeiro (BRA – Sambódromo)
7 a 13 – Campeonato Mundial de ginástica rítmica – Stuttgart (ALE)
7 a 13 – Campeonato Mundial de luta olímpica – Las Vegas (EUA)
8 a 23 – Copa do Mundo masculina de vôlei – Japão
9 a 18 – Campeonato Mundial de tiro esportivo (tiro ao prato) – Lonato (ITA)
16 a 20 – Campeonato Mundial de canoagem slalom – Eton Dorney (ING)
17 a 20 – Copa do Mundo de ginástica artística (6ª etapa) – Osijek (CRO)
18 a 20 – Copa Davis de tênis – Semifinais
19 a 27 – Campeonato Mundial de ciclismo estrada – Richmond (EUA)

OUTUBRO

Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de ciclismo BMX – Rio de Janeiro (BRA – Deodoro)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de ciclismo mountain bike – Rio de Janeiro (BRA – Deodoro)
1º a 4 – Finais do Circuito Mundial de vôlei de praia – EUA
5 a 13 – Campeonato Mundial masculino de boxe – Doha (QAT)
17 e 18 – Grand Slam de judô – Paris (FRA)
17 a 24 – Campeonato Mundial de vela (RS:X) – Al Musay (OMN)
24/10 a 1º/11 – Campeonato Mundial de ginástica artística – Glasgow (ESC)
31/10 e 1º/11 – Grand Prix de judô – Abu Dhabi (EAU)

NOVEMBRO

Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de tênis de mesa – Rio de Janeiro (BRA – Riocentro)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de polo aquático – Rio de Janeiro (BRA – Julio de Lamare)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de hoquei na grama – Rio de Janeiro (BRA – Deodoro)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de badminton – Rio de Janeiro (BRA – Riocentro)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de canoagem slalom – Rio de Janeiro (BRA – Deodoro)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de golfe – Rio de Janeiro (BRA – Campo Olímpico de Golfe)
15 a 22 – Finais da ATP de tênis – Londres (ING)
17 a 22 – Campeonato Mundial de vela (49er) – Buenos Aires (ARG)
20 a 30 – Campeonato Mundial de vela (Finn) – Wellington (NZL)
25 a 28 – Campeonato Mundial de ginástica trampolim – Odense (DIN)
26 a 29 – Grand Prix de judô – Jeju (KOR)
27 a 29 – Copa Davis de tênis (final)
28 e 29 – Circuito Mundial masculino de rúgbi seven – Dubai (EAU)

DEZEMBRO

Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de boxe – Rio de Janeiro (BRA – Riocentro)
Data a confirmar – Aquece Rio 2016 de tênis – Rio de Janeiro (BRA – Centro Olímpico de Tênis)
4 a 6 – Grand Slam de judô – Tóquio (JAP)
5 e 6 – Circuito Mundial feminino de rúgbi seven – Dubai (EAU)
5 a 20 – Campeonato Mundial feminino de handebol – Dinamarca
3 a 7 – Campeonato Mundial de natação em piscina curta – Doha (CAT)

Fontes consultadas: jornais “Folha de S. Paulo” e “O Globo” e sites de federações esportivas internacionais

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 30 de maio de 2014 Olimpíadas | 09:32

Corrida para a Rio 2016 começa nesta sexta-feira

Compartilhe: Twitter

logo2016

Atualizado

Esta sexta-feira, 30 de maio, será um dia importante no calendário esportivo para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Na prática, a partir deste dia está aberta a corrida oficial na classificação de diversas modalidades para as próximas Olimpíadas. Os critérios de qualificação olímpica foram definidos na última Assembleia do COI (Comitê Olímpico Internacional), realizada em Sochi, durantes os Jogos de Inverno, em fevereiro deste ano.

Na prática, cinco modalidades esportivas (atletismo, ginástica artística, ginástica rítmica, trampolim acrobático e futebol) ainda não divulgaram seus critérios de classificação, mas as demais já sabem quantas vagas estão em disputa e até quando os atletas terão tempo para garanti-las. Nesta sexta, por exemplo, começará a contar o período válido do ranking mundial do judô, que classificará 386 atletas para os Jogos Olímpicos.

Veja abaixo a tabela com as modalidades que já definiram seus critérios de classificação olímpica e o número de vagas em disputa:

Modalidade              Período de classificação               Total de vagas

Badminton                   4/5/2015 a 1/5/2016                       172 (86 masc. e 86 fem)
Basquete                      14/09/2014 a 11/7/2016               24 seleções (12 masc. e 12 fem)
Boxe                             03/2015 a 06/2016                             286 (250 masc. e 36 fem)
Canoagem slalom              07/2015 a 10/7/2016                       82 (61 masc. e 21 fem)
Canoagem velocidade      19/8/2015 a 10/7/2016             248 (158 masc., 88 fem e 2 a definir)
Ciclismo BMX                    31/5/2014 a 31/5/2016             48 (32 masc. e 16 fem)
Ciclismo estrada             2015 a 15/6/2016                            211 (144 masc. e 67 fem)
Ciclismo MTB                 05/2014 a 25/05/2016                  80 (50 masc. e 30 fem)
Ciclismo pista                 15/7/2014 a 28/2/2016                 189 (99 masc e 90 fem)
Esgrima            3/4/2015 a 24/4/2016        212 (102 masc. e 102 fem + 8 vagas Brasil a definir)
Golfe                              14/7/2014 a 11/7/2016                   120 (60 masc. e 60 fem)
Handebol                       7/12/2014 a 10/4/2016                    24 seleções (12 masc. e 12 fem)
Hipismo adestramento        24/8/2014 a 20/6/2016               60 (masc. e fem)
Hipismo CCE                        27/8/2014 a 20/6/2016               65 (masc. e fem)
Hipismo saltos               31/8/2014 a 20/6/2016                     75 (masc. e fem)
Hóquei sobre grama       18/9/2014 a 12/2015                  24 seleções (12 masc. e 12 fem,)
Judô                                30/5/2014 a 29/5/2016                    386 (221 masc + 145 fem + 20 a definir)
Levantamento de peso    4/9/2014 a 19/6/2016            260 (156 masc e 104 fem)
Luta Olímpica               7/9/2015 a 8/5/2016               344 (228 masc, 108 fem + 8 a definir)
Maratona aquática        24/7/2015 a 05/2016             50 (25 masc. e 25 fem)
Nado sincronizado        2015 a 04/2016                          104 (fem)
Natação                        1º/3/2015 a 31/5/2016               900 (máximo de 26 masc. e 26 fem por país)
Pentatlo moderno            12/6/2015 a 1º/6/2016            72 (36 masc. e 36 fem)
Polo Aquático               06/2015 a 04/2016                       20 seleções (12 masc e 8 fem)
Remo                               30/8/2015 a 25/5/2016                     550 (331 masc. e 219 fem)
Rúgbi                         1º/10/2014 a 31/12/2015                  24 seleções (12 masc. e 12 fem)
Saltos ornamentais     24/7/2015 a 15/6/2016              136 (68 masc. e 68 fem)
Taekwondo                 2015 a 04/2016                                  128 (64 masc e 64 fem)
Tênis                           até 6/6/2016                                           172 (86 masc. e 86 fem)
Tênis de mesa               1º/7/2015 a 24/4/2016              172 (86 masc. e 86 fem)
Tiro com arco                 26/7/2015 a 11/7/2016           128 (64 masc. e 64 fem)
Tiro esportivo               1º/8/2014 a 31/3/2016            390 (219 masc, 147 fem + 24 a definir)
Triatlo                           05/2015 a 05/2016                       110 (55 masc. e 55 fem)
Vela                              1º/8/2014 a 1º/6/2016                380 (217 masc. e 163 fem)
Vôlei                           21/8/2015 a 06/2016                       24 seleções (12 masc. e 12 fem)
Vôlei de praia          1º/7/2014 a 17/7/2016             96 duplas (48 masc. e 48 fem)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 9 de novembro de 2013 Imprensa, Isso é Brasil, Olimpíadas, Paraolimpíadas | 15:39

A 1.000 dias da abertura, Rio 2016 precisa de mais trabalho e menos festa

Compartilhe: Twitter
Número 1.000 formado no Estádio Mangueirão, em Belém (PA),  por atletas que disputam os Jogos Escolares da Juventude

Número 1.000. referente aos dias que faltam parao Rio 2016, no Estádio Mangueirão, em Belém (PA), formado por atletas que disputam os Jogos Escolares da Juventude

Todo mundo adora uma efeméride. Se for com data redonda, então, aí é que a festa fica completa. Isto posto, é natural todo o barulho que está sendo feito neste sábado, quando faltam exatos 1.000 dias para a abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Mas, a despeito da bonita foto comemorativa divulgada pelo comitê organizador dos Jogos (só não entendi direito o fato de ter sido feita no Mangueirão, em Belém, e não no Maracanã, por exemplo), o momento atual pede mais trabalho e menos festa.

Como bem lembrado por ótima reportagem do jornal Folha de S. Paulo neste sábado, o orçamento final dos Jogos de 2016 ainda não foi definido! Orçados em R$ 28 bilhões quando a candidatura brasileira venceu a eleição, em 2009, ele ainda não teve seus números definitivos anunciados. Só como comparação, os organizadores das Olimpíadas de Londres 2012 anunciaram o orçamento definitivo (R$ 37 bilhões) em 2007, dois anos antes do tal prazo dos 1.000 dias.

O Rio 2016 precisa ainda no tempo que resta para a abertura oficial acelerar (e muito) obras importantes. O ponto mais delicado nesta operação olímpico é o Complexo de Deodoro, que receberá uma quantidade significativa de m0dalidades, como esgrima, pentatlo moderno, hipismo (saltos, CCE e adestramento), ciclismo BMX e mountain bike, tiro esportivo e canoagem slalom. A licitação das obras nem foi feita ainda e a inauguração será somente no primeiro semestre de 2016.

E no próprio Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, há importantes instalações cujas obras nem saíram do papel, como a arena de handebol (que está em fase de licitação), que deve ficar pronta apenas no segundo semestre de 2015, e o centro aquático (com licitação prevista para ocorrer em 2014), que precisa estar erguido até o primeiro trimestre de 2016.

É muita coisa pra pouco tempo, convenhamos.

Isso tudo só torna as tolas bravatas de Eduardo Paes, ao dizer que o Rio deixará Barcelona 1992 no chinelo, ainda mais patéticas.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 Ídolos, Isso é Brasil, Mundiais, Seleção brasileira | 14:10

Mundial de Barcelona consagra Cielo, Thiago e Poliana, mas também merece uma reflexão

Compartilhe: Twitter

Com um pequeno atraso – em razão de problemas técnicos enfrentados nos blogs do iG Esporte neste final de semana – , é necessário que se faça uma breve análise a respeito da belíssima participação do Brasil no Mundial de esportes aquáticos, encerrado neste domingo em Barcelona. Se por um lado foi uma campanha para se tirar o chapéu, embalada pelos ouros de Cesar Cielo nos 50 m livre e borboleta e o de Poliana Okimoto na maratona aquática, por outro é preciso que se faça uma ponderação equilibrada e sem arroubos patrióticos sobre os resultados alcançados.

Cielo comemora a medalha de ouro nos 50 m livre, garantindo o tricampeonato mundial

Primeiro, os pontos positivos que se podem extrair de Barcelona 2013. O Mundial espanhol serviu para consagrar a figura de Cesar Cielo como o maior nadador brasileiro de todos os tempos. Dificilmente haverá um outro velocista como ele nos próximos 20 anos, imagino. Sua superação ao se tornar o primeiro tricampeão mundial da história nos 50 m livre e bi mundial nos 50 m borboleta, depois da frustração com o bronze nas Olimpíadas de Londres, é coisa de outro mundo.  Sem esquecer que precisou também encarar cirurgia nos dois joelhos e uma mudança radical em sua preparação, abandonando o projeto P.R.O. 16 e voltando a treinar nos EUA com um técnico desconhecido, Scott Goodrich, seu ex-companheiro de treinos em Auburn.

O feito de Poliana Okimoto também foi notável. Depois do drama que viveu em Londres, quando passou mal em plena disputa da prova dos 10 km da maratona aquática, ela superou os seus fantasmas e deu a volta por cima ao conquistar o ouro em Barcelona de forma emocionante. Assim como foram as medalhas de bronze de Thiago Pereira, nos 200 e 400 m medley (prova que por sinal ele disse que não nadaria). Até Londres 2012, Thiago tinha que conviver com o estigma de só brilhar em Jogos Pan-Americanos (que lhe rendeu o incômodo apelido de “Mr. Pan, por sinal). Após a prata olímpica e as duas medalhas no Mundial, o nadador de Volta Redonda zerou esta fase de piadinhas maldosas em sua carreira.

Em termos de resultados, a participação brasileira em Barcelona foi exemplar. Até este Mundial, o país havia faturado 12 medalhas desde a primeira edição, em 1973. Só neste ano, foram dez, incluindo nesta conta a maratona aquática, a grata surpresa desta campanha. Houve também uma evolução em relação ao Mundial anterior, realizado em Xangai, na China: desta vez, o Brasil conseguiu marcar presença em 12 finais, o dobro de provas de 2011 (6).

>>> Leia também: Cesar Cielo e a arte de se reinventar

É neste ponto que uma ponderação precisa ser feita. A boa campanha da natação do Brasil nesta primeira grande competição do próximo ciclo olímpico mostrou que se houve evolução em comparação com o Mundial anterior, é preciso lembrar que no Mundial de 2009, em Roma, os brasileiros chegaram a 18 finais. Além disso, ganhou menos ouros do que na China: em 2011, foram quatro medalhas douradas, com duas de Cielo nas mesmas provas, Ana Marcela Cunha ganhando os 25 km da maratona aquática e Felipe França ganhando os 50 m peito.

>>> Veja ainda: Confira as medalhas do Brasil nos Mundiais de esportes aquáticos

Outro ponto preocupante é a falta de renovação. Mais uma vez, os bons resultados vieram com nomes já consagrados e conhecidos, dos quais já se esperava um bom resultado. A nova geração ainda ficou devendo, o que não deixa de ser preocupante tendo como objetivo as Olimpíadas de 2016, daqui a exatos três anos.

Da mesma forma, é necessário ligar o sinal amarelo quando se analisa as demais modalidades que disputaram o Mundial (polo aquático, saltos ornamentais e nado sincronizado), todas com resultados pífios ou pouco representativos. Para estes, o relógio começa a correr rápido demais em direção às Olimpíadas do Rio de Janeiro, sem perspectivas de grandes resultados.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 18 de julho de 2013 Almanaque, Mundiais | 13:39

O Mundial de esportes aquáticos em números

Compartilhe: Twitter

A piscina do Palau Sant Jordi, que receberá as provas de natação e nado sincronizado

Com abertura marcada para esta sexta-feira, dia 19 (na verdade neste dia haverá apenas a cerimônia de abertura, sendo que as disputam começam pra valer mesmo no sábado, dia 20), o Mundial de esportes aquáticos de Barcelona – que reunirá competições nas modalidades natação, maratona aquática, saltos ornamentais, polo aquático e nado sincronizado – é uma das competições mais importantes do ano entre os esportes olímpicos. Tanto é que será realizado em quatro instalações, algumas delas que foram utilizadas nas Olimpíadas de Barcelona 1992.

A competição começa neste sábado, com maratonas aquáticas, nado sincronizado e saltos ornamentais. As competições de polo aquático terão início na segunda-feira (22), mas a natação, principal estrela da festa, terá a largada no dia 28. O encerramento está previsto para 4 de agosto.

LEIA MAIS SOBRE O MUNDIAL DE ESPORTES AQUÁTICOS

>>> Conheça as medalhas do Mundial de natação de Barcelona
>>> O calendário 2013 do esporte olímpico

E o evento que reunirá as principais estrelas das piscinas do planeta conta também com números bastante expressivos. Um dos mais curiosos é que a competição terá quase a mesma quantidade de voluntários e de atletas! Confira:

  1. Total de atletas participantes: 2.500
  2. Número de países participantes: 180
  3. Número de voluntários: 2.400
  4. Número de jornalistas credenciados: 2.200
  5. Total de audiência global: 510,8 milhões de pessoas*
  6. Total de países que compraram direitos de transmissão: 209

* Número com base nos dados obtidos nos últimos mundiais

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 28 de junho de 2013 Mundiais, Seleção brasileira | 18:51

Conheça as medalhas do Mundial de natação de Barcelona

Compartilhe: Twitter

O trio que apresentou as medalhas do Mundial 2013: Ona Carbonell, Jeniffer Pareja e Marc Minguell

Os organizadores do 15º Campeonato Mundial de esportos aquáticos, marcado para Barcelona (Espanha) entre 19 de julho e 4 de agosto, divulgaram nesta quinta-feira como serão as medalhas que serão distribuídas na competição. O Mundial de esportes aquáticos reúne as modalidades natação, maratona aquática, saltos ornamentais, nado sincronizado e maratona aquática.

As medalhas que serão distribuídas no Mundial de esportes aquáticos

As medalhas, bem como os uniformes dos voluntários e as músicas que serão tocadas nas cerimônias de premiação, foram apresentadas na tradicional piscina do CN Natacio-Barceloneta, na capital catalã, e contou com a presença do prefeito de Barcelona, Xavier Trias. Para o público que acompanhou o evento, a grande atração foi a presença de três nomes importantes nos esportes aquáticos da Espanha: a atleta do nado sincronizado, Ona Carbonell, medalha de prata em Londres 2012; Jennifer Pareja, prata em Londres no polo aquático feminino; e Marc Minguell, vice-campeão mundial em Roma 2009.

O Mundial de esportes aquáticos é, ao lado do Mundial de atletismo, marcado para a Rússia, os mais importantes no calendário dos esportes olímpicos em 2013, primeiro ano do ciclo olímpico que tem como maior objetivo a disputa dos Jogos de 2016, no Rio de Janeiro. E o Brasil irá com força máxima para esta competição, levando uma equipe composta por 23 atletas, entre eles o medalhista de prata em Londres, Thiago Pereira, e Cesar Cielo, bronze nas últimas Olimpíadas e que buscará em Barcelona o tricampeonato mundial nos 50 m livre, após os ouros em Roma 2009 e Xangai 2011.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 7 de junho de 2013 Isso é Brasil, Política esportiva | 09:15

O 'Brasil olímpico' que não existe para o esporte de base

Compartilhe: Twitter

Dueto paulista disputa o Interfederativo em 2012

Para evitar constrangimentos ou represálias, vamos manter o anonimato de um pai indignado com o que acontece com o esporte de base do Brasil e sua estrutura pífia. Aquele mesmo esporte de base no qual o ministro Aldo Rebelo assegura que está recebendo um amplo investimento do governo.

Pois bem, este pai tem uma filha que pratica nado sincronizado. É a paixão da vida da menina. Ao lado de outras garotas, conseguiu classificação na seletiva realizada pela FAP (Federação Aquática Paulista) para a disputa do 3º Campeonato Interfederativo, que será realizado no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, a partir desta sexta-feira, encerrando-se no próximo domingo.

Só que para isso, cada atleta terá que bancar do próprio bolso a compra do maiô de competição. Equipamento básico para disputar o nado sincronizado, teoricamente deveria ser fornecido pela própria entidade que convocou a equipe. Ou, em último caso, através de um programa de auxílio às federações por parte da CBDA, do eterno presidente Coaracy Nunes, recentemente reeleito para mais um mandato. A mesma CBDA, diga-se de passagem, que detém um generoso patrocínio dos Correios há muitos anos.

Mesmo assim, são os pais das atletas que precisam comprar os maiôs da filhas. Cada peça não sai por menos de R$ 450,00. Uma peça que irá durar apenas uma competição, é bom lembrar. Com sorte, a menina poderá usá-lo em dois torneios.

E você ainda tem que escutar por aí as autoridades batendo no peito dizendo que o Brasil irá virar uma potência olímpica em 2016. Se nem do básico conseguem cuidar…

Por que a FAP não fornece os maiôs para suas atletas?

Por que a CBDA não auxilia, por meio de seus contatos, com o fornecimento de material esportivo para suas entidades filiadas?

Será que alguém consegue responder a estas duas simples perguntas?

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 Listas, Mundiais, Sem categoria | 12:25

O calendário 2013 do esporte olímpico

Compartilhe: Twitter

Cartaz promocional do Mundial de esportes aquáticos de 2013, em Barcelona

Atualizado em 3/1/2013

O primeiro ano do próximo ciclo olímpico não tem nenhum grande evento poliesportivo pela frente. Mas está longe de ser considerado um “ano morto” para quem gosta de acompanhar os esportes olímpicos. Em diversas modalidades olímpicas, estão programados campeonatos mundiais que para estes esportes têm uma importância considerável.

As vedetes do calendário 2013 serão os Mundiais de atletismo, em agosto, na Rússia, e de esportes aquáticos (natação, polo aquático, nado sincronizado, saltos ornamentais e maratona aquática), na Espanha, entre julho e agosto.

Mas o ano também reserva, além das principais competições do tênis internacional, como os tradicionais torneios do Grand Slam, os torneios continentais de basquete, eliminatórios para os Mundiais do ano que vem. E para não dizer que não há nenhuma competição poliesportiva no ano que bate à porta, 2013 terá a edição da Universíade, as Olimpíadas universitárias, em Kazan (Rússia), no mês de julho.

Confira abaixo o calendário 2013 dos principais eventos esportivos entre os esportes olímpicos.

Obs: agradecimento ao companheiro Guilherme Costa, do ótimo blog Brasil no Rio, pela correção em relação à informação sobre o Mundial de Hipismo, que na verdade refere-se a competições voltadas para cavalos novos e não se trata dos tradicionais mundiais da categoria

E o blogueiro aproveita também para desejar um Feliz 2013 aos leitores!

JANEIRO

11 a 27 – Mundial masculino de handebol – Espanha
14 a 27 – Aberto da Austrália de tênis

FEVEREIRO

1 a 3 – Copa Davis de tênis (1ª rodada)
18 a 24 – Liga Mundial masculina e feminina de hóquei sobre grama – Rio de Janeiro (BRA)
20 a 24 – Mundial de ciclismo de pista – Minsk (BLR)

ABRIL

5 a 7 – Copa Davis de tênis (4ª de final)

MAIO

4 a 26 – Giro d’Italia de ciclismo estrada – Itália
13 a 20 – Mundial de tênis de mesa de Paris (FRA)
27/5 a 9/6 – Torneio de tênis de Roland Garros – Paris (FRA)

JUNHO

7/6 a 21/7 – Liga Mundial masculina de vôlei – vários locais
15 a 30 – Campeonato Europeu feminino de basquete – França
22/6 a 1º/7 – Campeonato Mundial masculino e feminino de rúgbi 7 – Rússia
24/6 a 7/7 – Torneio de tênis de Wimbledon – Londres (ING)
24 a 28 – Campeonato Mundial de ciclismo BMX – Auckland (NZL)
29/6 a 27/7 – Tour de France de ciclismo de estrada – França

JULHO

1 a 8 – Copa Asiática feminina de basquete – local a definir
1 a 7 – Campeonato Mundial de vôlei de praia – Polônia
6 a 17 – Universíade – Kazan (RUS)
15 a 21 – Campeonato Mundial de taekwondo – Puebla (MEX)
19/7 a 4/8 – Campeonato Mundial de esportes aquáticos – Barcelona (ESP)
20 a 29 – Campeonato Mundial de atletismo paraolímpico – Lyon (FRA)
30/7 a 11/8 – Campeonato Mundial de vela 470 – La Rochelle (FRA)

AGOSTO

1 a 11 – Copa Asiática masculina de basquete – Líbano
2/8 a 1]/9 – Grand Prix feminino de vôlei – vários locais
4 a 11 – Campeonato Mundial de badminton – Guangzhou (CHN)
5 a 15 – Campeonato Mundial paraolímpíco de natação – Montreal (CAN)
8 a 18 – Copa Africana masculina de basquete – a definir
10 a 18 – Campeonato Mundial de atletismo – Moscou (RUS)
14 a 16 – Copa da Oceania masculina de basquete – a definir
23 a 31 – Campeonato Mundial de vela Finn – Talinn (EST)
24/8 a 15/9 – Vuelta a España de ciclismo estrada – Espanha
25/8 a 1º/9 – Campeonato Mundial de remo – Chungju (COR)
26/8 a 8/9 – Aberto dos EUA de tênis – Nova York (EUA)
27/8 a 1º/9 – Campeonato Mundial de canoagem velocidade – Duisburg (ALE)
27/8 a 1º/9 – Campeonato Mundial individual e equipes de judô – Rio de Janeiro (BRA)
28/8 a 1º/9 – Campeonato Mundial de ginástica rítmica – Kiev (UCR)
29/8 a 7/9 – Campeonato Mundial de vela Star – San Diego (EUA)
30/8 a 11/9 – Copa América masculina de basquete – Caracas (VEN)
30/8 a 6/9 – Campeonato Mundial de vela Laser Radial – Dun Laoghaire (IRL)

SETEMBRO

1 a 3 – Copa da Oceania feminina de basquete – a definir
4 a 22 – Campeonato Europeu masculino de basquete – Eslovênia
11 a 15 – Campeonato Mundial de canoagem slalom – Praga (CHE)
11 a 15 – Campeonato Mundial de triatlo (final) – Londres (ING)
13 a 15 – Copa Davis de tênis (semifinal e repescagem)
14 a 25 – Campeonato Mundial de tiro esportivo (trap e skeet) – Lima (PER)
16 a 22 – Campeonato Mundial de lutas – Budapeste (HUN)
21 a 29 – Campeonato Mundial de vela 49er – Marselha (FRA)
23 a 29 – Copa Africana feminina de basquete – a definir
29/9 a 6/10 – Campeonato Mundial de tiro com arco – Antalya (TUR)
30/9 a 6/10 – Campeonato Mundial de ginástica artística – Antuérpia (BEL)

OUTUBRO

4 a 20 – Campeonato Mundial de boxe – Almaty (KAZ)
16 a 23 – Campeonato Mundial de levantamento de peso – Varsóvia (POL)
Data a definir – Copa América feminina de basquete – a definir

NOVEMBRO

4 a 11 – Finais da ATP de tênis – Londres (ING)
7 a 10 – Campeonato Mundial de ginástica trampolim – Sofia (BUL)
12 a 17 – Copa dos Campeões feminina de vôlei – Japão
14 a 23 – Campeonato Mundial de vela Laser Standard -Musannah (OMA)
15 a 17 – Copa Davis de tênis (final)
19 a 24 – Copa dos Campeões masculina de vôlei – Japão

DEZEMBRO

6 a 22 – Campeonato Mundial feminino de handebol – Sérvia

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012 Ídolos, Listas, Olimpíadas, Pré-Olímpico, Seleção brasileira | 14:53

Veja quem são os atletas brasileiros classificados para as Olimpíadas de Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Para saber tudo o que vai rolar nas Olimpíadas de Londres 2012, acesse o site especial do iG Esporte

Vanda Gomes (à esquerda) garantiu uma vaga no revezamento 4x100 m

POST ATUALIZADO EM 3/07/2012

Total de atletas brasileiros garantidos até agora: 259


Atletismo (36 atletas)

Geisa Arcanjo – arremesso do peso
Data e local em que garantiu a vaga: 9/06/2012, ao ficar com a medalha de ouro no Campeonato Ibero-Americano, com a marca de 18,84 m, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em Barquisimeto (Venezuela)

Fabiano Peçanha – 800 m rasos
Data e local em que garantiu a vaga: 25/5/2012, ao vencer a prova na Copa Rio Grande do Sul, com a marca de 1min45s31, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em Porto Alegre (RS)

Andressa Oliveira de Morais – lançamento do disco
Data e local em que garantiu a vaga: 20/05/2012, ao vencer a prova do lançamento do disco no Campeonato Estadual adulto, com a marca de 62,63 m, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em São Paulo (SP)

Kleberson Davide – 800 m rasos
Data e local em que garantiu a vaga: 2/06/2012, ao vencer a prova válida pelo Torneio FPA Adulto, com o tempo de 1min45s32, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em São Paulo (SP)

Guilherme Cobbo – salto em altura
Data e local em que garantiu a vaga: 2/06/2012, ao vencer a prova válida pelo Torneio FPA Adulto, com a marca de 2,28 m, superando o índice B exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em São Paulo (SP)

Rosângela Santos – 100 m rasos e revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 20/05/2012, ao vencer o GP Brasil de atletismo, com o tempo de 11s21, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), no Rio de Janeiro (RJ)

Laila Ferrer e Silva – lançamento do dardo feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 20/05/2012, ao vencer o GP Brasil de atletismo, com a marca de 60,21m, superando o índice B exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), no Rio de Janeiro (RJ)

Aldemir Gomes – 200 m rasos e revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 28/04/2012, ao alcançar a marca de 20s42,  superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), durante o Torneio FPA Adulto e Juvenil, em São Paulo (SP)

Sandro Vianna – 200 m revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 28/04/2012, ao alcançar a marca de 20s43, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), durante o Torneio FPA Adulto e Juvenil, em São Paulo (SP)

José Carlos Gomes Moreira – revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 03/07/2012, após confirmação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em razão do corte de Diego Cavalcanti, por contusão

Ronald Julião – lançamento de disco
Data e local em que garantiu a vaga: 20/05/2012, ao alcançar a marca de 65,41 m, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), durante o GP Brasil de atletismo, no Rio de Janeiro (RJ)

Keila Costa – salto triplo
Data e local em que garantiu a vaga: 11/05/2012, ao ficar com a medlaha de prata no Meeting de Doha (Catar), após saltar 14,31 m, superando o índice A estabelecido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Jonathan Henrique Silva – salto triplo
Data e local em que garantiu a vaga: 31/03/2012, ao vencer a prova do salto triplo do Torneio FPA Juvenil e Adulto, em São Paulo, superando o índice A exigido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), saltando 17,39 m

Adriana Aparecida da Silva – maratona feminina
Data e local em que garantiu a vaga: 26/02/2012, após terminar em nono lugar a Maratona de Tóquio (Jap) e superar o índice estabelecido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), fazendo o tempo de 2h29min17.

Maurren Maggi – salto em distância
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Fabiana Murer – salto com vara
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Bruno Lins Tenório – 200 m rasos
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Mauro Vinícius da Silva – salto em distância
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Fábio Gomes – salto com vara
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Ana Cláudia Lemos – 200 m rasos
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Marílson Gomes dos Santos – maratona
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/12/2011, após convocação da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo)

Paulo Roberto de Almeida Paula – maratona
Data e local em que obteve o índice: 16/10/2011,  na Maratona de Amsterdam, fazendo o tempo de 2h13min15s. Depois, melhorou a marca, em 22/04/2012, ao fazer 2h10min23s, na Maratona de Pádova (Ita)

Franck Caldeira – maratona
Data e local em que obteve o índice: 15/04/2012, na Maratona de Milão, fazendo o tempo de 2h12min03s

Carlos Pio – revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Nilson André – revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Evelyn dos Santos – revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Franciela Krazucki – revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Tamiris de Liz – revezamento 4 x 100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Geisa Coutinho – 400 m e revezamento 4 x 400 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Joelma das Neves – revezamento 4 x 400 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Jailma Sales de Lima – 400 m com barreiras e revezamento 4 x 400 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Lucimar Teodoro – revezamento 4 x 400 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Aline Leone – revezamento 4 x 400 m
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2012, após encerramento do Troféu Brasil de atletismo e ter sua convocação confirmada pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Caio Bonfim – marcha atlética 20 km
Data e local em que garantiu a vaga: 29/06/2012, ao vencer a prova do Troféu Brasil de atletismo, com a marca de 1h21min59, superando o índice A estabelecido pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo).

Luiz  Alberto de Araújo – decatlo
Data e local em que garantiu a vaga: 30/06/2012, após vencer a prova do decatlo Troféu Brasil de atletismo, com a marca de 8.276 pontos, superando o índice A pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) e quebrando o recorde sul-americano da prova.

Vanda Ferreira Gomes – revezamento 4×100 m
Data e local em que garantiu a vaga: 3/07/2012, após confirmação da lista final da CBAt, realizada em Manaus (AM)

Basquete (24 atletas)

Modalidade masculino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/09/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a República Dominicana, por 83 a 76, nas semifinais do Torneio Pré-Olímpico de Mar del Plata

Modalidade feminino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/10/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre a Argentina por 74 a 33 na decisão do Torneio Pré-Olímpico de Neiva

Boxe (10 atletas)

Everton Lopes – categoria até 64 kg (Meio Médio Ligeiro)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Yigit (SUE), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Esquiva Florentino Falcão – categoria até 75 kg (Médio)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/10/2011, com a vitória sobre Anthony Ogog (ING), pelas oitavas de final do Mundial do Azerbaijão

Robson Conceição – categoria até 60 kg (Leve)
Data e local em que garantiu a vaga: 7/10/2011, classificado na repescagem com a vitória do ucraniano Vitaly Lomachenko sobre o italiano Domenico Valentino, pelas semifinais do Mundial do Azerbaijão

Yamaguchi Florentino Falcão – categoria até 81 kg (Meio Pesado)
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2012, ao vencer o canadense Jonatah Savard, durante o Pré-Olímpico das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Robenilson de Jesus – categoria até 56 kg (Galo)
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2012, ao vencer o guatemalteco Joselito Aguirre Romero, dyrante o Pré-Olímpico das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Myke Carvalho – categoria até 69 kg (Meio Médio)
Data e local em que garantiu a vaga: 9/05/2012, ao vencer o canadense Custio Clayton, durante o Pré-Olímpico das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Julião Neto – categoria até 52 kg (Mosca)
Data e local em que garantiu a vaga:  11/05/2012, ao vencer José Meza, do Equador, durante o Pré-Olímpico das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Adriana Araújo – categoria até 60 kg (Ligeiro)
Data e local em que garantiu a vaga: 15/05/2012, ao vencer Yong Sim Ryu, da Coreia do Norte, pelas oitavas de final do Campeonato Mundial feminino, em Qinhuangdao (China)

Roseli Feitosa – categoria até 75 kg (Médio)
Data e local em que garantiu a vaga: 18/05/2012, graças à vitória de Elena Vystropova (Azerbaijão) sobre Rosalie Laurell (Suécia), nas semifinais do Campeonato Mundial feminino, em Qinhuangdao (China). A brasileira se classificou pela repescagem

Érica Matos  – categoria até 51 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 18/06/2012, após convite enviado pela AIBA (Associação Internacional de Boxe Amador)

Canoagem (3 atletas)

Erlon Silva e Ronilson Oliveira – C2 1000 m velocidade
Data e local em que garantiu a vaga: 28/10/2011, com a medalha de prata obtida nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México)

Ana Sátila – K1 feminino slalom
Data e local em que garantiu a vaga: 10/03/2012, com a vitória de Ana Sátila no Pan-Americano de Canoagem Slalom realizado em Foz do Iguaçu (PR)

Ciclismo BMX (2 atletas)

Squel Stein – modalidade feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 26/05/2012, ao ficar em sexto lugar no Mundial de BMX, realizado em Birmingham (Ing)

Renato Rezende – modalidade masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 26/05/2012, ao terminar em sétimo lugar no Mundial de BMX, realizado em Birmingham (Ing)

Ciclismo Estrada (6 atletas)

Modalidade Estrada masculino – Gregolry Panizo
Data e local em que garantiu a vaga: 8/05/2011, com sua no Campeonato Pan-Americano de ciclismo, em Antioquia (Colômbia)

Modalidade Estrada masculino – Magno Nazaret
Data e local em que garantiu a vaga: 31/10/2011, com a confirmação da UCI que o Brasil terminou em terceiro lugar no ranking das Américas, classificando mais dois ciclistas

Modalidade Estrada masculino – Murilo Fisher
Data e local em que garantiu a vaga: 31/10/2011, com a confirmação da UCI que o Brasil terminou em terceiro lugar no ranking das Américas, classificando mais dois ciclistas

Modalidade Estrada feminino – Clemilda Fernandes
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/06/2012, com o fechamento do ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional)

Modalidade Estrada feminino – Fernanda da Silva Souza
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/06/2012, com o fechamento do ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional)

Modalidade Estrada feminino – Janildes Fernandes
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/06/2012, com o fechamento do ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional)

Ciclismo Mountain Bike (1 atleta)

Rubens Valerino – masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 23/05/2012, após o fechamento do ranking da UCI (União Ciclística Internacional)

Esgrima (3 atletas)

Renzo Agresta – sabre
Data e local em que garantiu a vaga: 4/03/2012, graças aos pontos no ranking mundial da FIE (Federação Internacional de Esgrima) após sua participação na etapa de Budapeste do Grand Prix

Athos Schwantes – espada
Data e local em que garantiu a vaga: 21/04/2012, ao derrotar o argentino José Dominguez nas semifinais do Pré-Olímpico das Américas, em Santiago (Chi)

Guilherme Toldo – florete
Data e local em que garantiu a vaga: 22/04/2012, ao derrotar o colombiano Patrick Roa na final do florete do Pré-Olímpico das Américas, em Santiago (Chi)

Futebol (36 atletas)

Modalidade feminino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 21/11/2010, ao vencer o Chile na decisão do Campeonato Sul-Americano do Equador

Modalidade masculino (18 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 13/02/2011, ao vencer o Uruguai na rodada final do Campeonato Sul-Americano do Peru

Ginástica artística (8 atletas)

Diego Hypólito – Solo
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, ao conquistar a medalha de bronze no Campeonato Mundial de ginástica artística, em Tóquio (Japão)

Arthur Zanetti – Argola

Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, ao conquistar a medalha de prata no Campeonato Mundial de ginástica artística, em Tóquio (Japão)

Vaga individual geral (masculino)

Data e local em que garantiu a vaga: 10/o1/2011, com o nono lugar de Sérgio Sasaki no Pré-Olímpico de ginástica artística, em Londres (Inglaterra)

Equipe feminina (5  atletas)

Data e local em que garantiu a vaga: 11/01/2011, com a quarta colocação da seleção brasileira na competição por equipes do Pré-Olímpico de ginástica artística, em Londres (Inglaterra)

Handebol (14 atletas)

Modalidade feminino (14 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 24/10/2010, ao ficar com a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México)

Hipismo (10 atletas)

Luiza Almeida – Modalidade adestramento
Data e local em que garantiu a vaga: 26/2/2012, ao vencer o torneio CDI3 de Verão, realizado em São Paulo (SP)

Modalidade saltos – Equipe (4 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 6/10/2010, ao ficar em quarto lugar durante o Mundial de Kentucky (EUA)

Modalidade Concurso Completo de Equitação (CCE) – Equipe (5 atletas):

Serguei Fofanoff montando Barbara TW
Ruy Fonseca montando Tom Bombadil Too
Renan Guerreiro montando Kenny
Marcio Jorge montando Josephine MCJ
Marcelo Tosi montando Eleda All Black

Data e local em que garantiu a vaga: 23/10/2011, ao ficar com a medalha de bronze da prova por equipes do CCE nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México)

Judô (14 atletas)

Sarah Menezes – categoria 48 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Érika Miranda – categoria 52 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Rafaela Silva – categoria 57 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Mariana Silva – categoria 63 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Maria Portela – categoria 70 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Mayra Aguiar – categoria 78 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Maria Suelen Altheman – categoria + 78 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Felipe Kitadai – categoria 60 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Leandro Cunha – categoria 66 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Bruno Mendonça – categoria 73 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Leandro Guilheiro – categoria 81 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Tiago Camilo – categoria 90 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Luciano Corrêa – categoria 100 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Rafael Silva – categoria + 100 kg kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/05/2012, após o fechamento do ranking da IJF (Federação Internacional de Judô

Luta Olímpica (1 atleta)

Joice Silva – modalidade luta livre – categoria até 55 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 6/05/2012, ao ficar com o vice-campeonato do Torneio Pré-Olímpico mundial de Helsinque (Fin), perdendo a final para a colombiana Jackeline Renteria

Levantamento de peso (2 atletas)

Jaqueline Ferreira – categoria até 75 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 16/05/2012, com a conquista do ouro por Jaqueline Ferreira, durante o Pré-Olímpico das Américas, que está sendo realizado em Antigua (Guatemala)

Fernando Reis – categoria acima de 105 kg
Data e local em que garantiu a vaga: 18/05/2012, com a vitória de Fernando Reis, durante o Pré-Olímpico das Américas, que está sendo realizado em Antigua (Guatemala)

Maratona aquática (1 atleta)

Poliana Okimoto – Prova dos 10km feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 19/07/2011, com o sexto lugar de Poliana Okimoto no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Nado sincronizado (2 atletas)

Lara Teixeira e Nayara Figueira – Dueto
Data e local em que garantiu a vaga: 20/04/2012, ao ficarem em 9º lugar no Pré-Olímpico de Londres

Natação (19 atletas)

Bruno Fratus – 50 m livre/ 4 x 100 m livre
Data e local em que garantiu a vaga: 50 m – 29/07/2011, na semifinal do Mundial de Xangai (China)

Cesar Cielo – 50 m livre/ 100 m livre/ 4 x 100 m livre
Data e local em que garantiu as vagas: 50 m – 30/07/2011, na final do Mundial de Xangai (China); 100 m – 17/10/2011, na final dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México)

Daniel Orzechowski – 100 m costa
Data e local em que garantiu a vaga: 28/04/2012, durante as eliminatórias do Troféu Maria Lenk (RJ)

Felipe França – 100 m peito
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, durante as eliminatórias do Mundial de Xangai (China)

Felipe Lima – 100 m peito
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, durante as eliminatórias do Mundial de Xangai (China)

Henrique Barbosa – 200 m peito

Data e local em que garantiu a vaga: 14/12/2011, durante o Campeonato Brasileiro Sênior, no Rio de Janeiro (RJ)

Henrique Rodrigues – 200 m medley
Data e local em que garantiu a vaga: 22/04/2011, durante a Tentativa para o Mundial, no Rio de Janeiro (RJ)

João de Lucca – reserva revezamento 4 x 100 m livre
Data e local em que garantiu a vaga: 12/06/2012, após confirmação da Fina (Federação Internacional de Natação)

Kaio Márcio – 100 m borboleta/ 200 m borboleta
Data e local em que garantiu a vaga: 100 m borboleta – 5/05/2011, durante a final do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ); 200 m borboleta – 6/05/2011, durante a final do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ)

Leonardo de Deus – 200 m borboleta/ 200 m costa
Data e local em que garantiu as vagas: 200 m borboleta – 26/07/2011, durante as eliminatórias do Mundial de Xangai (China); 200 m costa – 28/07/2011, durante as eliminatórias do Mundial de Xangai

Marcelo Chierighini – 4 x 100 m livre
Data e local em que garantiu a vaga: 12/05/2012, durante a Tentativa Olímpica no Rio de Janeiro (RJ)

Nicolas Oliveira – 100 m livre/ 4 x 100 m livre
Data e local em que garantiu a vaga: 15/12/2011, durante o Brasileiro Sênior, no Rio de Janeiro (RJ)

Tales Cerdeira – 200 m peito
Data e local em que garantiu a vaga: 24/04/2012, durante as eliminatórias do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ)

Thiago Pereira – 200 m medley/ 400 m medley
Data e local em que garantiu as vagas: 200 m medley – 7/05/2011, durante a final do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ); 400 m medley – 4/05/2011, durante a final do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ)

Revezamento 4 x100 m livre
Data e local em que garantiu a vaga: 24/07/2011, com o 9º lugar da equipe masculina no Mundial de Esportes Aquáticos em Xangai (China)

Revezamento 4 x100 m medley
Data e local em que garantiu a vaga: 12/06/2012, após confirmação da Fina (Federação Internacional de Natação)

Nicholas Santos – reserva revezamento 4 x 100 m livre

Daynara de Paula – 100 m borboleta
Data e local em que garantiu a vaga: 23/04/2011, durante a Tentativa para o Mundial, no Rio de Janeiro (RJ)

Fabíola Molina – 100 m costa
Data e local em que garantiu a vaga: 28/04/2012, durante a final do Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro (RJ)

Graciele Herrmann – 50 m livre
Data e local em que garantiu a vaga: 15/12/2011, durante o Brasileiro Sênior, no Rio de Janeiro (RJ)

Joanna Maranhão – 400 m medley
Data e local em que garantiu a vaga: 16/12/2011, durante o Brasileiro  Sênior, no Rio de Janeiro (RJ)

Pentatlo moderno (1 atleta)

Yane Marques – prova feminina
Data e local em que garantiu a vaga: 15/10/2011, com a medalha de prata de Yana Marques nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (Mex)

Remo (4 atletas)

Anderson Nocetti – single skiff masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 24/03/2012, ao vencer sua série semifinal e se classificar para a final do Pré-Olímpico Latino-Americano de Tigre (Arg)

Fabiana Beltrame e Luana Bartholo – double skiff light feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 25/03/2012, ao ficarem em segundo lugar em sua prova na final do Pré-Olímpico Latino-Americano de Tigre (Arg)

Kyssia Cataldo – single skiff feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 25/03/2012, ao ficar em quinto lugar em sua prova na final do Pré-Olímpico Latino-Americano de Tigre (Arg)

Saltos ornamentais (3 atletas)

Cesar Castro – Trampolim 3 m masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 21/02/2012, após ficar em 18º lugar na fase preliminar da Copa do Mundo de saltos ornamentais, em Londres (Ing)

Hugo Parisi – Plataforma 10 m masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 24/02/2012, após ficar em 14º lugar na fase preliminar da Copa do Mundo de saltos ornamentais, em Londres (Ing)

Juliana Veloso – Trampolim 3 m feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 13/06/2012, após confirmação de classificação pela Fina (Federação Internacional de Natação)

Taekwondo (2 atletas)

Diogo Silva – categoria até 68kg
Data e local em que garantiu a vaga: 1º/07/2011, ao ficar com a medalha de bronze no Pré-Olímpico de Baku, no Azerbaijão

Natália Falavigna – categoria acima de 67kg
Data e local em que garantiu a vaga: 20/11/2011, com a vitória sobre a cubana Glehnis Hernandez, na semifinal do Pré-Olímpico de Queretaro, no México

Tênis (4 atletas)

Thomaz Bellucci – simples e duplas masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 26/06/2012, após confirmação de convite da ITF (Federação Internacional de Tênis)

André Sá – duplas masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 26/06/2012, após confirmação de convite da ITF (Federação Internacional de Tênis)

Marcelo Melo – duplas masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 26/06/2012, segundo ranking da ITF (Federação Internacional de Tênis)

Bruno Soares – duplas masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 26/06/2012, segundo ranking da ITF (Federação Internacional de Tênis)

Tênis de mesa (6 atletas)

Gustavo Tsuboi – individual e duplas masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 4/03/2012, ao derrotar Jorge Campos (Cub) pela Seletiva das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Hugo Hoyama – individual e equipe masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 5/03/2012, ao derrotar Dexter St. Louis (Tri), pela Seletiva das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Lígia Silva – individual e equipe feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 4/03/2012, ao derrotar Lian Qian (Dom), pela Seletiva das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Caroline Kumahara – individual e equipe feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 5/03/2012, ao derrotar Paulina Vega (Chi), pela Seletiva das Américas, no Rio de Janeiro (RJ)

Gui Lin – equipe feminino
Data e local em que garantiu a vaga: 28/05/2012, após confirmação da CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa)

Thiago Monteiro – equipe masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 28/05/2012, após confirmação da CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa)

Tiro com arco (1 atleta)

Daniel Xavier – Individual – Masculino
Data e local em que garantiu a vaga: 22/06/2012, com a confirmação da CBTArco (Confederação Brasileira de Tiro com Arco), após a disputa da Copa do Mundo de Ogden (EUA)

Tiro esportivo (2 atletas)

Modalidade Pistola 25m feminino – Ana Luiza Ferrão Mello
Data e local em que garantiu a vaga: 20/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Modalidade Fossa Olímpica Double – Filipe Fuzaro
Data e local em que garantiu a vaga: 24/11/2010, ao conquistar a medalha de ouro no Campeonato das Américas, no Rio de Janeiro

Triatlo (3 atletas)

Reinaldo Colucci – modalidade masculina
Data e local em que garantiu a vaga: 23/10/2011, com a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México)

Diogo Sclebin – modalidade masculina
Data e local em que garantiu a vaga: 27/05/2012, com o encerramento da fase de qualificação olímpica, por ter sido o melhor  brasileiro classificado no ranking da CBTri (Confederação Brasileira de Triatlo) após Colucci

Pâmela Oliveira – modalidade feminina
Data e local em que garantiu a vaga: 27/05/2012, com o encerramento da fase de qualificação olímpica, por ter sido a melhor brasileira classificada no ranking da CBTri (Confederação Brasileira de Triatlo)

Vela (9 atletas)

Classe Laser Radial feminina (Adriana Kostiw)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/02/2012, após Adriana Kostiw vencer por antecipação a Semana de Vela de Búzios (RJ)

Classe RS:X feminina (Patrícia Freitas)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/02/2012, após Patrícia Freitas ao vencer por antececipação a Semana de Vela de Búzios (RJ)

Classe Finn masculina (Jorge Zarif)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/02/2012, após Jorge Zarif vencer por antecipação a Semana de Vela de Búzios (RJ)

Classe RS:X masculina (Ricardo Winicki)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/02/2012, após Ricardo Winick, o Bimba, ao vencer por antecipação a Semana de Vela de Búzios (RJ)

Classe Laser masculina (Bruno Fontes)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/02/2012, após Bruno Fontes vencer por antecipação a Semana de Vela de Búzios (RJ)

Classe Star masculina (Robert Scheidt e Bruno Prada)
Data e local em que garantiu a vaga: 10/02/2012, após Robert Scheidt e Bruno Prada após garantirem por antecipação o título da Semana de Vela de Búzios (RJ)

Classe 470 feminina (Fernanda Oliveira e Ana Barbachan)
Data e local em que garantiu a vaga: 06/04/2012, após a dupla Fernanda Oliveira e Ana Barbachan terminar em 11º lugar no Troféu Princesa Sofia, em Palma de Mallorca (Espanha)

Vôlei (24 atletas)

Modalidade masculino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 4/12/2011, com a vitória da seleção brasileira sobre o Japão por 3 sets 0, na última rodada da Copa do Mundo do Japão, garantindo o terceiro lugar na competição.

Modalidade feminino (12 atletas)
Data e local em que garantiu a vaga: 13/05/2012, com a vitória da seleção brasileira sobre o Peru por 3 sets 0, na final do Pré-Olímpico sul-americano, em São Carlos (SP).

Vôlei de praia (8 atletas)

Juliana e Larissa – dupla feminina
Data e local em que garantiu a vaga: 28/06/2012, após convocação da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei)

Talita e Maria Elisa – dupla feminina
Data e local em que garantiu a vaga: 28/06/2012, após convocação da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei)

Alison e Emanuel – dupla masculina
Data e local em que garantiu a vaga: 28/06/2012, após convocação da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei)

Ricardo e Pedro Cunha – dupla masculina
Data e local em que garantiu a vaga: 28/06/2012, após convocação da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 Olimpíadas, Pré-Olímpico, Seleção brasileira, Uniformes | 16:58

Dueto brasileiro buscará vaga em Londres 2012 com novo maiô

Compartilhe: Twitter

Lara e Nayara exibem o novo maiô com o qual buscarão vaga nas Olimpíadas

Ainda sem vaga garantida nas Olimpíadas de Londres – disputarão o Pré-Olímpico durante o Evento-Teste marcado para a sede dos Jogos, entre os dias 18 e 22 de abril – as brasileiras Lara Teixeira e Nayara Figueira já estão com “nova roupa” para buscar a inédita classificação olímpica.

A dupla, que embarca neste domingo para a Rússia, onde fará um estágio de treinamento com a técnica Tatiana Pokroviskaya, uma das mais importantes do mundo na modalidade, já começará a testar sua nova coreografia, além de um novo maiô desenhado especialmente para ela, com o objetivo de surpreender os juízes.

Veja também: O calendário pré-olímpico do Brasil em 2012

Desenhado pela estilista Verônica Franco, o novo maiô traz elementos referentes ao corpo humano, tema da coreografia que está sendo treinada pelas brasileiras. “Fizemos um trabalho bem estilizado. O maiô  traz as artérias, as veias, o coração, toda a coluna vertebral, e inovamos em utilizar a touca em forma de cérebro, que ninguém na prova do dueto nunca havia utilizado”, disse Nayara.

As duas tiveram a ideia de montar a nova coreografia, em conjunto com o maiô, após assistir a um espetáculo do grupo de dança “O Corpo”, quando ficaram encantadas com o trabalho corporal e a coreografia apresentados.

A primeira apresentação do dueto com essa nova coreografia foi  no Aberto da Alemanha, em janeiro, quando elas também estrearam o maiô especialmente estilizado. Elas terminaram em sexto lugar na competição. No Pré-Olímpico, serão 19 duetos brigando por apenas três vagas nos Jogos Olímpicos estarão em jogo 19 vagas para os Jogos de Londres (corrigido)

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última