Publicidade

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 Almanaque, Ídolos, Listas, Seleção brasileira | 12:18

As medalhas do Brasil nos mundiais de esportes aquáticos

Compartilhe: Twitter

Thiago Pereira comemora a conquista da medalha de bronze nos 400 m medley no Mundial de Barcelona

Atualizado em 5/8/2013

Confira abaixo quem, quando e onde conquistou medalhas para o Brasil em Mundiais de esportes aquáticos (até 5/8/2013). No total, o Brasil acumula 22 medalhas ao longo da história

MEDALHA DE OURO

Ricardo Prado – natação/400m medley – Guayaquil (Equador)/1982
Cesar Cielo – natação/50m livre – Roma (Itália)/2009
Cesar Cielo – natação/100m livre – Roma (Itália)/2009
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/25km – Xangai (China)/2011
Cesar Cielo – natação/50m borboleta – Xangai (China)/2011
Felipe França – natação/50m peito – Xangai (China)/2011
Cesar Cielo – natação/50m livre – Xangai (China)/2011
Poliana Okimoto – maratona aquática/10km – Barcelona (Espanha)/2013
Cesar Cielo – natação/50m borboleta – Barcelona (Espanha)/2013
Cesar Cielo – natação/50m livre – Barcelona (Espanha)/2013

MEDALHA DE PRATA

Felipe França – natação/50m peito – Roma (Itália)/2009
Poliana Okimoto – maratona aquática/5 km – Barcelona (Espanha)/2013
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/10km – Barcelona (Espanha)/2013

MEDALHA DE BRONZE

Rômulo Arantes Jr – natação/100m costas – Berlim (Alemanha)/1978
Gustavo Borges – natação/100m livre – Roma (Itália)/1994
Fernando Scherer, André Teixeira, Teófilo Ferreira e Gustavo Borges – natação/revezamento 4x100m livre – Roma (Itália)/1994
Poliana Okimoto – maratona aquática/5km – Roma (Itália)/2009
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/5km – Barcelona (Espanha)/2013
Poliana Okimoto, Allan do Carmo e Samuel de Bona – maratona aquática/prova por equipe  – Barcelona (Espanha)/2013
Felipe Lima – natação/100m peito – Barcelona (Espanha)/2013
Thiago Pereira -natação/200m medley – Barcelona (Espanha)/2013
Thiago Pereira – natação/400m medley – Barcelona (Espanha)/2013

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

4 comentários | Comentar

  1. 54 Rogério 03/08/2013 20:43

    Um atleta como o Cielo, que já foi pego no antidoping, deveria entrar na piscina com 1 segundo de desvantagem, assim ficaria mais justo…

  2. 53 Christian 03/08/2013 19:24

    O feito do Cesão não foi apenas notável pela conquista em si.

    Foi notável por dois motivos:

    1) É o primeiro nadador da história a conquistar 3 títulos (e de forma consecutiva) da prova
    mais rápida da natação.

    Nem o mito Alexander Popov conseguiu isso.

    2) Foi a prova dos 50 livres mais forte da história (incluindo Olimpíadas e Mundiais de
    Esportes Aquáticos).

    Na prova havia 3 campeões olímpicos da prova (Anthony Ervin em Sydney 2000, Cesão
    em Beijing 2008 e o Manadou ano passado em Londres).

    Havia 3 campeões mundiais da prova (Anthony Ervin em Fukuoka 2001, Roland
    Schoeman em Montreal 2005 e o Cesão que era o bi-campeão até então).

    Na prova havia o campeão americano da prova, Nathan Adrian, que também era o 1º
    colocado do ranking mundial da prova antes do início do mundial e também é o atual
    campeão olímpico dos 100 livres.

    Na prova havia o atual campeão mundial de piscina curta, Vladimir Morozov, que
    também é o atual campeão da prova da Universíade e também é o atual campeão da
    NCAA (o campeonato universitário norte-americano deonde saem todos os campeões
    da natação americana e onde foram campeões o Pradinho, o Gustavo e o próprio
    Cesão).

    E na prova havia ainda o atual bi-campeão europeu da prova, Fred Bousquets.

    Isso para não falar que o bi-campeão dos 100 livres, James Magnussen, ficou na semi-
    final.

    Ou seja, só tinha cobra criada nessa final.

  3. 52 Leo 29/07/2013 22:25

    Chega dessa nossa cultura monolitica de futebol. No mundo existem outros esportes!!! Chega!!!

  4. 51 Aroldo 20/07/2013 22:37

    Não adianta lembrar de natação só nas olimpíadas. Vamos dividir a atenção dada ao futebol.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.