Publicidade

sábado, 5 de outubro de 2013 Ídolos, Isso é Brasil, Mundiais, Seleção brasileira | 14:48

O esporte do Brasil merece um campeão como Arthur Zanetti?

Compartilhe: Twitter
Arthur Zanetti exibe a medalha de ouro conquistada no Mundial de Antuiérpia

Arthur Zanetti exibe a medalha de ouro conquistada no Mundial de Antuérpia

Post atualizado

Fenômeno é pouco para definir o paulista Arthur Zanetti, novo campeão mundial nas argolas, em título confirmado neste sábado, na cidade de Antuérpia, na Bélgica. Mesmo com uma pontuação ligeiramente menor do que a obtida no ouro nas Olimpíadas de Londres 2012 (15.800 neste sábado, contra 15.900 no ano passado), Zanetti conseguiu deixar para trás seu maior rival, o chinês Yang Liu, que o superou na prova de classificação. O brasileiro, com isso, igualou-se a Diego Hypólito (ouro no solo em Melbourne 2005 e Suttgart 2007) e Daiane dos Santos (ouro no solo em Anaheim 2003) como os campeões mundiais brasileiros na ginástica artística.

Zanetti, que já havia sido vice-campeão mundial nas argolas, em Tóquio 2011, também repetiu o feito de outros dois monstros do esporte brasileiro, igualmente campeões olímpicos e mundiais: Cesar Cielo, na natação (50 m livre), e Robert Scheidt, na vela (clase laser).

É ótimo para o esporte brasileiro poder contar com um atleta do nível de Arthur Zanetti, ainda mais com as Olimpíadas do Rio 2016 batendo na nossa porta.

A dúvida que martela a minha cabeça é se o esporte brasileiro merece um  fenômeno como Arthur Zanetti.

Há cerca de um mês, durante a disputa do Brasileiro juvenil de ginástica artística, realizado em Aracaju, um ginasta de São Bernardo do Campo (Leonardo Finatti), sofreu uma fratura exposta durante a coimpetição. Não havia médicos ou ambulância no local. Ele precisou ser socorrido pelos fisioterapuetas presentes, que fizeram uma tala e o levaram para um hospital.

Veja também: O desabafo de Zanetti é uma vergonha para o Brasil Olímpico

Aracaju é a sede da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica). Apenas isso.

Alguém pode argumentar e dizer que se tratou de um caso isolado. Mas como uma de minhas poucas qualidades é a de ter uma boa memória, eu faço questão de recordar que o próprio Zanetti, há apenas sete meses, precisou abrir a boca para reclamar das condições vergonhosas que tinha para treinar. O iG Esporte esteve no ginásio de São Caetano e registrou as cenas. Clique aqui e reveja. É de envergonhar um país que vai receber as próximas Olimpíadas.

E as condições só melhorarm, através de uma intervenção do Ministério do Esporte, com a liberação de verbas para a compra de aparelhos, após o próprio Zanetti, talvez cansado de tantas promessas não cumpridas, desabafar em uma entrevista ao programa “Esporte Espetacular”, da Rede Globo, que não descataria apossibilidade de se naturalizar para competir por outro país, caso as condições de treinamento para ele não melhorassem.

Leia ainda: Dois tristes retratos do Brasil Olímpico

Se antes já considerava quase impossível que Zanetti cumprisse esta ameaça, após este título mundial acho impossível.

Mas é importante que tudo isso seja colocado neste momento de festa, de celebração e possivelmente muito oba-oba, para que não se perca o foco. A estrutura que está por trás dos poucos fenômenos brasileiros no esporte é ainda muito limitada, para não dizer inexistente.

Este título mundial é de Arthur Zanetti, e que nenhum oportunista tente tirar uma casquinha dele.

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

10 comentários | Comentar

  1. 60 Emilio 06/10/2013 15:05

    Entendo que uma parcela diminuta e indigna dos “brasileiros” como: “políticos, politiqueiros, federações, confederações de esportes que são milpes e arrogantes;
    Pseudo empresários sem quaisquer envolvimentos socioculturais no famoso “venha a nós e o vosso reino, nada” e até uma pequena parcela da imprensa, que mais se assemelha à dita “Chapa Branca” de tempos idos, mereceria um pequeno GIGANTE como esse super ARTHUR ZANETTI. Mas, há sim uma enormidade de corações sinceros, verdadeiramente BRASILEIROS que suam a camisa e são explorados todos os dias e que ainda assim, como VOCÊ “REI ARTHUR” HONRAM nosso querido torrão batendo feliz pela SUA e pela nossa conquista.
    PAAAAAAAAARABENS!!! Desejamos ainda mais sucesso e conquistas em sua já espetacular carreira.

  2. Marcelo Laguna 06/10/2013 15:23

    Obrigado pela observação, Chistian, erro corrigido

    Abs

  3. 59 Christian 06/10/2013 12:27

    Marcelo, na verdade com a conquista em Antuérpia, o Arthur não se iguala ao Diego e a
    Daiane. E sim supera-os, pois com o título mundial, agora detém os dois maiores títulos da
    ginástica artística (o olímpico e o mundial). Coisa que o Diego e a Daiane não conseguiram.

    Outra coisa:

    No 2º parágrafo do post informa que Zanetti, que já havia sido vice-campeão mundial no
    solo, em Tóquio 2011.

    Na verdade ele não foi vice-campeão mundial no solo e sim nas argolas… que é a sua
    especialidade.

  4. 58 O indignado com o Brasil 06/10/2013 12:09

    Não merece de jeito nenhum! Um país que a corrupção impera e que já está caracterizada como cultural, que políticos VAGABUNDOS fazem o que querem, legislam em causa própria e não mudam nada, e para não fugir do tema, não investem nos esportes, na cultura (no norte e nordeste), que algumas regiões (SUL E SUDESTE), são privilegiadas em recursos que pertencem a todo o estado, globais que saem em defesa de recursos integrais para o Rio de Janeiro dos royalties do petróleo em que foi usado o dinheiro de todos nós para captar, e depois ainda vem para cá com suas peças e espetáculos levar nosso dinheiro e pior, um judiciário comprometido como vimos recentemente no julgamento do mensalão (AMPLAMENTE COBERTO PELA IMPRENSA E VIMOS OS ADVOGADOS DOS BANDIDOS DE TOGA E PAGOS COM DINHEIRO PÚBLICO), agora, se acontece da forma que vimos ao vivo, imaginem o que não deve acontecer nos gabinetes pelo Brasil a fora, em que temos que nos sujeitar ao principio do livre convencimento dos nosso magistrados. Então, não merecemos campeões, merecemos educação para as classes mais baixas para que os mesmos tirem os seus cabrestos e votem com consciência e não por troca de uma dentadura, um saco de cimento e outros absurdos que vemos sempre, e para as classes mais altas, vergonha nas suas caras, pois, são esse que por interesses próprios, tentam a qualquer custos mantê-los nos altos cargos dos poderes. Agora, responda você mesmo se merecemos campeões?

  5. 57 Fernando 06/10/2013 11:45

    Um País que nao tem, Saude, Educaçao,Transporte e Segurança, Jamais mereceria ter um Atleta deste nível. So tem por méritos próprios. Já deveria ter ido embora a muito. Enquanto isso vemos, atletas do futebol, que por sinal nao sabem nem assinar o nome, ganhando milhoes . Milhoes que saem do bolso de trabalhadores iludidos com este esporte. Tenho 65 anos e hoje, este País continua tendo o que tinha quando nasci : Cachaça, Carnaval e Futebol.

  6. 56 marcia 06/10/2013 11:37

    Com certeza não! Mas sao aqueles casos de perseverança de heróis anônimos como professores, médicos , enfermeiros e outros que a despeito de apoio continuam…..

  7. 55 marcelo 06/10/2013 3:09

    Não podemos prosseguir assim, chega de hipocrisia, a roubalheira esta demais,
    Não tão nem ai para os atletas, o negocio é o roubo que interessa.
    Cabral + esposa + barata = brincadeira
    Paes + guarana + desapropriação = brinroubo
    Olimpiadas + Copa = contas na suiça com as caravelas de CABRAL,

  8. 54 Ronaldo 06/10/2013 0:18

    Respondendo a pergunta título, é claro que não merece. A total alienação cultural do grupo dirigente leva a distorções inenarráveis quando o assunto é cultura ou esporte amador e o Sr. Zanetti é um fenômeno de dimensão mundial, uma joia rara a ser tratado como tal e não sendo submetido a ter que treinar a base da improvisação de equipamentos, denotando o pífio apoio da cartolagem do setor que este brilhante ginasta representa. Não tenho a menor dúvida que muitas décadas se passarão antes que surja no país algo similar a tal atleta e só tipos que podem ser encontrados em qualquer esquina não conseguem enxergar tal fato e dimensionar a valoração a ser atribuída ao desempenho desse nobre representante do Brasil.

  9. 53 Antônio Carlos Pais 05/10/2013 23:33

    Não vejo,nenhuma mudança,no esporte brasileiro,depois da última olímpiada.O governo brasileiro está preocupado,em fazer uma grande olimpíada,mas se esquece do principal,de dar condições,para que apareçam,novos campeões,

  10. 52 Paulo 05/10/2013 22:23

    o Brasil é simplesmente uma desgraça para o Esporte… Parabéns Zanetti, se eu fosse você iria me naturalizar por outro país que valorizasse o esporte. E não tenha pena do Brasil se aparecer a oportunidade vai amigo.

  11. 51 Eleonora 05/10/2013 17:41

    Não merece. Com toda a precariedade, falta de condições em todos os aspectos, ele se empenha e consegue atingir um nível altíssimo de performance, que só os atletas de países que oferecem treinamento de ponta conseguem.
    PARABÉNS ZANETTI! O BRASIL NÃO TE MERECE!
    À você desejo tudo de melhor!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.