Publicidade

terça-feira, 6 de agosto de 2013 Isso é Brasil, Olimpíadas, Paraolimpíadas, Política esportiva | 13:58

Três anos para o Rio 2016. Temos motivos para festejar?

Compartilhe: Twitter

Integrantes do Comitê Rio 2016 comemoram a data de três anos para o início dos Jogos

Nesta última segunda-feira, passou meio despercebida uma efeméride importante:  atingiu-se a marca de exatos três anos para o início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que terá sua abertura oficial ocorrendo em 5 de agosto de 2016. No dia 22 do mesmo mês, haverá a abertura dos Jogos Paraolímpicos. Ou seja, o relógio anda correndo rápido demais para os organizadores. Só que uma sensação incômoda de que muita coisa ainda está para ser feita é permanente. Será que temos momentos para festejar?

>>> Veja também: TCU aponta irregularidades em obras para os Jogos de 2016

Se duvida disso, acompanhe:

1) Como festejar os três anos para 2016 se simplesmente o orçamento final do evento ainda não foi anunciado pelo comitê Rio 2016? Inicialmente, previa-se um custo de R$ 7 bilhões, mas essa conta é da época do dossiê de candidatura. O que devemos esperar até o final deste ano?

2) Como festejar se  o TCU (Tribunal de Contas da União) aponta indícios de sobrepreço (no popular, superfaturamento) nas planilhas orçamentárias da reforma do Ladetec, o laboratório que será responsável por todos os exames antidoping dos Jogos de 2016?

3) Como festejar se o mesmo TCU divulgou relatório demonstrando extrema preocupação com os atrasos “injustificáveis”, nas palavras do órgão fiscalizador, do início das obras do Complexo de Deodoro e que nem foram licitadas ainda? Lá serão realizadas competições de tiro, canoagem, hóquei sobre grama, ciclismo e pentatlo moderno. Os atrasos, segundo o TCU, podem afetar até mesmo a realização de eventos-testes para 2016.

4) Como encontrar motivos para fazer festa se o Ginásio do Maracanãzinho está ameaçado de não receber os jogos de vôlei, por conta da suspensão da demolição do estádio de atletismo Célio de Barros e do Parque Aquático Júlio Delamare, segundo revelou o jornal Lance! nesta terça-feira? A suspensão, extremamente positiva para o esporte brasileiro, irá atrapalhar exigências do COI (Comitê Olímpico Internacional), que pede a instalação de quadras de aquecimento ao lado ginásio.

E para que ninguém pense que se tratam apenas de críticas vazias. O ex-nadador russo Alexander Popov, membro do COI, disse em Barcelona, durante a disputa do último Mundial de esportes aquáticos, em entrevista ao Lance!, que o sinal vermelho está ligado para o Rio. “A principal preocupação é sobre quando as pessoas começarão a fazer alguma coisa”.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

6 comentários | Comentar

  1. 56 carmen c.perine 18/05/2014 16:54

    É, amigos não tenho muito à dizer,mas tenho a certeza de que todos estes problemas serão , superados, e nós, teremos uma bela festa,com as olimpíadas de 2016…muitos como sempre, estão torcendo contra,pois depois destas olimpíadas o Rio será outro, e o povo carioca, se livrará, do abandono, de anos, e voltará a ser o lugar mais, maravilhoso deste Brasil,,,os paulistas é que esperem,… ador de cotovelo, está imperando…carmen

  2. 55 Elton 08/08/2013 9:54

    frigi, e o que é que está pronto, se nem orçamento tem? haha

  3. 54 renato zogahib 07/08/2013 6:40

    Comemorar muito, se preocupar também.

  4. 53 dinnonetto 06/08/2013 21:12

    Olha aqui porque estes pessimistas de plantão não se mudam pra Grécia lá a coisa ta feia. Fora Urubu…

  5. 52 Alan 06/08/2013 20:35

    Item 4. Pois é… rs

  6. 51 frigi 06/08/2013 19:20

    OOO,,MARCELO,, TEMOS TODOS OS MOTIVOS PARA COMEMORAR E ATE CELEBRAR,, AINDA FALTA MUITA COISA,, POREM SÓ O QIE JÁ ESTA PRONTO VALEU !

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.