Publicidade

Posts com a Tag Antuérpia 1920

sábado, 1 de junho de 2013 Histórias do esporte, Imagens Olímpicas, Olimpíadas | 18:34

Aproveite o feriado em SP e e conheça um pouco das Olimpíadas

Compartilhe: Twitter

Em abril, havia postado aqui sobre a abertura da exposição “Jogos Olímpicos: Esporte, Cultura e Arte”, na galeria do Sesi, em São Paulo, com peças que fazem parte do acervo do COI (Comitê Olímpico Internacional). Bem, desde então não havia encontrado uma brecha na agenda para ver a mostra. De folga neste feriado, aproveitei para pegar os filhos e me mandar para o Sesi e ver de perto sobre aquilo que tinha escrito. E não me arrependi.

Para quem gosta de acompanhar o movimento olímpico, é uma viagem no tempo. Confesso que não tinha muita expectativa em relação à exposição, mesmo com as fotos de divulgação. Porém, ao vivo a história é completamente diferente. Os que estão começando a aprender agora sobre as Olimpíadas, como era o caso dos meus filhos, ou aos que já acompanham os Jogos há anos , a exposição agrada do início ao fim.

Peças raras, como uma bengala usada pelo Barão de Coubertin, primeiro presidente do COI e criador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, fazem parte do acervo. Também estão lá todas as tochas olímpicas utilizadas desde Berlim 1936, chegando até a última edição das Olimpíadas, em Londres 2012.

Uniformes ou equipamentos usados por atletas consagrados e campeões olímpicos também estão na mostra, como uma das luvas (autografada) que o boxeador Sugar Ray Leonard utilizou para ganhar o ouro nos Jogos de Montreal, em 1976. A arma usada por Guilherme Paraense para ganhar a primeira medalha dourada do Brasil em Olimpíadas, em Antuérpia 1920, também está lá, assim como o quimono da brava Sarah Menezes, primeiro ouro no judô feminino, em Londres 2012. Há ainda um setor interativo, que faz a alegria das crianças, brincando com algumas marcas históricas nos Jogos.

A exposição vai até o próximo dia 30 de junho, no Centro Cultural FIESP Ruth Cardoso, na sede do Sesi, em São Paulo (Av. Paulista, 1313, São Paulo). Se puder, não perca. É uma pequena aula sobre Olimpíadas.

Os horários são os seguintes:

Segunda-feira, das 11h às 20h
Terça a sábado, das 10h às 20h
Domingo, das 10h às 19h
Entrada gratuita

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 14 de maio de 2013 Isso é Brasil, Olimpíadas, Seleção brasileira, Vídeos | 23:23

Um projeto para salvar a memória olímpica do Brasil

Compartilhe: Twitter

Katia Rubio iniciou seu projeto de resgate da história do esporte olímpico brasileiro há 13 anos

Para tentar acabar com a (má) fama de que não se preserva a memória no Brasil, em qualquer setor de atividade, a psicóloga esportiva Katia Rubio, professora associada da EEFE-USP (Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo) resolveu botar a mão na massa. E nos últimos 13 anos, vem resgatando a história do olimpismo brasileiro. Só que agora ela precisa de ajuda.

O projeto “Memórias Olímpicas por atletas Olímpicos Brasileiros” tem como objetivo traçar o perfil dos 1.872 atletas olímpicos do Brasil que disputaram as Olimpíadas de verão, desde 1920, em Antuérpia (Bélgica). Só que ela está precisando de ajuda para concluir este belo projeto.

Desde esta segunda-feira (13/5), ela iniciou uma campanha de “crowdfundig” no site Salve Sport, em busca dos recursos que faltam para completar o trabalho, que culminará com a publicação da Enciclopédia Olímpica Brasileira. São 39 dias restantes para a campanha, que tem como objetivo arrecadar R$ 120 mil, no mínimo.

E você, quer ajudar a preservar a memória olímpica do Brasil? Veja o que diz a professora Katia Rubio.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 15 de junho de 2012 Olimpíadas, Seleção brasileira | 20:16

Brasil já tem a terceira maior delegação olímpica da história

Compartilhe: Twitter

É claro que ainda há tempo para a lista crescer, por causa da lista dos classificados no vôlei de praia e especialmente em razão do atletismo, que ainda tem até o final de junho para fechar sua equipe olímpica. Mas o fato é que atualmente o Brasil já assegurou para as Olimpíadas de Londres 2012 sua terceira maior delegação participando de uma edição dos Jogos.

Com a confirmação de Juliana Veloso nos saltos ornamentais, após anúncio oficial feito pela FINA (Federação Internacional de Natação), o Brasil já soma 233 atletas já classificados para os Jogos de Londres. Isso já coloca o time brasileiro em Londres como o terceiro maior da história olímpica do país, desde Antuérpia 1920. Veja tabela abaixo:

Dificilmente o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) conseguirá enviar à Grã-Bretanha um contingente que supere os 277 atletas que competiram em Pequim 2008. Mas com um pouco de sorte, será possível superar os 247 atletas presentes em Atenas, nas Olimpíadas de 2004.

Confira a lista de brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos de Londres 2012

Puro palpite: com as vagas do atletismo que ainda virão, o Brasil chegará a cerca de 250 atletas em Londres.

Autor: Tags: , , , ,

domingo, 25 de março de 2012 Almanaque, Olimpíadas, Pré-Olímpico, Seleção brasileira | 19:38

Mulheres do remo brasileiro serão maioria em Londres 2012

Compartilhe: Twitter

Fabiana Beltrame e Luana Bartholo participam da regata que rendeu a vaga olímpica em Londres

Tudo bem que ainda resta a regata pré-olímpica mundial, prevista para acontecer entre 20 e 23 de maio em Lucerne (Suíça), mas é praticamente certo que pela primeira vez na história olímpica da modalidade, as mulheres serão maioria na delegação do remo do Brasil nos Jogos de Londres 2012.

A constatação desta superioridade numérica ocorre justamente diante dos resultados ocorridos no Pré-Olímpico Latino-Americano de Tigre (Argentina), onde neste domingo três “meninas superpoderosas” do remo nacional carimbaram o passaporte olímpico: no double skiff light, Fabiana Beltrame (campeã mundial em 2011 no single skiff light, prova não olímpica) e Luana Bartholo; eno single skiff, com Kissya Cataldo.

Confira a lista completa de atletas brasileiros classificados para os Jogos de Londres

Somado às três, aparece Anderson Nocetti, que garantiu sua classificação no single skiff no último sábado (quarta olimpíada consecutiva, é bom lembrar), como solitário representante masculino do remo brasileiro em Londres, ao menos por enquanto.

Ainda não se sabe exatamente quantos barcos a CBR (Confederação Brasileira de Remo) enviará à Lucerne, mas se somente participar o double skiff light que esteve em Tigre, formado por Diogo Nazário e Emanuel Borges, será bem complicado aumentar a cota masculina do remo em Londres. Na Argentina, o barco brasileiro ficou em sexto e último lugar na final. Em Lucerne, estarão classificados para os Jogos somente os dois primeiros nesta prova.

O remo brasileiro disputa os Jogos Olímpicos desde a estreia participação brasileira na competição, em 1920, na Antuérpia (Bélgica). Ao todo, 120 atletas (sem contar os quatro classificados deste final de semana) estiveram representando o remo do Brasil nas Olimpíadas, com exceção de duas edições: Tóquio 1964 e Los Angeles 1984.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 Almanaque, Olimpíadas | 22:52

Os cartazes olímpicos (6)

Compartilhe: Twitter

VII Jogos Olímpicos – Antuérpia (Bel)

Período de disputa: 20/04 a 12/09/1920
Países participantes: 29
Modalidades esportivas disputadas: 24
Total de atletas: 2.626

Quadro final de medalhas (cinco primeiros colocados):


Autor: Tags: ,

domingo, 15 de janeiro de 2012 Imprensa, Listas, Olimpíadas, Seleção brasileira | 13:13

Brasil continua bem em prévia de jornal americano para 2012

Compartilhe: Twitter

A seleção feminina de vôlei ficará com a prata em Londres, segundo o "USA Today"

Mesmo com uma medalha de ouro a menos em relação à ultima classificação, o provável desempenho do Brasil nas Olimpíadas de Londres 2012, de acordo com o site do jornal americano “USA Today”, tem tudo para ser o melhor da história olímpica do país.

De acordo com a publicação, na última atualização de seu ranking, a delegação brasileira conquistará seu maior número de medalhas olímpicas (18) e o maior número de ouros (7) em toda a sua participação olímpica, que começou nos Jogos de 1920, em Antuérpia, na Bélgica. Em relação à classificação anterior, há um ouro a menos, que seria da seleção feminina de vôlei, que na atual prévia deverá ficar com a medalha de prata.

Vale lembrar que as atuais campeãs olímpicas ainda não estão classificadas para os Jogos de Londres 2012 e brigarão pela vaga no Pré-Olímpico sul-americano, que será realizado em São Carlos (SP), no mês de maio. E a prévia do ‘USA Today’, feita com base nos resultados em eventos prévios dos Jogos de 2012, não contemplou os resultados da seleção feminina de ginástica artística no Pré-Olímpico de Londres, nem no Masters de judô, que teve os brasileiros Rafael Silva e Mayra Aguiar conquistando a medalha de ouro.

Confira abaixo os prováveis ganhadores de medalha do Brasil em Londres 2012, de acordo com o “USA Today”:

A atual prévia colocaria o Brasil em um hipótético 13º lugar no quadro geral de medalhas, encostado na Coreia do Sul, que ocupa a 10ª posição, com um ouro a mais. A primeira colocação seria dos EUA, de acordo com a previsão, com 41 ouros, cinco a mais do que a China, que por sua vez teria duas medalhas a mais no total que os americanos.

Confira abaixo os dez primeiros colocados no quadro de medalhas de Londres 2012, de acordo com o “USA Today”, e a respectiva colocação do Brasil:

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,