Publicidade

Arquivo de novembro, 2013

quinta-feira, 7 de novembro de 2013 Imagens Olímpicas, Olimpíadas, Paraolimpíadas | 11:06

Lançados os pictogramas do Rio 2016. Saiba como eles são

Compartilhe: Twitter

Bem, pra não ficar em cima do muro, vou logo dizendo que gostei bastante dos pictogramas dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio 2016, reveleados  nesta quinta-feira, no Rio. E foi justamente a linda paisagem da capital fluminense que inspirou o conceito tipográfico criado pelo escritório de design que venceu a concorrência. No total, são 64 pictogramas, sendo 41 olímpicos e 23 paraolímpicos. O trabalho foi executado em 16 meses, dos quais cinco foram dedicados à validação das 42 Federações Internacionais que compõe o programa esportivo dos Jogos.

Pessoalmente, ainda acho os pictogramas dos Jogos de 1968, na Cidade do México, os mais belos e originais, mas os símbolos que representarão as modalidades olímpicas e paraolímpicas em 2016 são mais belos do que os de Londres 2012.

>>> VEJA AINDA: Saiba mais sobre a história dos pictogramas olímpicos

Acostume-se com estas imagens, que começarão a aparecer de forma frequente no noticiário olímpico daqui em diante.

Os pictogramas das Olimpíadas e Paraolimpíadas dos Jogos de 2016, revelados nesta quinta

Os pictogramas das Olimpíadas e Paraolimpíadas dos Jogos de 2016, revelados nesta quinta-feira

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 6 de novembro de 2013 Imagens Olímpicas, Olimpíadas, Paraolimpíadas | 20:22

Rio 2016 lança pictogramas dos Jogos. Saiba mais sobre eles

Compartilhe: Twitter

logo2016Vamos reconhecer que o nome não ajuda muito. Mas não pode pensar em Jogos Olímpicos e Paraolímpicos  sem imaginar os pictogramas. E que raios são os pictogramas?

Bem, caso você não saiba, são os símbolos utilizados por cada cidade sede das Olimpíadas para identificar as modalidades esportivas em disputa, bem como identificar serviços e instalações, tornando-se um sistema de comunicação visual que facilita a orientação de torcedores, atletas, treinadores e jornalistas durante a realização do evento. Além disso, os símbolos também servem para identificar a cultura local.

Nesta quinta-feira, haverá o lançamento oficial dos pictogramas que serão usados nas Olimpíadas e Paraollimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Há uma grande expectativa para ver qual será o projeto gráfico que irá representar os Jogos do Rio. Pessoalmente, espero que seja mais atraente do que a logomarca oficial…

Mas a utilização dos pictogramas é relativcamente nova. A primeira edição olímpica em que eles foram usados foi nos Jogos de Tóquio, em 1964. Alguns ficaram bastante conhecidos, como os dos Jogos de Munique 1972, repetidos em Montreal 1976, mostrando os esportes em ação e velocidade. Outros, como os de Pequim 2008, foram inspirados na história da China antiga.

Confira na galeria abaixo os pictogramas olímpicos desde Tóquio 1964:

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de novembro de 2013 Ídolos, Isso é Brasil, Seleção brasileira | 18:06

Ministério do Esporte tenta acordo de paz entre CBBoxe e Adriana Araújo

Compartilhe: Twitter
Adiana Araújo comemora vitória em luta que lhe garantiu o bronze em Londres

Adiana Araújo comemora vitória em luta que lhe garantiu o bronze em Londres

Às vésperas do anúncio dos atletas do boxe que serão contemplados pelo programa Bolsa Pódio neste ano – Everton Lopes, Esquiva Falcão e Robenílson de Jesus – o Ministério do Esporte tenta, em outra trincheira, evitar um desfalque importante na equipe brasileira que irá competir nas Olimpíadas do Rio, em 2016. Desligada oficialmente desde abril da seleção brasileira, Adriana Araújo, que foi medalha de bronze na categoria até 60 kg nos Jogos de Londres 2012 (a primeira do país na modalidade desde os Jogos da Cidade do México, em 1968) está em guerra aberta com o presidente da CBBoxe (Confederação Brasileira de Boxe), Mauro José da Silva.

Pessoas dentro do Ministério tentam de qualquer forma promover uma espécie de “cachimbo da paz” entre a CBBoxe e Adriana. O objetivo é não enfraquecer a equipe feminina que se prepara para os Jogos de 2016, especialmente com uma atleta que é considerada uma das melhores do mundo na modalidade. Mas está difícil que uma das partes dê o primeiro passo em direção a algum tipo de reconciliação. Várias reuniões foram realizadas, em São Paulo e Brasília, porém todas sem resultado positivo.

>>> RELEMBRE: Boxe feminino brasileiro vive clima de guerra

Após os Jogos de Londres, Adriana fez pesadas críticas a Mauro, acusando-o de ter tentado tirá-la da seleção antes do Pré-Olímpico. Já o dirigente argumentou que a atleta foi displicente ao se reapresentar acima do peso no início desta temporada e se recusar a treinar em São Paulo, preferindo treinar em Salvador, com seu técnico Luiz Carlos Dórea.

A intransigência pode tirar do boxe brasileiro uma de suas maiores chances de medalha nas Olimpíadas do Rio.

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última