Publicidade

Posts com a Tag Mundial de Remo

segunda-feira, 25 de agosto de 2014 Mundiais, Seleção brasileira | 23:32

Tem Mundial para todos os gostos

Compartilhe: Twitter
Sarah Menezes não lutou bem e foi eliminada logo em sua primeira luta no Mundial de judô

Sarah Menezes não lutou bem e foi eliminada logo em sua primeira luta no Mundial de judô, na Rússia

Além dos Jogos Equestres Mundiais, tratados no post anterior e que já definirão as primeiras vagas para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, a semana promete ser agitada com a realização de Mundiais de outras modalidades olímpicas, tiodas com a participação de equipes brasileiras.

Em dois deles estão concentradas as principais esperanças de bons resultados e medalhas. O Mundial de judô, que começou nesta segunda-feira, em Chelyabinsk, na Rússia, é sem dúvida aquele onde o Brasil tem maiores chances de faturar uma ou mais medalhas de ouro. Principal aposta do COB (Comitê Olímpico do Brasil) para ajudar a alcançar a meta de 30 medalhas em 2016, o judô está no Mundial 2014 com equipe completa.

Mas na largada, nesta segunda, acabou decepcionando, com as eliminações da campeã olímpica Sarah Menezes (48 kg), derrotada pela francesa Amandine Buchard; do medalhista de bronze em Londres 2012, Felipe Kitadai (60 kg), que caiu diante do uzbeque Dyorbek Urozboev; e Eric Takabatake (60 kg), que parou nas oitavas diante do russo Beslan Mudranov. O Mundial vai até o próximo domingo.

O outro torneio que desperta a atenção dos esportes olímpicos é a Copa do Mundo masculina de basquete (nova denominação do Mundial), que será realizada na Espanha, a partir deste sábado (30). Depois do vexame de ter sido eliminado na Copa América e só assegurar sua participação via convite da Fiba (Federação Internacional de Basquete), a equipe brasileira chega ao torneio com sua força máxima, com todos os atletas que atuam na NBA, como Tiago Splitter, Anderson Varejão e Nenê Hilário, além de Marcelinho Huertas, que defende o Barcelona. Há quem aposte que o time do técnico argentino Rubén Magnano tem tudo para ficar entre os quatro primeiros.

Em outros dois Mundiais, já em andamento, o Brasil está apenas marcando presença, sem chance de medalhas. É o caso do remo, cuja competição que se realiza em Amsterdã (HOL)  tem somente um barco brasileiro (double skiff peso leve) classificado para as quartas de final. Os demais estão na repescagem, para as finais B e C.

Em Copenhague (DIN), começou nesta segunda-feira o Mundial de badminton, com cinco eliminações (três em simples masculina e femina e duas nas duplas mistas) logo de cara. Nesta terça (26), os brasileiros tentam evitar o adeus precoce na competição, com jogos em simples masculina e dupla masculina e feminina.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 27 de agosto de 2013 Mundiais, Seleção brasileira | 10:45

Mundiais agitam o final de agosto do esporte olímpico

Compartilhe: Twitter

Seleção brasileira de ginástica rítmica disputará o Mundial de Kiev (Rússia)

Não é somente o judô que está vivendo sua semana de gala, com a realização do Campeonato Mundial do Rio de Janeiro, desde segunda-feira. Outras cinco modalidades olímpicas terão seus mundiais ocorrendo neste última semana de agosto, todos com participação de equipes brasileiras.

O Mundial de remo, por exemplo, já está em andamento. A competição, que se realiza na cidade de Chingiu, na Coreia do Sul, já teve inclusive a classificação de Fabiana Beltrame para as semifinais na prova do skiff simples peso leve, prova não olímpica e na qual Fabiana conquistou o título mundial de 2011.

Também está em andamento o Mundial de Vela na classe Finn, na cidade de Talinn, na Estônia, mesmo local que recebeu as regatas de iatismo nas Olimpíadas de Moscou 1980, na então União Soviética. Bruno Prada e Jorge Zarif representam o Brasil na competição.

Outro evento que já está em andamento é o Mundial de Ciclismo MTB, que está sendo realizado em Pietermaritzburg, na África do Sul, até o próximo domingo. Três brasileiros estão na disputa: Henrique Avancini, Rubens Donizete e Ricardo Poscheidt.

Nesta terça-feira, começa a disputa do Campeonato Mundial de canoagem velocidade, em Duisburg, na Alemanha, até domingo. O Brasil está representado com sete atletas, na canoa e no caiaque, com destaque para a dupla Ronilson Oliveira e Erlon Silva, no C2 1.000m, que participaram dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Veja também: O calendário do esporte olímpico em 2013

Por fim, começa nesta quinta-feira, na cidade de Kiev, na Rússia, o Campeonato Mundial de ginástica rítmica, que se encerra apenas na próxima segunda-feira (2/9). O Brasil tenta entrar nos trilhos no cenário mundial da modalidade, após ter ficado fora inclusive do pré-olímpico do ano passado (e consequentemente fora das Olimpíadas). Seis atletas integram a equipe de conjunto, enquanto que no individual participarão Angélica Kvieczynski e Natália Gáudio.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 8 de outubro de 2011 Ídolos, Isso é Brasil, Mundiais, Olimpíadas, Seleção brasileira | 10:45

Ouro inédito no boxe mostra que há vida além do COB

Compartilhe: Twitter

O baiano Everton Lopes fez história para o boxe brasileiro no Azerbaijão

O incrível e inédito feito do baiano Everton Lopes, que conquistou neste sábado a primeira medalha de ouro na história do boxe amador do Brasil, ao derrotar o ucraniano Denys Berinchyc na final da categoria meio médio ligeiro (até 64 kg), em Baku (Azerbaijão), tem um significado ainda maior para o próprio esporte brasileiro.

Na prática, a vitória de Lopes – como já havia sido com Fabiana Beltrame, ouro no Mundial de remo – mostrou que é possível fazer um trabalho sério e vencedor sem depender apenas das verbas oficiais distribuídas pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro), graças ao dinheiro das loterias, pela Lei Agnelo/Piva.

O boxe brasileiro faz parte, ao lado do remo, taekwondo, levantamento de peso e esgrima, de um projeto paralelo de investimento no esporte olímpico e também de base da Petrobras, o Esporte e Cidadania, que investirá R$ 256 milhões nestas modalidades visando resultados nas Olimpíadas de 2016, no Rio. Algo que não depende do repasse de verbas do COB – o que significa grande independência, politicamente falando – além de ser um projeto cujo o destino do dinheiro será para o atleta, apenas ele, sem risco de se perder pelo caminho, se é que vocês me entendem…

Administrado pelo Instituto Passe de Mágica, comandado pela ex-armadora da seleção feminina de basquete Magic Paula, o projeto exige que as confederações destas cinco modalidades expliquem de forma detalhada a forma com que irão usar o dinheiro, seja em viagens de treinamento, participação em competições internacionais e por aí vai. Só então a verba é liberada pelo Passe de Mágica, que ainda pede para as confederações uma detalhada prestação de contas.

O resultado já começa a aparecer. As conquistas de Fabiana Beltrame e Éverton Lopes, além de bons resultados internacionais recentes na esgrima e taekwondo (que inclusive já garantiu o lutador Diogo Silva nas Olimpíadas de Londres, em 2012) mostram que há vida além da dependência das verbas oficiais distribuídas pelo COB para o esporte brasileiro. Basta querer.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 6 de setembro de 2011 Mundiais, Olimpíadas, Seleção brasileira | 11:37

De olho em Londres 2012, mundiais agitam esporte olímpico

Compartilhe: Twitter

Yane Marques, melhor atleta brasilera no pentatlo moderno, disputará o Mundial em Moscou a partir da próxima sexta-feira

O calendário de mundiais envolvendo esportes olímpicos para o Brasil não se encerrou no último domingo, com o final do Mundial de atletismo, em Daegu (Coreia do Sul) e do Mundial de remo, em Bled (Eslovênia), que reservaram dois momentos de festa para o Brasil, com os ouros de  Fabiana Murer no salto com vara e de Fabiana Beltrame, no single skiff light. Para outras três modalidades, esta será a semana mais importante no ano. E o que é mais importante: todos valendo vaga nas Olimpíadas de 2012.

Começou nesta última segunda-feira, em Belgrado (Sérvia), o Mundial de tiro esportivo, modalidade tiro rápido, com encerramento previsto somente no próximo dia 14. O Brasil está representado com uma delegação de oito atletas: Eduardo Correa (fossa olímpica), José Pedro Costa (fossa olímpica), Filipe Fuzaro (fossa double), Luiz Fernando Graça (fossa double), Guilherme Maurina (fossa olímpica), Lamberto Ramenzoni (fossa olímpica), Janice Teixeira (fossa olímpica) e Wilson Jun Zocolote (skeet). O campeão mundial de cada prova em Belgrado garantirá vaga nas Olimpíadas de Londres, no ano que vem. Destes, somente Filipe Fuzaro já garantiu classificação para Londres, por ter conquistado o Campeonato das Américas em 2010.

Outro evento que também poderá dar vaga nas próximas Olimpíadas começa nesta quinta-feira: será o Mundial de pentatlo moderno, que será realizado em Moscou (Rússia). A semifinal individual feminina será na própria quinta (8), enquanto que a semifinal individual masculina acontecerá no dia seguinte. As decisões dos títulos individuais estão marcadas para sábado (feminino) e domingo (masculino). No dia 12 está prevista a prova mista; em seguida (13) será a vez do revezamento feminino e por fim, no dia 14, será a vez do revezamento masculino.

A seleção brasileira em Moscou será formada por Felipe Nascimento, Luis Magno, Wagner Romão, William Muinhos, Priscila Oliveira e Yane Marques, a melhor brasileira classificada no ranking mundial (3º lugar). Estarão em jogo neste Mundial seis vagas para Londres 2012 (três no masculino e três no feminino).

Por fim, começa na próxima segunda-feira (12), em Istambul (Turquia) o Campeonato Mundial de luta olímpica. A equipe brasileira embarca nesta quinta-feira, com uma delegação composta por dez atletas, que irão competir nas modalidades de luta livre, greco-romana e luta feminina. Além de brigar por um título mundial, os brasileiros estão de olho em vagas para Londres 2012. E as chances de classificação são bastante razoáveis, pois estarão classificados os seis primeiros colocados em cada categoria.

A equipe brasileira que competirá na Turquia é a seguinte: greco-romana – Diego Romanelli (até 60 kg) e Marcelo Gomes (até 84 kg); livre masculino – Daniel Malvino (até 74 kg), Adrian Jaoude (até 84 kg), Diego Rodrigues (até 96 kg) e Antoine Jaoude (até 120 kg); livre feminino – Joice Silva (até 55 kg), Camila Fama (até 59 kg), Dailane Gomes (até 63 kg) e Aline Ferreira (até 72 kg).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,