Publicidade

sexta-feira, 16 de agosto de 2013 Com a palavra, Ídolos, Mundiais, Musas, Olimpíadas | 12:22

Isinbayeva perdeu uma grande chance de ficar calada

Compartilhe: Twitter

Elena Isinbayeva se emociona ao receber sua medalha de ouro. Depois, declarações polêmicas

Muita atenção para as duas frases que serão destacadas abaixo:

“Se permitirmos promover e fazer esas coisas [apoio ao movimento gay] nas nossas ruas, ficaremos com medo de nosso próprio país. Nós nos consideramos pessoas normais, homens com mulheres e mulheres com homens”

“Quero deixar claro que respeito o ponto de vista de meus companheiros atletas e quero ressaltar de maneira contundente que sou contra a qualquer discriminação contra os gays por causa de sua sexualidade”

A russa Elena Ysinbayeva pertence a uma classe especial de atletas, aqueles que estão fora do padrão normal, são gênios em suas especialidades. A conquista da medalha de ouro (a terceira) no Mundial de Moscou na última terça-feira é uma prova disso. Ainda por cima, trata-se da única mulher a ter saltado acima dos cinco metros no salto com vara. Não duvido que após a pausa para ter um filho ela possa voltar à velha forma e conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Mas Isinbayeva também mostra uma faceta muito comum aos atletas, independentemente do seu país de origem: uma posição extremamente conservadora diante de determinadas situações e uma absurda falta de habilidade com as palavras. As duas declarações, dadas em um intervalo de apenas 24 horas, demonstram isso. E  nem mesmo a desculpa esfarrapada da falta de habilidade com o inglês dá para levar a sério.

Por mais que se fale na questão da soberania de um país, Isinbayeva defende abertamente uma lei retrógrada e discriminatória como a que foi aprovada pelo governo da Rússia. Uma lei que se levada ao pé da letra, pode levar até mesmo à prisão de atletas estrangeiros que irão competir nas Olimpíadas de inverno de 2014, na cidade russa de Sochi. E por se tratar de um ícone do esporte mundial, o mínimo que poderia se esperar dela neste caso seria o bom senso.

Nessa, Isinbayeva demonstrou ter a mesma agilidade de um elefante numa loja de cristais.

Autor: Tags: , , , , , ,

35 comentários | Comentar

  1. -15 Adriano Barbosa 23/08/2013 11:12

    Concordo plenamente com o Marcelo Laguna. É impressionante a falta de informação de muita gente que acha que homossexualidade pega. Eles pensam que os homossexuais são assim porque escolheram, fizeram um X na opção preferida. ISSO AQUI NÃO É VESTIBULAR, NINGUÉM ESCOLHE SER GAY, JÁ NASCE GAY. Tenho certeza que alguns filhos de muita gente PRECONCEITUOSA que aqui comentaram, um dia irão dar esse PRAZER aos seus pais homofóbicos, fico imaginando como será… Mesmo criados sob a moral e os bons costumes (SEGUNDO OS PAIS), os filhos VIRARÃO gays.

    É muito engraçado quando dizem NÃO TENHO NADA CONTRA OS GAYS, para não dizer trágico. E mais trágico ainda quando colocam DEUS no meio do rolo, para não dizer cômico, dá vontade de rir. Enfim, não adianta discutir com gente anencéfala. Abraço.

  2. -16 Rê Raimundo 21/08/2013 9:17

    O senhor jornalista também perdeu uma grande chance de fazer uma boa reportagem, séria, imparcial, reflexiva. Se o senhor tem o direito de expressar, em um veículo de comunicação em massa, as opiniões que considera corretas e factíveis, por que Isinbayeva não pode se expressar também, baseada nos valores e na cultura de seu país? Vale lembrar que ela só chegou a este nível estratosférico de competência esportiva porque o governo de seu país a incentivou, fortaleceu, apoiou. Quem, em sã consciência, utilizando-se do bom senso apregoado pelo senhor, vai cuspir no prato em que comeu?? O único fato reprovável em toda esta situação é o rechaço público do qual ela foi vítima. Demonstra que a sociedade, nos quatro cantos do mundo, continua reacionária, querendo ditar os comportamentos, moldar e uniformizar o pensamento humano, que por primícia, é algo irrefreável. Vai contra a máxima de Voltaire, que deveria estar impressa e pendurada na parede de seu escritório, caro amigo: “Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas lutarei até a morte pelo direito de você dizê-las”.

  3. -17 Flavio Amoedo 18/08/2013 22:29

    Pelo que eu li até aqui nestes comentários, quem perdeu a oportunidade de escrever algo realmente sensato foi o Sr. Marcelo. O artigo nada tem de ‘espírito olímpico’.

  4. Marcelo Laguna 18/08/2013 14:06

    Se você diz estudado mais do que eu, Fernanda, espero ter a sorte de nunca passar perto dos locais que ajudaram a formar este seu conceito de vida. Não quero isso pra mim e nem para os meus filhos

    Seja feliz

  5. -18 Fernanda Argoud 17/08/2013 4:53

    Sr. Marcelo Laguna,

    Nossa sociedade degenerou-se de tal forma que TODOS os CONCEITOS (não somente os pre, mas tb os pós formados), toda moral, toda ética, todos os bons e edificantes costumes esvaneceram-se, viraram motivo de desprezo, quando não, de chacota…

    Hoje vale tudo, TUDO vale e o que eh lindo eh se rebelar, não importa muito contra o que! E fazer muito, muito sexo, pra esquecer toda podridão que nos rodeia, como já preconizava sr. Aldous Huxley, em seu “Admirável Mundo Novo”. E, permita-me agora fechar o raciocínio com mais um POS conceito: homossexuais são os mestres do sexo indiscriminado (valeria muito uma pesquisa cientifica aqui, pra corroborar este senso comum, talvez?), não eh?

    EU não discrimino homossexuais!!! Eles, assim como qualquer ser humano, devem ter suas liberdades e direitos preservados e RESPEITADOS!
    Podem e devem fazer sexo à vontade e com quem quiserem, desde que dentro da lei! Agora….

    Não podem exigir ADMIRAÇÃO da sociedade, por seus atos!
    A opressão massiva da mídia NUNCA vai fazer de mim uma ADMIRADORA da homossexualidade, da luxúria, da promiscuidade (de heteros e homos), de casais gays (ou não-gays) beijando-se de língua no meio da rua, e criando crianças, num ambiente onde elas não serão a prioridade…
    Nunca, entende!???!!

    Pelo contrário, causa-me, sim, aversão pensar sobre tudo isto, até porque sou MUITO BEM INFORMADA (provavelmente estudei alguns bons anos a mais que o sr) e leio todos os dias sobre a perniciosidade da cultura do sexo indiscriminado. Presenciei-a nos hospitais e escolas onde trabalhei e, sobretudo, acredito em um Deus Bom e Justo, que abomina tudo isto…

    Pode a Rede Globo e outros canais (podres) de mídia tentarem enfiar-nos isto goela abaixo, não vou mudar meu POSconceito, ok?

    Não eh certo, bonito, bom, prudente, saudável, etc, apesar do que vcs tentam nos convencer… Ponto final!

    Mas, enfim, queria agradecer-lhe de coração por sua coluna! Ela serviu pra mostrar que não estou sozinha em minhas desprestigiadas opiniões e que nem tudo está perdido, face à ENORME quantidade de respostas defendendo a família e a liberdade de opinião!!!

    Um forte abraço,

  6. -19 Deise 16/08/2013 18:56

    Ué, cadê meu comentário???

  7. -20 Marcelo 16/08/2013 18:55

    Tá certinha a atleta, compartilho de sua opinião!

  8. -21 Paulo Campos 16/08/2013 18:48

    Já está na hora dos militares tomarem as rédeas dessa pouca vergonha que está ficando o Brasil, foi para isso que muitos da mídia e muitos políticos e as pessoas próximas dos políticos (as rêmoras) pediram a saída dos militares alegando que o país vivia uma DITADURA, se fosse ditadura esses políticos e seus filhos que agora estão no poder não estariam vivos. Na realidade a mídia fala em ditadura que na realidade não houve, houve sim uma repressão, principalmente contra a mídia. Pois se naquela época muitas coisas da mídia não fosse censurada a homossexualidade teria tomado conta do Brasil há tempos.
    Tem que impedir essa pouca vergonha na minha casa eu evito até de assistir a rede globo, pois ela adora fazer reportagem sobre gays, lésbicas ou coisa parecida. Eu sou careta mesmo.

  9. Marcelo Laguna 16/08/2013 18:52

    Nossa, Luiz, levei uma surra? Deste monte de gente preconceituosa? Acho que não

  10. -22 Luiz Menezes 16/08/2013 18:37

    Concordo com todas as opiniões, principalmente do Ademir de Almeida. O articulista pensou que estava “abafando”, mas levou uma surra e lições para nunca mais esquecer ou calar-se pra sempre.

  11. Marcelo Laguna 16/08/2013 18:53

    Naldo, além de preconceituoso e burro, percebo que você também é cego

  12. -23 NALDO 16/08/2013 18:36

    Sr. Marcio Laguna, já li algumas reportagens suas sobre esportes e realmente me parece que o senhor nada entende do assunto, porém o senhor se superou ao escrever sobre as opiniões alheias. Não é necessário dizer mais nada pois os comentários acima já dizem tudo, dou-me o trabalho de escrever este texto apenas para reforçar O QUANTO A SUA PESSOA É DESPREZÍVEL! D

  13. Marcelo Laguna 16/08/2013 18:31

    Tanto a opinião alheia é respeitada que todos os comentários estão sendo aprovados, incluindo os mais homofóbico e desconexos que já vi (não é o seu caso)

  14. -24 Deise 16/08/2013 18:26

    Pois é Sr. Marcelo Laguna, parece que o tiro saiu pela culatra. Fiz questão de ler todos os comentários e percebi que a grande maioria, senão todos, estão de acordo com a atleta. Parece que quem perdeu a oportunidade de ficar calado foi o sr. mesmo. Cada um com a sua opinião, afinal de contas podemos e devemos respeitar as escolhas de cada um, porém não concordar com elas também deve ser o direito de todos nós, certo?!!!

  15. -25 Fábio Alexandre de Freitas Brito 16/08/2013 18:26

    MUITO BOM YELENA !,VIVA A RÚSSIA !

  16. -26 AUGUSTO 16/08/2013 18:25

    concordo com tudo que ela falou pena que no brasil se algum atleta ou alguem conhecido nacionalmente omitir essa opiniao essa pessoa sera odiado e massacrado na midia brasielira e por alguns idiotas.

  17. -27 Fábio Alexandre de Freitas Brito 16/08/2013 18:23

    Muito Yelena ,viva a Rússia !

  18. -28 Jeferson 16/08/2013 18:20

    Péssima qualidade de articulistas…

  19. -29 Paulo Campos 16/08/2013 18:18

    Julinho Roberto –

    Cada um tem sua opinião mas os homossexuais acham que todos estão contra eles, eles mesmos se alto discriminam.
    Eu não tenho que achar que é certo homem com homem e mulher com mulher.

  20. -30 jose mendes 16/08/2013 18:16

    Ela está correta em sua opinião,os valores Russos não estão tão deteriorados como os do Brasil!

  21. -31 Antenor Assis 16/08/2013 18:13

    É SEMPRE ASSIM: FALAR BEM DOS HOMOSSEXUAIS EM GERAL, PODE E É “POLÍTICAMENTE CORRETO”. AGORA, SER CONTRA AS ATITUDES SODOMISTAS DAQUELES, NÃO PODE NEM PENSAR!
    A HIPOCRISIA MAIOR É SER CONTRA E FICAR CALADO OU EM CIMA DO MURO, NÃO É SENHOR COLUNISTA?
    CADA UM TEM O DIREITO CONSTITUCIONAL DE SE PRONUNCIAR, DOA EM QUEM DOER.
    ESTAMOS DE MAU À PIOR…

  22. -32 Ivan Gomes 16/08/2013 18:04

    NÃO ACHO A LEI DA RÚSSIA Retrógrada e Discriminatória. Sou a favor da Liberdade de Expressão. Ou só pode ter Liberdade de Expressão quem se Expressa a favor de Certos Movimentos ???? Quem é Contra não tem o ” Direito de Expressão”. Quero sim… ter o Direito de me Expressar e dizer que sou Contra Movimentos GLBTs. Respeito OK…. Mas não gosto. ISSO NÃO É SIMPLES DE ENTENDER ???? Ou todos tem que Gostar e se Curvar, porque é politicamente Correto ??? PARABÉNS POR DEFENDER AS LEIS DO SEU PAÍS E DEFENDER O QUE PENSA ELENA YSINBAUEVA. ( DIREITOS PARA TODOS…. OS A FAVOR… MAS TAMBÉM OS CONTRA )

  23. -33 carlos 16/08/2013 17:49

    até quando seremos reféns da ditadura gay? será q não se pode emitir uma opinião contrária à prática q já tem recrimina? cd um tem o direito de ser ou não ser a favor do homossexualismo. respeitem a liberdade de expressão e o direito de alguém não ser a favor de práticas imorais.

  24. -34 Janayna 16/08/2013 17:43

    Pra mim já deu esta história de Homofobia..o preconceito agora se virou contra as pessoas que não concordam ou não compartilham desta “liberalização da opção sexual”..não dá pra falar nada que se pensa contra o homo sexualismo, que o mundo cai de pau dizendo que a pessoa é Homofóbica..e deveria ficar calada..Gostei da declaração dela..e acho mesmo que ela deve expor o que REALMENTE PENSA..e não ficar enchendo linguiça só para agradar esta nova “ideologia” que se estabeleceu pelo mundo!!

  25. -35 João 16/08/2013 17:39

    Sou do tempo em que fumar era bonito e ser gay feio! Agora é o contrário!?!?

  26. Marcelo Laguna 16/08/2013 17:40

    PRESICA?

  27. -36 maria jose 16/08/2013 17:39

    marcelo laguna está se defendendo porque? quem é gay não presica se defender da opinião de ninguém,

  28. -37 paulo fernandes 16/08/2013 17:33

    vc tbém meu caro jornalista, perdeu uma grande chance de ficar calado. Cade a liberdade de expresssão? Só pode se expressar se for a favor da causa? Se for contra, tem que ficar de bico calado? A cada dia que passa, vemos quem são os intolerantes.

  29. Marcelo Laguna 16/08/2013 17:34

    Parabéns Naja, você descobriu meu segredo, que astuta (ou astuto) você é. Agora, umas aulinhas de gramática não lhe fariam mal algum

  30. -38 NAJA 16/08/2013 17:30

    O problema é que a maioria dos jornalistas precisam desse tipo de notícia sensacionalista de forma a criar alguma polêmica senão, perderia o emprego. kkkkk

  31. -39 Paulo Campos 16/08/2013 17:26

    Alguns repórteres e artistas acham que nós normais devemos aceitar tudo.
    Digo normais porque fui criado “graças a Deus” SABENDO que o início de tudo foi ADÃO E EVA e não ADÃO e ADÃO ou EVA e EVA.
    Depois dessa tal abertura a mídia quer que nós aceitemos essa pouca vergonha de homem beijando homem e mulher beijando mulher.
    E ainda ficam adotando crianças para se juntarem a essa pouca vergonha no futuro, isso mesmo imaginem uma criança vendo dois homens na cama, e a dúvida dessa criança para saber onde está a mulher e quem é a mulher. Com certeza essa criança tem tudo para fazer a mesma coisa no futuro.
    Rússia está certa mesmo tem que colocar na cadeia pois lá é uma país sério.

  32. -40 clebola 16/08/2013 17:25

    Respeitar a opinião do outro quando ela é igual a nossa é fácil, agora quando ela é diferente… A ditadura gay está se tornando uma chatice sem precedentes!!!

  33. -41 José Antonio de Abreu Xavier 16/08/2013 17:23

    Cadê o comentário que fiz agora pouco? A ditadura gay censurou?

  34. -42 Luiz 16/08/2013 17:21

    O que escrevi não tem nada de ofensivo, o nome está no Aurelio(dicionario), agora se vocês não acreditam em DEUS, o problema é de vocês, muitos humanos querem ser descendentes de macacos, eu sou criatura de DEUS.

  35. -43 José Antonio de Abreu Xavier 16/08/2013 17:18

    Não perdeu a oportunidade não, falou porque pode falar. No país dela pode ter um governo democrático de fachada, mas não existe ditadura gay como a que estão tentando implantar aqui no Brasil. Os ativistas gays ficam irritadíssimos quando se fala alguma coisa que não lhes agrada, mas ficam extremamente felizes e saltitantes quando alguém vai para a mídia defender as suas posições. Os ativistas reclamam de que são discriminados e sofrem todo tipo de agressões fisicas e até são assassinados, mas vá você falar alguma coisa contra aquilo que eles pregam e praticam e vc vai receber uma lição de preconceito e intolerância que nunca mais vai esquecer.

  36. -44 Marcos 16/08/2013 17:14

    Fico feliz de ver que ainda há pessoas neste país que pensam o óbvio, se a pessoa quer ser homossexual que seja, mas, eu tenho o direito de dizer se eu aprovo ou não, se essa aberração ainda continuar estaremos vivendo em uma ditadura mental, onde nossos pensamentos não poderão ser mais expressos. Esta é a configuração mais podre que este mundo já presenciou… E eu amo essa atleta, ela é linda e inteligente, melhor ainda! =)

  37. -45 luiz francisco goldone 16/08/2013 17:13

    Gostaria de saber porque o uso da expressão gay, isso é para americano, aqui no Brasil, o nome correto para relacionamento de homem com homem, é pederasta. Se quem criou o universo com tudo que nele tem, criou o homem os animais as aves, a vegetação, e também e mantenedor de todas estas coisas, se DEUS, condena e diz que essa prática e abominação para ele, quem somos nós meros mortais, para se por contra DEUS.

  38. -46 Sergio Dias 16/08/2013 17:12

    Creio que trata-se de liberdade de expressão, opinião! Temos que parar com esse absurdo de que tudo que falamos negativamente sobre sexualidade é homofobia. Eu tenho colegas de trabalho e familiares homossexuais e os trato de forma respeitosa. Porém não concordo que seja “natural” srr gay…da forma que caminha a humanidade logo teremos pais e mães escolhendo se o filho será hétero ou homossexual…

  39. -47 wal 16/08/2013 16:57

    Quem perdeu uma boa chance e ficar CALADO é VC cara palida!!!!! NINGUÉM é obrigado a achar NORMAL ser gay!!!!! O q esta acontecendo é q há uma IMPOSIÇÃO dos gays a sociedade, dizendo q o padrão da sexualidade é ser GAY, isso é uma MENTIRA, basta ver q se TODOS fossem gays como se quer o MUNDO acabaria, pois essas criaturas NÃO procriam, ela esta certissima, vou repetir o q disse uma amiga minha russa, ” qdo as familias OCIDENTAIS estiverem DESTRUÍDAS, vcs olharão pra Russia e nos verão FIRMES e FORTES”

  40. -48 Marcel 16/08/2013 16:54

    o Sr deveria ter vegonha em fazer uma declaração dessas onde dizer que ela perdeu a chance de ficar calada. Ela apenas disse que não é admitido na Russia essa pouca vergonha que estamos vendo aqui no Brasil. Se casais heteros têm o bom senso de ter uma postura digna perante transeuntes, familiares e colegas de trabalho porque esse mutantes não podem respeitar os demais ? O Sr deveria assumir o que realmente é e tentar ser alguém porue você não é formador de opinião e distorcendo o que a atleta falou não vai te levar a lugar algum.
    Caso o Sr não tenha entendido eu posso desenhar para o Sr o que a atleta tentou explicar e você impiedosamente procurou distorcer. Procure estudar e ser alguém na vida porque para todos que acessam o site do IG devem pensar porque foi dado esse espaço para um Sr que não tem o mínimo de dicernimento ? Deve estar pagando muito bem ao site !

  41. -49 JOSÉ ALVES FONTES 16/08/2013 16:51

    A nossa midia (ou colunista) é impressionante. Por profissão deve ser favorável a democracia, mas não aceita opinião contrária aos Gays. Ué….então….será? ui! ui!

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última
  5. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.