Publicidade

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 Jogos de Inverno, Olimpíadas | 18:13

Começou a briga por medalhas do esporte mais bacana das Olimpíadas de Sochi 2014

Compartilhe: Twitter
Visão geral da pista do Ice Cube Curling Center, em Sochi

Visão geral da pista do Ice Cube Curling Center, em Sochi: o curling virou atração no Brasil

Nada contra a beleza plástica da patinação artística ou das imagens sensacionais de esportes mais radicais, como o esqui alpino, o snowboard ou mesmo o luge. Mas desde ontem começou o esporte mais legal dos Jogos Olímpicos de Sochi, ao menos na minha opinião: o curling.

Transformado em “vedete” pelo público brasileiro durante os Jogos de Vancouver 2010, o curling é um verdadeiro barato. Com suas roupas chamativas, as indefectíveis vassouras “limpando” o gelo durante o lançamento das pedras (em formato circular e pesando quase 20 kg, lembrando uma chaleira) e até com algumas musas nas equipes femininas, o curling é na verdade um grande jogo de estratégia. Em muitas situações, lembra a bocha, sua prima distante e bastante difundida nos clubes sociais do Brasil.

A modalidade estreou no programa olímpico dos Jogos de inverno em 1924, no masculino, mas  só retornou em 1998, junto com as disputas femininas. Tem como atuais campeões olímpicos as equipes do Canadá, entre os homens, e a Suécia, no torneio das mulheres.

Em Sochi 2014, após dois dias de disputa, Suécia, China e Noruega estão invictos na fase de classificação do torneio masculino, enquanto Suíça e Canadá seguem na liderança no feminino. Como as finais estão marcadas para os dias 20 e 21, muitas pedras ainda irão deslizar pelas pistas do Ice Cube Curling Center.

Autor: Tags: ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.