Publicidade

sexta-feira, 8 de novembro de 2013 Com a palavra, Isso é Brasil, Olimpíadas, Paraolimpíadas, Seleção brasileira | 16:36

¿Por qué no te callas, Paes?

Compartilhe: Twitter

“Vamos deixar Barcelona no chinelo”

Peguei emprestado um comentário feito pelo colega Fábio Aleixo, do Lance!, para dar título ao post que trata da (mais uma) pérola disparada pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, durante cerimônia nesta sexta-feira, na inauguração do Mirante do Parque Olímpico. Talvez empolgado pela cerimônia ou pela data comemorativa deste sábado, quando irão faltar exatos 1.000 dias para a abertura dos Jogos Olímpicos de 2016, Paes mais uma vez atacou os que colocam em dúvida o sucesso do evento e ainda se superou, ao menosprezar simplesmente as Olimpíadas de Barcelona 1992.

O prefeito Eduardo Paes é só otimismo para os Jogos de 2016

Eduardo Paes é só otimismo para os Jogos de 2016

Ao dizer que o Rio de Janeiro irá “deixar Barcelona no chinelo”, Eduardo Paes primeiro comete uma indelicadeza imperdoável com uma cidade que foi sede olímpica; em segundo, demonstra ignorância total da própria história das Olimpíadas da Era Moderna. Sob todos os aspectos, os Jogos de Barcelona podem ser considerados insuperáveis e a partir desse paradigma, é preciso muito cuidado para não criar falsas esperanças ou erros crassos de análise.

Esportivamente falando, Barcelona 1992 foi um sucesso. Para início de conversa, foi a primeira edição olímpica, desde Moscou 1980, sem que ocorresse qualquer boicote por motivos políticos. Todas as nações convidadas pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) compareceram. Além disso, foi a edição olímpica em que o COI abriu suas portas ao profissionalismo. Assim, a maior equipe em esportes coletivos de todos os tempos, o time de basquete dos EUA, deu um show, com Michael Jordan, Magic Johnson, Larry Bird & Cia.

Foi em Barcelona que vimos brilhar o fenômeno russo da natação Alexander Popov, ouro nos 100 e 200 m livre, bem como foi na capital da Catalunha que a primeira negra africana ganhou um ouro no atletismo, a etíope Deratu Tulu, nos 10.000 m. Também em Barcelona que o ginasta bielorusso Vitaly Scherbo, então competindo pela CEI (Comunidade dos Estados Independentes), ganhou nada menos do que seis medalhas de ouro, quatro no mesmo dia! Para o esporte brasileiro, foram os Jogos em que brilharam a seleção masculina de vôlei e o judoca Rogério Sampaio, ambos campeões olímpicos, e o nadador Gustavo Borges, com sua medalha de prata nos 100 m livre.

Em termos de legado, Barcelona 1992 foi um completo sucesso, pois contou com apoio maciço da população, não teve incidentes, construiu lindas instalações e serviu para revitalizar áreas da cidade que estavam degradadas e que se tornaram importantes pontos turísticos depois dos Jogos.

E qual o contexto do Rio 2016 com tudo isso e a tola bravata de Paes?

Bem, seria loucura de minha parte dizer que o Rio de Janeiro não poderá superar Barcelona em termos de organização, até porque não tenho bola de cristal. Até mesmo os avanços de tecnologia que o mundo terá entre os 24 anos que irão separar as duas edições podem contribuir para isso. Sempre gosto de lembrar que em Barcelona houve um incrível erro na final dos 100 m de Gustavo Borges, que mesmo tendo tocado na placa ao completar a prova não teve o tempo registrado. Todo mundo no Parque Aquático Bernart Picornell tinha visto que o brasileiro havia sido o segundo colocado. Depois de muita tensão e discussão, a medalha de prata foi confirmada.

RELEMBRE: Três anos para o Rio 2016. Temos motivos para festejar?

Muita coisa joga a favor do Rio, como a própria experiência que será adquirida (para o bem e para o mal) na organização da Copa do Mundo de 2014. Porém, seria de bom tom que o nobre prefeito admitisse que existe ainda MUITA COISA a ser feita na cidade, tanto nas obras esportivas, de infraestrutura (Vila Olímpica) e também de mobilidade urbana, essa sim o grande perigo que pode ameaçar o sucesso dos Jogos de 2016. Sem contar outros “pequenos problemas”, como o descredenciamento do Ladetec, único laboratório do Brasil apto para realizar controle de dopagem pela Agência Mundial Antidoping ou o atraso preocupante nas obras do Complexo Esportivo de Deodoro, que já despertou inclusive relatórios secretos do próprio COI cheios de “pontos vermelhos” ao comitê organizador brasileiro.

Em resumo, uma boa dose de humildade não faria mal a ninguém, caro Eduardo Paes.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

21 comentários | Comentar

  1. 71 Beatriz 09/11/2013 11:04

    Lamentável Sr. Prefeito! Ao invés de se preocupar com Olimpiadas, devia dá um transporte digno pra população, saúde, educação e segurança. Isso que está faltando. Vamos é passar vergonha nas Olímpiadas. Se alguém de outro país passar mal o que faremos? Poxa, desculpa aê é que falta agulha! Aff!

  2. 70 Jose Maria 09/11/2013 10:47

    Governante brasileiro é assim, mesmo, burro falante, a começar pelo governo federal, uma lastima.

  3. 69 zé da praia 09/11/2013 10:41

    HUÉ, O QUE OS “CARIOCAS” ESTÃO RECLAMANDO , REELEGERAM A MERDA NO PRIMEIRO TURNO AGORA AGUENTEM O FEDOR OU ERAMUMBVANDO DE CEGOS QUE NÃO VIRAM EM ANOS O QUE ele REPRESENTA E É. QUANTO A ARROGÂNCIA E PREPOTÊNCIA É BEM TIPICA DE CERTOS des governantes DOS DIAS ATUAIS QUE SE ACHAM O GÁS DO REFRI. SÓ SABEM POSAR PRA FOTOS E BRADAR BRAVATAS, MAS TEM UM MONTE DE GENTE QUE OS IDOLATRA E MANTEM NOS POSTOS PRIVILEGIADOS VIVENDO AS CUSTAS DO POVO TRABALHADOR SEM TEREM QUE FAZER NADA EM TROCA

  4. 68 frederico 09/11/2013 9:51

    Típico político carioca.Um estado que ja pariu garotinho…

  5. 67 israel 09/11/2013 6:59

    Eduardo Paes está totalmente certo. Com certeza o Rio de Janeiro vai colocar Barcelona no chinelo. Desvio de verbas, obras superfaturadas, obras inacabadas. Nisso o Rio ganha de qualquer um. Só pra lembrar o maior mágico do mundo esteve aqui no Rio e a prova é o desaparecimento das vigas de 12 toneladas e 60 metros que até a gora ninguém achou. rsrsrs

  6. 66 sunda 09/11/2013 6:27

    Isso aí é o prefeitinho boca de privada!!!

  7. 65 Francisco José de Freitas 09/11/2013 6:17

    Falou demais…….vai queimar a língua.

  8. 64 crbm 09/11/2013 3:25

    CARNICEIROS DO APOCALIPSE !!!!!!!

    É impressionante a atuação de grande parte de nossa imprensa aliada a interesses politicos partidarios. Estao colocando em risco toda nossa credibilidade internacional na promoção de grandes eventos. Nao conseguem encontrar nada de positivo em sediar a copa e as olimpiadas, portam-se como urubus se alimentando de carniças.”Queremos hospitais, escolas padrao fifa”!!!!Todos demagogos, nao enxergam os milhares de empregos criados ha mais de 3 anos e que vao continuar por mais 4 anos, fecham os olhos para as transformações que as cidades estao passando. Fariam um grande favor a nação se comprassem uma passagem so de ida para a Argentina por exemplo.

  9. 63 marcio 09/11/2013 0:49

    O problema de mobilidade urbana na cidade maravilhosa está resolvido já faz algum tempo, basta pintar uma faixa laranja determinando um corredor exclusivo para atletas, autoridades (inclusive a besta do prefeito) e imprensa, nos principais corredores viários da cidade e está tudo sob controle. O POVO????? F…, ele que tente se locomover por trens, ônibus,metrô e etc. Além de que, se tentar trafegar pelas tais faixas ainda engordará os cofres da prefeitura, com uma generosa multa. VIVA AO BRASIL!!!!! VIVA AO RIO!!!!! Cada povo tem o governo que merece, quem não se lembra da grande festa que os otários fizeram na beira da praia quando foi anunciada a vitória da cidade como sede olímpica????? Transporte público no Rio é uma vergonha, para completar agora estão fechando até os estacionamentos particulares no centro da cidade para que o cidadão não ouse colocar seu carro para trafegar, e acabe por deixar claro que a cidade não tem a mínima estrutura para suportar o seu trânsito normal sem a Perimetral!

  10. 62 Jorge Castro 09/11/2013 0:30

    Para quem acha que está ruim, um aviso. vai piorar. César “Ladrão” Maia e sua Cidade da Música de R$ 500 milhões vão se candidatar a governador. Aí fu… de uma vez.

  11. 61 Ronaldo 09/11/2013 0:02

    Assalta-me grande dúvida e rebusco na mente tentando responder a essa questão de tamanha relevância: Quem diabos é Eduardo Paes.

  12. 60 ITAMAR KALIL 08/11/2013 22:54

    Interessante seu foco de abordagem. No entanto, faltou falar daquilo que compete a administração pública, no caso a Prefeitura, que é a infraestrutura adequada para que os jogos-responsabilidade do COI, ocorram em perfeitas condições e que a cidade ganhe o legado que todos esperamos.
    Não esqueçam a acessibilidade necessária para todos!!!!
    Itamar

  13. 59 jorge cunha freire 08/11/2013 22:37

    Isso reflete a cultura politica de nossos governantes.
    E vergonhoso admitir que fomos nós; o povo brasileiro: que colocamos essas figuras para nos representar.
    Viva o Lula,
    Viva a Dilma,
    Viva Eduardo Paes,
    Viva o povo brasileiro; que espero um dia saiba votar……………..

  14. 58 Regina 08/11/2013 22:29

    Esse comentário do Prefeito é muito comum quando queremos fazer melhor alguma coisa e não desqualifica nada nem ninguém.
    Acho que o autor do texto raivoso aí em cima ficou mobilizado demais pelo comentário do Prefeito,né não??

  15. 57 Dias 08/11/2013 21:56

    Voces cariocas merecem os governantes que tem, primeiro elegeram Garotinho, depois elegeram a mulher dele, ai elegeram o atual prefeito, sem falar num indio que foi deputado federal tambem eleito por voces.

  16. 56 Tião 08/11/2013 19:34

    Que o Eduardo Paes está mandando fazer, está. Agora, se o que ele está mandando fazer são prioridades, se está sendo bem feito, se as grandes empreiteiras estão faturando como nunca (investiram no Paes para isso), se estão respeitando as pessoas e seus bens nas desapropriações,…aí é outra história.

  17. 55 ivan 08/11/2013 19:31

    este cara é um palhaço,que não tem o minimo de respeito por outras cidades e povos,sujeito sem postura nenhuma,pena estar a frente de uma prefeitura tão importante como a do Rio de Janeiro………

  18. 54 Ivan 08/11/2013 19:28

    Sou paulista do interior,e por duas vezes ouvi duas pessoas menos prezar ou faltar com respeito se preferir a minha capital ou a cidade de São Paulo,uma foi o senhor Cesar Maia,qdo o Rio competia com S.Paulo p/ sediar os jogos olimpicos,e merecidamente o Rio foi vitorioso,e nós paulistas de alguma forma ganhamos porque o Rio é Brasil,porem o Sr. Cesar Maia,disse que o Rio ganhou de S.Paulo porque beleza é fundamental,agora pergunto este Sr. tem alguma postura?,o mesmo ocorreu com Eike Batista qdo da inauguração de um instituto beleza na barra da tijuca de sua propriedade,estes declarou aos jornalistas que aquele empreendimento era p/ matar os paulistas de inveja devido ao luxo,agora este idiota dizer esta perola,que o Rio ira colocar Barcelona no chinelo,é um outro otario sem postura nenhuma,é muito triste um palhaço deste estar a frente da prefeitura de uma cidade de importancia fundamental p/ a nação como o Rio de Janeiro.

  19. 53 Godofredo 08/11/2013 19:03

    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

    Então não vou escrever nada porque o que tenho a dizer sobre este urbanista charlatão é ofensivo, obsceno e vai contra a lei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  20. 52 Pablo 08/11/2013 18:19

    Esse lixo reflete simplesmente o estado atual do Brasil e de seus “governantes”

  21. 51 Lia costa 08/11/2013 17:21

    Esse senhor é uma verdadeira desgraça para o Rio de Janeiro. Derrubou a perimetral sem antes melhorar sensivelmente a qualidade dos transportes públicos, os piores do Brasil. Esse senhor é uma farsa, um falastrão que não fez rigorosamente nada pela cidade. Hospitais, escolas, limpeza urbana, transportes, nada foi melhorado. Junto com Dilma e Cabral , forma o trio da ruindade, muita fala, pouca ou nenhuma ação.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.