Publicidade

Posts com a Tag GP São Paulo de Atletismo

sexta-feira, 2 de maio de 2014 Olimpíadas | 16:56

Programa obrigatório para quem gosta de atletismo em SP

Compartilhe: Twitter
O panamenho Irwing Saladino é a maior atração do Grande Prêmio São Paulo de atletismo

O panamenho Irwing Saladino é a maior atração do Grande Prêmio São Paulo de atletismo

Se você não tiver programa definido para a manhã do próximo domingo, estiver em São Paulo e for fã de atletismo, já tem o que fazer. A pista do Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, receberá a partir das 8h30, a edição do Grande Prêmio Caixa São Paulo de atletismo, um dos dois eventos internacionais da modalidade previstos para ocorrer no Brasil neste mês (o outro é o GP Caixa Sesi, que acontecerá em Uberlândia no dia 7, quarta).

Serão 20 provas, 11 masculinas e nove femininas, que contará com a presença de 141 atletas (80 homens e 61 mulheres), representando 17 países das Américas do Sul, Central, Europa e África. A entrada ao público é gratuita e o acesso pode ser feito por dois locais: Rua Marechal Estênio Albuquerque Lima, 82, ou pela Rua Abílio Soares, 1215.

É claro que para os saudosistas, o nível do torneio não se compara ao que ocorreu em São Paulo nos anos 80 e início dos 90, quando o GP paulistano chegou a fazer parte do calendário principal de provas da Iaaf (Associação das Federações Internacionais de Atletismo, na sigla em inglês). Foi um período áureo, com gordos cachês que atraíram algumas das maiores estrelas do esporte, como Carl Lewis, Serguei Bubka, Steve Ovett, Michael Johnson e até mesmo Ben Johnson, aquele mesmo do doping nas Olimpíadas de Seul, em 1988.

Ainda assim, será uma ótima oportunidade para ver como estão alguns dos atletas que poderão brilhar no Rio de Janeiro em 2016, na disputa dos Jogos Olímpicos. Individualmente, o nome mais forte que estará competindo no Ibirapuera é o do panamenho Irwing Saladino, campeão olímpico do salto em distância nas Olimpíadas de Pequim 2008, e que busca retomar a velha forma, após fracassar em Londres 2012 e de nem ter disputado o Mundial de Moscou, no ano passado. Ele ocupa atualmente o quinto lugar no ranking mundial da prova (8m16 foi sua melhor marca neste ano).

Entre os brasileiros, chama a atenção a participação de Aldemir Gomes, sétimo melhor tempo do ano até agora nos 200 m, com  20s32; Hugo de Sousa, oitavo mais rápido de 2014 nos 400 m (45s09); Thiago Braz, no salto com vara, que foi quarto colocado no Mundial indoor de Sopot (Polônia); no feminino, Franciela Krasucki, nos 200 m, e Keila Costa, no salto em distância.

Confira abaixo a programação completa do Grande Prêmio São Paulo de atletismo

8h30  – CERIMÔNIA DE ABERTURA
8h45 –  Salto com Vara Masculino (mas)
9h –  400m c/barreiras (fem)
9h03 –  Salto em Distância (mas)
9h10 – Lançamento do Disco (mas)
9h15 – 400 m c/barreiras (mas)
9h18h – Arremesso do Peso (fem)
9h25 – Salto em Altura (mas)
9h30 – 3.000 m (fem)
9h45 – 3.000 m (mas)
10h –  400 m (mas)
10h15 – 400 m (fem)
10h30 – 800 m (fem)
10h35 – Lançamento do Disco (fem)
10h40 – Arremesso do Peso (mas)
10h42 – Salto em Distância (fem)
10h45 – 800 m (mas)
11h –  200 m (fem)
11h15 – 200 m (mas)
11h30 – 100 m c/barreiras (fem)
11h45 – 110m c/barreiras (mas)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de maio de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 19:17

A emoção de Maurren e o caráter de Fabiana

Compartilhe: Twitter

Ainda dá tempo para dois pitacos a respeito do Grande Prêmio São Paulo de atletismo, realizado na fria noite desta quarta-feira, na pista do Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera. Em primeiro lugar, é preciso ressaltar a belíssima prova realizada por Maurren Maggi, nossa colega colunista aqui deste iG, que cravou em começo de temporada simplesmente o terceiro melhor resultado de 2012 no salto em distância, com 6,85 m, atrás somente de dois saltos da americana Brittney Reese.

Maurren Maggi comemora sua vitória no salto em distância do GP São Paulo

Chorona assumida, ela não conteve as lágrimas com o resultado, que lhe dá boas perspectivas para as Olimpíadas de Londres 2012. A favorita absoluta ao ouro para mim é Reese, mas é bom ninguém descartar Maurren Maggi nesta prova. Até porque trata-se da atual campeã olímpica da prova. O resultado desta quarta-feira é uma prova disso.

Outro ponto que me chamou a atenção foi a prova de Fabiana Murer no salto com vara. O resultado decepcionante precisa ser encarado de duas formas: a segunda colocação, atrás da cubana Yarisley Silva, deixou todos que foram ao Ibirapuera frustrados, especialmente a própria Fabiana. Mas por ser sua primeira prova no ano, fica a impressão que a campeã mundial de Daegu 2011 ainda tem muito a evoluir.

Fabiana Murer lamenta mais um de seus saltos errados na prova desta quarta-feira

Mas o que me deixou mais satisfeito foi mesmo a postura de Fabiana Murer. O frio cortante que fez em São Paulo na última quarta-feira foi usado por vários atletas como justificativa para modestos resultados. Menos por Fabiana. “É claro que o frio atrapalha, mas o atleta tem que estar preparado para isso. A verdade é que eu saltei muito mal e ela foi muito bem na prova.”

Simples e direta. Sem frescura e com muita sinceridade. Quem dera mais atletas tivessem o caráter de Fabiana Murer.

Autor: Tags: , , , , ,