Publicidade

Posts com a Tag Ingressos

terça-feira, 28 de abril de 2015 Olimpíadas | 23:00

Curiosidades sobre os pedidos de ingressos para o Rio 2016

Compartilhe: Twitter
As quatro regiões que receberão competições no Rio 2016: Copacabana, Maracanã, Deodoro e Parque Olímpico da Barra

As quatro regiões que receberão competições no Rio 2016: Copacabana, Maracanã, Deodoro e Parque Olímpico da Barra

Daqui a pouco mais de 48 horas irá se encerrar o prazo para a primeira fase de solicitação de ingressos para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Nesta etapa, que termina na próxima quinta-feira, estarão à venda 60% dos 7,5 milhões de ingressos que ficarão à disposição dos torcedores. Voltada apenas para o público brasileiro, esta fase será definida através de um sorteio, cujo resultado será conhecido em junho. Mais duas fases (sendo a segunda também por sorteio) ainda irão acontecer até o final deste ano.

Confira abaixo algumas curiosidades a respeito dos pedidos de ingressos feitos até o momento pelos torcedores:

– O basquete está no top 5 de 19 estados, natação no de 15 estados, ginástica artística no de 13. Atletismo, que estava no top 5 de apenas dois estados, agora aparece no ranking de nove estados.

– No primeiro balanço, o vôlei de praia aparecia no ranking de cinco estados, agora são 12 estados.

– Tradicionalmente campeão de venda de ingressos dos Jogos Olímpicos, o atletismo está no top 5 de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Amapá, Rondônia e Bahia.

– Judô, handebol, vôlei de praia, tênis e ginástica artística são os únicos esportes fora do top 5 do ranking geral que apareceram dentro do ranking de alguns estados

– O tênis está no top 5 de cinco estados: Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Tocantins

– A cerimônia de abertura que antes estava presente no top 5 de 20 estados, agora aparece na lista de preferência de apenas 12 deles.

– O interesse pela ginástica artística cresceu e aparece no ranking top 5 de 13 estados: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Tocantins, Mato Grosso, Piauí, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Ceará e Sergipe

– A natação está entre os preferidos dos seguintes estados: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

terça-feira, 7 de abril de 2015 Pan-Americano, Seleção brasileira | 08:43

Brasil já tem 460 vagas asseguradas no Pan de Toronto 2015

Compartilhe: Twitter

Toronto 2015O assunto do momento são as Olimpíadas de 2016, certo? Menos de 500 dias para a abertura dos Jogos, ingressos já colocados à venda (inclusive o comitê organizador promete para esta terça-feira um novo balanço da venda de bilhetes), vários atletas e modalidades em ritmo intenso de preparação para que cheguem no ano que vem prontos para brigarem pelas medalhas…enfim, respira-se o clima olímpico.

Mas não é bem assim. Antes das Olimpíadas, vem o Pan-Americano. Embora combalidos e um tanto desprestigiados em relação a outros tempos mais gloriosos, os Jogos Pan-Americanos de Toronto estão aí, na nossa cara. Faltam apenas 94 dias para que o evento poliesportivo mais importante das Américas comece, no dia 10 de julho. Para o Brasil, o Pan terá ainda um papel especial, pois deve ser um ótimo parâmetro para as chances da equipe nos Jogos Olímpicos.

A importância é tanta que o COB (Comitê Olímpico do Brasil) pretende mandar ao Canadá sua maior delegação para um evento poliesporttivo fora do país, aproximadamente 600 atletas. No Pan do Rio 2007, o Brasil participou com 660 competidores. Na última edição do evento, em Guadalajara 2011, o  Brasil contou com 515. E as metas são ousadas também: terminar no top 3 e superar o número de pódios de 2011 (foram 141 medalhas há quatro anos, no México, 48 delas de ouro).

Atualmente, o Brasil já tem 460 vagas para o Pan de Toronto em 41 modalidades. Confira abaixo:

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 31 de março de 2015 Olimpíadas | 23:45

Na comparação com a Copa 2014, venda de ingressos para o Rio 2016 começa bem melhor

Compartilhe: Twitter
Mapa com as instalações esportivas dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, cujos ingressos estão à venda desde a última terça-feira

Mapa com as instalações esportivas dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, cujos ingressos estão à venda desde a última terça-feira

Tudo bem que foi apenas o primeiro dia e como todo jornalista é chato e desconfiado, uma boa dose de cautela nunca é demais. Porém, mesmo o mais pessimista há de admitir que o início do processo de venda de ingressos para os Jogos Olímpicos Rio 2016 foi bastante animador. Tanto isso é verdade que os organizadores abriram o acesso de reservas de ingressos para os torcedores já cadastrados duas horas antes do que estava programado, a partir do meio-dia desta terça. O resultado é que em menos de seis horas desde que o sistema foi liberado, quase meio milhão de pedidos de ingressos já tinham sido feitos para esta primeira fase, cuja reserva ocorre até abril e o sorteio está marcado para junho deste ano.

Há um outro fator que também serve para mostrar que ao menos na largada, o sistema de venda de bilhetes para as Olimpíadas não decepcionou. Em comparação com o que ocorreu na venda para a Copa do Mundo de 2014, houve muito menos problemas no primeiro dia de vendas. Com exceção de alguns casos de pessoas que não conseguiram concluir o pedido, principalmente por causa da opção pelo uso de um cartão de crédito virtual – para usuários que não têm o cartão do patrocinador dos Jogos (Visa) -, no geral o sistema funcionou sem problemas. O que convenhamos, já se trata de um avanço espetacular quando se lembra que há cerca de um ano, milhares de pessoas reclamavam que ficavam esquecidas numa tal “fila virtual” no site da Fifa, e quando conseguiam acesso, já não havia mais ingressos disponíveis.

Veja ainda: Como comprar, quanto pagar, onde retirar: o que saber dos ingressos do Rio 2016

Mas, como foi dito no primeiro parágrafo, é melhor aguardar mais um pouco antes de conclusões otimistas demais.

Neste primeiro dia, os “campeões de procura” pelos torcedores foram a cerimônia de abertura, no dia 5 de agosto de 2016, além das finais do vôlei masculino e feminino.

O iG Esporte preparou um pequeno guia para o torcedor comprar seus ingressos com tranquilidade. Clique aqui e saiba de todas as exigências para poder ver de perto algum dos eventos dos Jogos do Rio 2016.

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 10 de janeiro de 2015 Olimpíadas, Paraolimpíadas | 20:03

Prepare-se: corrida para ingressos da Rio 2016 começa dia 15

Compartilhe: Twitter

logo2016Com um atraso de dois meses em relação ao prazo inicial divulgado, começará na próxima quinta-feira (15), a corrida para a venda de ingressos para as Olimpíadas e Paraolimpíadas do Rio 2016. Neste dia, o comitê organizador dos Jogos irá anunciar os detalhes para a reserva e distribuição dos bilhetes. Ao todo, serão colocados à venda cerca de 7,5 milhões de tíquetes para os eventos olímpicos e paraolímpicos.

A data original prevista para o início do processo de venda de ingressos era de 15 de novembro. O motivo do atraso, segundo informação colhida pelo blog junto a fontes ligadas ao comitê organizador, foi acertar todos os detalhes jurídicos para evitar algum tipo de problema que acabasse em possíveis ações na Justiça brasileira. O trauma causado pelos problemas enfrentados com a Fifa durante a comercialização das entradas da Copa do Mundo 2014 ainda está bem vivo na memória dos integrantes do Rio 2016.

O sistema de vendas dos ingressos das Olimpíadas e Paraolimpíadas 2016 foi desenvolvido pela empresa alemã CTS Eventim, segunda maior no setor de ingressos em todo o mundo e que foi a responsável pelo programa de ingressos da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de Turim 2006 e Sochi 2014.

LEIA MAIS SOBRE O TEMA

>>> Cadastramento para compra de ingressos do Rio 2016 começará em novembro

>>> Tabela de ingressos para a Rio 2016 será anunciada dia 16/9

Os ingressos mais baratos custam R$ 40, para as provas iniciais de futebol, vela, remo, luta livre e greco-romana e ciclismo mountain bike. Os ingressos mais caros serão vendidos por R$ 4,6 mil e darão acesso à cerimônia de abertura dos jogos no Estádio do Maracanã.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 16 de setembro de 2014 Olimpíadas | 17:15

Cadastramento para compra de ingressos do Rio 2016 começará em novembro

Compartilhe: Twitter

logo2016Com a definição da tabela de ingressos para as Olimpíadas de 2016, anunciada no site oficial nesta terça-feira, já é possível ao torcedor se programar para acompanhar o mega-evento no Rio de Janeiro. E o primeiro passo para isso acontecerá no próximo mês de novembro, quando será aberto o cadastramento dos interessados no site de vendas de ingressos.

O sistema de vendas foi desenvolvido pela empresa alemã CTS Eventim, segunda maior no setor de ingressos em todo o mundo e que foi a responsável pelo programa de ingressos da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de Turim 2006 e Sochi 2014.

A partir de março de 2015, o torcedor poderá escolher os eventos e modalidades que quer acompanhar e o primeiro sorteio de ingressos será feito em junho. Quem não for contemplado poderá concorrer no segundo sorteio, marcado para julho e cujo resultado sairá em setembro do próximo ano.

Você pode conferir aqui a tabela completa dos ingressos dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Abaixo, um vídeo promocional do Rio 2016 explica detalhadamente o passo a passo do esquema de venda de bilhetes para as próximas Olimpíadas.

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 Olimpíadas | 16:38

Tabela de ingressos para o Rio 2016 será anunciada na próxima terça-feira

Compartilhe: Twitter

logo2016Conforme o iG Esporte havia adiantado na última semana, os preços dos ingressos dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 serão anunciados na próxima terça-feira, dia 16. O comitê organizador das próximas Olimpíadas deverá fazer um evento virtual, no próprio site da entidade (rio2016.com.br), a partir das 16 horas, para apresentar a tabela de preços.

A maior preocupação dos organizadores é que não se repitam nos Jogos Olímpicos os problemas ocorridos na Copa do Mundo deste ano, quando a procura foi infinitamente maior do que a oferta de bilhetes, além da imensa presença de cambistas ajudando a sumir com os tíquetes.

Ao iG, o diretor de comunicação do Rio 2016, Mario Andrada, assegurou que haverá uma preocupação de estabelecer preços justos para os ingressos e que das 7 milhões de entradas que estarão disponíveis, mais do que o dobro não custará mais do que US$ 30 (cerca de R$ 70,00). Com exceção dos eventos considerados “tops” (cerimônias de abertura e encerramento, finais dos 100 m rasos masculino do atletismo, 100 m livre masculino da natação e finais da ginástica artística feminina), o valor máximo a ser cobrado deve ser de US$ 150.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 21 de agosto de 2014 Pan-Americano | 22:58

Venda de ingressos para o Pan 2015 começa em 15 de setembro. Confira os preços

Compartilhe: Twitter

Toronto 2015Principal competição poliesportiva das Américas, os Jogos Pan-Americanos já começam a esquentar as turbinas para a edição de 2015, que será realizada na cidade de Toronto, no Canadá. E para quem pretende acompanhar de perto a competição, que será realizada entre os dias 7 e 26 de julho do ano que vem, já poderá começar a reservar o dinheiro dos ingressos. O comitê organizador dos Jogos anunciou nesta quinta-feira a tabela oficial de preços.

Os bilhetes estarão à venda a partir do próximo dia 15 de setembro e os pedidos poderão ser feitos diretamente no site oficial do Pan 2015 até o dia 6 de outubro. Neste link você poderá ter maiores informações sobre o processo de vendas dos bilhetes.

Em relação aos preços das entradas, para quem ainda está traumatizado com a verdadeira facada que a Fifa impôs aos torcedores na última Copa do Mundo, até que a lista divulgada pelos canadenses está bem razoável. O preço mínimo para ver uma competição do Pan será de 20 dólares canadenses, algo em torno de R$ 41,00 em valores de hoje. Os organizadores asseguram que 75% dos bilhetes serão vendidos a um preço de CAD$ 45 ou menos (R$ 93,00). Além disso, haverá a cobrança de meia-entrada para pessoas abaixo de 16 anos e acima de 65.

O ingresso mais caro será o da cerimônia de abertura – que terá inclusive uma apresentação do famoso Cirque du Soleil -, que terá um dos setores do estádio ao preço de CAD$ 350 (R$ 721,00). As finais do atletismo, natação e ciclismo pista serão as modalidades que cobrarão o bilhete mais caro: em todas elas, haverá setores nas respectivas arenas custando CAD$ 140 (R$ 288,00).

Confira aqui a relação completa dos preços para o Pan-Americano 2015 e também o calendário completo da competição

 

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 28 de novembro de 2013 Jogos de Inverno, Olimpíadas | 13:43

Mais de 60% dos ingressos para Sochi 2014 já estão vendidos

Compartilhe: Twitter
A procura por ingressos para as Olimpíadas de Sochi 214 tem sido intensa

A procura por ingressos para as Olimpíadas de Sochi 214 tem sido intensa

A despeito das tensões que existem por conta das “Regras de Putin”, não se pode dizer que falta interesse entre os torcedores para acompanhar as disputas das Olimpíadas de inverno de Sochi, na Rússia, a partir do dia 7 de fevereiro de 2014. Segundo informou o comitê organizador dos Jogos, mais de 60% dos ingressos já estão vendidos.

Os bilhetes mais disputados são para as competições de hóquei no gelo, salto de esqui, patinação artística, biathlon e patinação de velocidade em pista curta.

Veja também: Checos lançam uniforme “no gelo”. Veja outras camisas do hóquei que serão usadas em Sochi 2014

Os preços dos ingressos para os Jogos de Sochi 2014 variam de R$ 35,00 (para a categoria C para a arena do hóquei no gelo) e R$ 3.505,00 (o mais caro para acompanhar a Cerimônia de Abertura, no Estádio Olímpico Fisht), em valores convertidos do rublo, a moeda russa. A tabela completa pode ser conferida aqui

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 22 de junho de 2011 Olimpíadas | 21:55

Cariocas são os que mais compram ingressos para Londres-12

Compartilhe: Twitter

O mais recente balanço divulgado pela Tamoyo Turismo, agência oficial que detém o direito de venda de ingressos no Brasil para as Olimpíadas de Londres-12, trouxe um dado interessante: os torcedores do Rio de Janeiro são, disparados, os mais interessados em comprar bilhetes para o principal evento poliesportivo mundial.

Dos cerca de 10 mil ingressos comercializados até agora no Brasil, 6.079 foram comprados por torcedores cariocas. Em segundo lugar, bem atrás, aparece o estado de São Paulo como o que tem o maior número de bilhetes vendidos: 1.839. Confira a tabela abaixo:

Estado Ingressos vendidos
Rio de Janeiro 6.079
São Paulo 1.839
Distrito Federal 296
Minas Gerais 279
Rio Grande do Sul 145
Pernambuco 124
Santa Catarina 121
Paraná 102
Bahia 98
Ceará 84
Pará 64
Amazonas 55
Espírito Santo 52
Goiás 40
Paraíba 25
Tocantins 19
Rio Grande do Norte 2
Total 9.424

Outro dado interessante diz respeito às modalidades mais procuradas pelos torcedores brasileiros. Numa repetição do balanço anterior, divulgado em abril, o vôlei continua sendo o campeão na preferência dos brasileiros, com 1.563 ingressos vendidos. Na sequência, entre os mais vendidos, aparecem o vôlei de praia (1.042 ingressos), futebol (914), atletismo (904) e judô (477) são as modalidades que completam a lista das cinco mais procuradas.

Veja também:

>>Brasileiros compram mais ingressos de vôlei para Londres-12

>>Ingressos para Londres-12: corre que vai acabar!

>>Confira os preços dos ingressos para Londres-12

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 16 de junho de 2011 Almanaque, Imprensa, Olimpíadas | 23:17

Olimpíadas e política, uma mistura que não dá certo

Compartilhe: Twitter

O primeiro grande boicote da história das Olimpíadas ocorreu nos Jogos de Moscou, em 1980

Um belo mico diplomático ameaça a tranquilidade dos organizadores dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Eis o diagnóstico da informação publicada nesta quarta-feira pelo jornal inglês “The Times”, após revelar que o filho do ditador líbio Muammar Kadafi, que preside o comitê olímpico de seu país, receberá centenas de ingressos para acompanhar as Olimpíadas do ano que vem. O problema é que a Líbia está sofrendo sanções da ONU (Organização das Nações Unidas) e o próprio Kadafi está proibido de sair de seu país, devido a uma ordem de prisão internacional. Uma bela confusão, em resumo.

Pelo regulamento do COI (Comitê Olímpico Internacional), os organizadores dos Jogos de Londres são obrigados a dar ingressos a um país que faz parte da entidade, mas se pudesse não dar…Na verdade, a política nunca combina com o esporte, eis uma verdade incontestável. Quando o assunto são as Olimpíadas, isso adquire uma repercussão ainda maior. Abaixo, alguns exemplos de quando assuntos políticos interferiram na história dos Jogos:

Berlim-1936: Na Alemanha nazista de Hitler, o primeiro grande exemplo de mico político. Os alemães já davam sinais do que fariam ao mundo alguns anos depois e usaram os Jogos para fazer apologia da doutrina da superioridade da raça ariana. Hitler e sua turma só não contavam que um negro americano chamado Jesse Owens acabasse com seus planos, conquistando quatro medalhas de ouro nas barbas do ditador nazista.

Cidade do México-1968: Os EUA sofriam com as críticas da opinião pública de seu país por conta da participação na Guerra do Vietnã. Além disso, o movimento negro lutava duramente contra a discriminação nos EUA, o que só piorou com o assassinato do líder Martin Luther King, meses antes dos Jogos mexicanos. Eis que no pódio dos 200m rasos, os velocistas americanos Tommie Smith e John Carlos realizaram a saudação do movimento Black Power no pódio. Após a premiação, foram mandados de volta para casa.

Montreal-1976: Por causa de divergências políticas, sempre houve uma ou outra desistência de países participando das Olimpíadas. A União Soviética, por exemplo, só foi participar pela primeira vez nos Jogos de 1952, em Helsinque. Mas a primeira vez em que a política fez um estrago nos Jogos Olímpicos foi nos Jogos de Montreal, no Canadá. Por causa de uma excursão de um time neozelandês à África do Sul, que vivias o regime do apartheid, o Congo pediu ao COI que excluísse a Nova Zelândia dos Jogos. Como o pedido não foi atendido, no dia da cerimônia de abertura 16 nações africanas, além de Guiana e Iraque se retiraram da competição.

Moscou-1980: Foi nas Olimpíadas organizadas pela então União Soviética, em 1980, que houve a maior derrota do esporte para a política . Liderados pelos EUA, um grupo de 69 países decidiu boicotar as Olimpíadas de Moscou, em represália à invasão soviética ao Afeganistão.

Los Angeles-1984: O troco veio quatro anos depois, quando a União Soviética comandou um boicote de 14 países do bloco socialista e mais Irã e Líbia aos Jogos organizados pelos EUA. Novamente o esporte perdeu para a política.

Seul-1988: Por estar tecnicamente em guerra com a Coreia do Sul (o tratado de paz nunca foi assinado),  a Coreia do Norte não compareceu às Olimpíadas de Seul. Ao lado dela, também aderiram ao mini-boicote Cuba (uma ausência importante), Etiópia e Nicarágua (que não fez lá muita falta).

Veja também:

Que moleza para o COI, hein?

O adeus de um herói da era pré-Phelps

Sorteio decidirá o destino de ingressos para Londres-12

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última