Publicidade

Posts com a Tag Memória Olímpica

terça-feira, 14 de maio de 2013 Isso é Brasil, Olimpíadas, Seleção brasileira, Vídeos | 23:23

Um projeto para salvar a memória olímpica do Brasil

Compartilhe: Twitter

Katia Rubio iniciou seu projeto de resgate da história do esporte olímpico brasileiro há 13 anos

Para tentar acabar com a (má) fama de que não se preserva a memória no Brasil, em qualquer setor de atividade, a psicóloga esportiva Katia Rubio, professora associada da EEFE-USP (Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo) resolveu botar a mão na massa. E nos últimos 13 anos, vem resgatando a história do olimpismo brasileiro. Só que agora ela precisa de ajuda.

O projeto “Memórias Olímpicas por atletas Olímpicos Brasileiros” tem como objetivo traçar o perfil dos 1.872 atletas olímpicos do Brasil que disputaram as Olimpíadas de verão, desde 1920, em Antuérpia (Bélgica). Só que ela está precisando de ajuda para concluir este belo projeto.

Desde esta segunda-feira (13/5), ela iniciou uma campanha de “crowdfundig” no site Salve Sport, em busca dos recursos que faltam para completar o trabalho, que culminará com a publicação da Enciclopédia Olímpica Brasileira. São 39 dias restantes para a campanha, que tem como objetivo arrecadar R$ 120 mil, no mínimo.

E você, quer ajudar a preservar a memória olímpica do Brasil? Veja o que diz a professora Katia Rubio.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 15 de abril de 2011 Almanaque, Imprensa, Olimpíadas | 12:30

Memória preservada

Compartilhe: Twitter

O portal "Memória Olímpica" trará informações e histórias das Olimpíadas e Paraolimpíadas

Muito se fala que o Brasil é um país sem memória. No esporte, então, isso virou regra faz tempo. Por isso, é de tirar o chapéu quando surge um projeto como o do site “Memória Olímpica“, que entrou no ar esta semana. Criado pela jornalista e ex-atleta de remo Fabiana Bentes, demorou dois anos para ficar pronto e tem como principal objetivo difundir e preservar a história dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

Porém, o projeto independente produzido pela equipe de Fabiana – e sem vínculo algum com o COB (Comitê Olímpico Brasileiro), é bom que se diga – tem objetivos maiores do que se tornar um almanaque virtual olímpico. Sua ideia é levar o conteúdo do portal às salas de aula. Para isso, fez uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e, numa primeira etapa, espera alcançar 100 mil alunos do ensino fundamental das 151 escolas que integram o projeto Escolas do Amanhã.

“Além de prover o conhecimento histórico do esporte para adaptar as aulas de educação física, o projeto também vai adaptar os textos publicados no portal às matérias curriculares”, garante Fabiana, que desembolsou R$ 100 mil do próprio bolso para colocar o site no ar.

Além do amplo acervo de informações (histórias, entrevistas, estatísticas, fotos e vídeos) sobre a história dos Jogos, o “Memória Olímpica” tratará de temas como doping, obesidade, nutrição e inclusão digital, tudo sob supervisão de especialistas em cada uma destas áreas.

Para quem gosta de história e esporte, o “Memória Olímpica” é uma visita obrigatória.

Autor: Tags: ,