Publicidade

quinta-feira, 20 de junho de 2013 Histórias do esporte, Isso é Brasil, Olimpíadas | 15:17

As lições que os protestos no Brasil deixam para 2016

Compartilhe: Twitter

A "Plaza de las Tres Culturas", onde ocorreu o Massacre de Tlatelolco, na Cidade do México, em 68

Em primeiro lugar, uma explicação do blogueiro: a ausência de posts nos últimos dias tem como principal razão o intenso trabalho aqui na redação do iG na cobertura da Copa das Confederações. Por sinal, convido o leitor a acompanhar o ótimo material que tem sido produzido por nossos enviados especiais e pela turma aqui em São Paulo.

Mas a falta de atualizações também serviu para uma reflexão profunda sobre os momentos históricos que o Brasil viveu nos últimos 15 dias, com a série de protestos que levaram milhares de pessoas às ruas, reclamando primeiro sobre o aumento das passagens no transporte público e depois contra uma série de problemas e mazelas que atingem o País. Sobrou até (de forma absolutamente correta) para a explosão nos custos da organização da Copa do Mundo de 2014.

E justamente a parte mais tensa dos protestos, quando ocorreram os enfrentamentos entre manifestantes e polícia, merece um olhar mais atento. Não apenas para o que certamente continuará acontecendo no Mundial de futebol, mas também nas Olimpíadas do Rio, em 2016. E a história olímpica mostra que protestos podem terminar em tragédia quando há falta de bom senso.

O tema foi levantado pela psicóloga e pesquisadora esportiva Kátia Rubio no Facebook, logo após as cenas de violência protagonizadas pela polícia militar em uma das passeatas em São Paulo, que deixou inúmeros feridos. Em 1968, pouco antes do início das Olimpíadas da Cidade do México, centenas de pessoas (a maioria estudantes) morreram após confronto com policiais, naquele que ficou conhecido como o “Massacre de Thlatelolco”.

Na época, estudantes foram às ruas, inspirados por protestos semelhantes que ocorriam em outras partes do mundo. Os mexicanos reclamavam a respeito de denúncias de corrupção não apuradas, inclusive na organização dos Jogos, e pretendiam atrair a atenção do mundo por causa do megaevento.  No dia 2 de outubro, dez dias antes da abertura das Olimpíadas, mais de 15 mil pessoas estavam reunidas na “Plaza de las Tres Culturas”, em Tlatelolco, na Cidade do México, para uma manifestação pacífica. Mas policiais decidiram acabar com o protesto, abrindo fogo contra a multidão. Oficialmente, morreram quatro pessoas, mas estima-se que os mortos tenham ficado entre 200 e 300.

A história, como se percebe acima, pode trazer importantes ensinamentos. O principal deles é que o bom senso deve prevalecer sempre. Que as autoridades e os próprios manifestantes saibam lidar com maturidade, caso protestos apareçam em 2016.

Autor: Tags: , , , , ,

17 comentários | Comentar

  1. 67 ANTONIO SAMPAIO 21/06/2013 14:26

    DEVERIA HAVER SOMENTE UMAS CINCO CAMADAS DE REMUNERAÇAO SALARIAL, UM MINIMO PRA QUEM NAO TEM ESTUDOS E TRABALHA, UM OUTRO PRA QUEM TEM ENSINO FUNDAMENTAL, OUTRO PRA QUEM TEM ENSINO MEDIO E OUTRO PRA QUEM TEM ENSINO TECNICO, DEPOIS OUTRO PRA QUEM FEZ FACULDADE E TRABALHA NA AREA QUE SE FORMOU E OUTRO PRA QUEM TEM FACULDADE E TRABALHA EM OUTRA AREA DIFERENTE DA QUE SE FORMOU E AGORA UMA VARIADA PRA QUEM EH EMPRESARIO POIS ELE DEFINE QUANTO QUER GANHAR. AGORA TODOS OS CARGOS PUVLICOS NAO PODERIAM PASSAR DE UM MESMO TETO DO VEREADOR AO PRESIDENTE TODOS MUNDO DEVERIA TER UM PREMIO TIPO O DOBRO DA REMUNERAÇAO DO ANALFABETO DESTE PAIS COMO LEMBRANÇA TELVEZ ELES ALMENTARIAM O SALARIO DO ANALFABETO. EH MUITA MALDADE UNS GANHANDO MILHOES E OUTROS NADA AI TA O RESULTADO O CAOS

  2. 66 ANTONIO SAMPAIO 21/06/2013 14:17

    AS MANIFESTAÇOES SAO DA MARINA E A COPA EH DO EXECUTIVO – QUANDO A MARINA FOR PRESIDENTE SERA COPA DOS INDIOS DA AMAZONIA CONTRA SERINGUEIROS – QUERO VER ELA APARECER SEM PATROCINIO KKKK EH MUITA HIPOCRISIA. PRECISAMOS UNIR O BRASIL COMO CIDADAO – NAO PORQUE A MARINA QUER PARA O PAIS E QUEM VAI PAGAR MINHAS CONTAS – SE O PAIS PARAR AIIIIIIIII SIM NAO HAVERA DINHEIRO POIS NUNCA VI QUEM FICA PARADO TER DINHEIRO, ESTES ESTUDANTES ALGUEM TA PAGANDO UM LANCHE PARA TIRAR NUM FUTURO GOVERNO KKK SE NAO GANHAR VAI PULAR NO RIO AMAZONAS KKKK

  3. 65 Renato Macedo Soares 21/06/2013 12:34

    A História agora é outra.Mudou! A Web é o articulador fabuloso dessa ação rápida e eficiente. Adeus politicos mascarados! Adeus longos discursos! Adeus promessas e falsas intenções! Todos, até os proprios senhores do poder estão perplexos e perdidos…Não haverá mais tempo para tramóias . As mudanças demorarão , porém os dinossauros políticos serão extintos. E, não falo pela idade, falo pela ação, vontade de fazer e simplicidade na demonstração das idéias e feitos. Falavamos um idioma arcaico e complexo, agora, temos que ser rápidos e eficientes, esse é o futuro…chegou! Viva as mudanças!!!

  4. 64 PETRALHAS 21/06/2013 12:21

    A mentira do PT acabou, Lula, Dilma e o PT acabaram suas farsas para se manterem no Podr. O Poder é do povo e com o povo ninguém pode. O Congresso de corruptos agora quer receber os manifestantes, mas sabiamente essa meninada lhes deram as costas, pois não são os legígimos representantes do povo, agora eles querem conversar chegar a acordo, alguém confiaria em Renan Calheiros, Collor, Sarney, por certo não. Pergunto alguém tem confiança na presidente Dilma, que uma dor de barriga correu pro colo do lula, então não dá pra conversar com essa gente, temos sim que continuar com nossas manifestações e jamais sentar pra conversar com essa gente eles não tem moral para tratar de assuntos tão velhos. Parabéns manifestantes jovens e não jovens vamos a luta

  5. 63 Ney Jomar 21/06/2013 11:01

    Em primeiro lugar acredito na força de um movimento que com certeza sabe o que esta fazendo!
    Lembro apenas o quanto é difícil para um governo ter que sentar-se na mesma mesa onde estão vários lideres de partido,e ter que negociar com eles…Presidência do senado,pasta de ministérios,estados para governar,presidência de entidades,diretorias dentre outras…
    Será que todo o povo brasileiro sabe das verdades que estão submersas?
    Será que todo o povo sabe que por trás desta manifestação existe uma REDE GLOBO,com interesses singulares?
    Fico com a frase dos ativistas>>>>DESCULPEM O TRANSTORNO ESTAMOS MUDANDO ESTE PAÍS!

  6. 62 Marcos 21/06/2013 10:42

    Credo, que pessimismo!!! Parece meu avô falando!!!

  7. 61 valdenisio cabral 21/06/2013 9:46

    Não sei se presidente da FIFA tem poderes para isto, mas no seu lugar eu convocaria uma reunião para desfiliar a CBF da entidade, suspender o Brasil por 4 anos das atividades esportivas organizadas por ela, proibir os clubes brasileiros de participar de competições internacionais, proibir o comércio de jogadores com o futebol brasileiro. Com essas medidas se adotadas estaria desempregando mais de 500 mil pessoas, desde jogadores de futebol a jornalistas pitaqueiros, aí eu gostaria de saber quem iria pagar a conta.

  8. 60 Carlos Roberto 21/06/2013 9:44

    A CULPA É DO ELEITOR

    De quem é a culpa por esta baderna que tomou as ruas de nosso país? A mídia está tentando achar os culpados por toda esta confusão que se instalou no Brasil, para isto fazem todo o tipo de comentários, usam de bravatas, chavões e tudo mais, mas eu ainda não vi um órgão de imprensa sequer afirmar que a culpa é do “ELEITOR”. Sim, se o cidadão que exerce o direito de vota e escolher seus candidatos fosse sábio e agisse com inteligência não precisaríamos de manifestações ou de perturbação da ordem.

    O “VOTO” é a arma mais poderosa que o ser humano possui, com ele se mata uma nação, um estado, uma cidade, um político e muito mais, mata-se o que for preciso sem dar um único tiro, sem usar de manobras ou de violência. Mas para isto é preciso usar a inteligência ao invés da força, é necessário saber o calibre da “ARMA” que você tem nas mãos, como usá-la e contra que usar. Para a maioria absoluta da população brasileira o ato de votar é ir à urna e lá depositar o numero de seu candidato preferido ou do coração. Lá ele defende seu partido, suas ideologias e as suas convicções, mas ele não defende o mais importante, o seu “DIREITO”.

    Você pode estar dizendo que sabe votar, mas será que sabe mesmo? Eu “DUVIDO”, não que você seja um ANALFABETO POLÍTICO, mas é que para você e para qualquer brasileiro votar é defender na urna uma sigla ou um candidato, nada mais. É assim que a coisa funciona no Brasil.

    Defender o direito não é confiar no seu candidato e acreditar em suas promessas, não é dar a ele carta branca para agir em seu nome, isto é “COMODISMO POLÍTICO” que é o que impera no Brasil. O brasileiro é acomodado por natureza e a nossa cultura incentiva este tipo de comportamento, como cidadãos somos relaxados ao extremo e nos acostumamos facilmente com aquilo que nos trás qualquer grau de comodidade. Se soubéssemos votar deixando de lado as nossas questões partidárias, extirpando o comodismo de nossas ações e atitude, com certeza não precisaríamos sair para as ruas para “PROTESTAR”.

    Como assim? Simples, você, a partir do momento que depositou o seu voto na urna, pode cobrar de seu candidato, mas com certeza, por comodidade você jamais faria isto. Hoje, com toda a tecnologia o eleitor pode infernizar a vida de seu escolhido, cobrar, investigar, denunciar e até pedir a sua destituição. Mas a desgraça do “COMODISMO” não permite que ele aja nesta direção. Quantas vezes você mandou pelo menos um “EMAIL” para os candidatos que você votou nas ultimas eleições dizendo que estava “DE OLHO NELES”? Quantas vezes você ligou cobrando as suas promessas de campanha? Quantas vezes você procurou a imprensa para denunciar o seu candidato por não cumprir o prometido? Quantas vezes você “PROTESTOU” na frente do gabinete do seu escolhido? O problema é que a maioria só pensa nos favores e querem levar vantagens quando escolhem alguém, vivemos ainda no ritmo da “DENTADURA”, da “TELHA” do “ÔNIBUS” do “PATROCINIO” e coisas semelhantes, tudo movido pelo nosso comodismo, e é até explicável, pois somos, por natureza, preguiçosos e não queremos perder a boquinha.

    Mas a culpa é só do eleitor? Claro que não!!! A classe política também tem a sua parcela de culpa quando promete mundos e fundos e não cumpre. O problema é que esta classe sabe usar o poder de persuasão, popularmente conhecido como “LÁBIA”, para ludibriar o eleitor, e como sabe. Eles são astutos e agora, diante do quadro que se instalou, todos estão, sem exceção, buscando uma forma de lucrar com a baderna que se instalou no país. Faz parte do jogo político e do caráter desta gente, eles jamais jogam para perder, mas acima de tudo eles sabem como manipular as massas para alcançarem seus objetivos. Ou será que estas multidões que estão indo para as ruas não estão sendo manipuladas e usadas como massa de manobra por grupos políticos? Será que isto é espontaneidade apenas? Me desculpem, mas não há outra justificativa!!!
    Quem mais tem culpa nesta história? Obviamente que a imprensa também tem a sua parcela de culpa, pois é ela quem dá notoriedade aos fatos, que espalha notícias que ajudam a mexer com a pobreza racional de nossa gente, que usando imagens, incentiva os desocupados a procurar formas de estarem em evidência através dos movimentos. Pessoas inteligentes jamais se deixaria ser usadas ou influenciadas, jamais se sujeitariam a ir para as ruas patrocinar badernas para satisfazer “MOVIMENTOS” ou “AGREMIAÇÕES”, pessoas inteligentes sabem como cobrar, quando cobrar e porque cobrar, não usam de justificativas forjadas ou oportunistas e muito menos eleitoreiras.

    O Brasil é o país dos “MARIA VAI COM AS OUTRAS”, principalmente quando a coisa dá ibope, se vai ser mostrado na televisão então… São milhares indo no embalo das conversas de pessoas especializadas em manobrar, não é “COPA DO MUNDO”, não é “PEC 37”, não é “SAÚDE”, não é nada disto, a coisa é mais baixa, mais suja e de menor valor social, é “ELEIÇÃO”, é “2 0 1 4” e em se tratando de eleição vale qualquer coisa, pois o povão quer mesmo é faze bagunça. Me diz quantos não sairão destas manifestações direto para um gabinete? Quantos não irão assessorar um político eleito através destas manifestações? Perdoem a minha sinceridade, mas a minha inteligência não é para ser usada para fins que não possuam qualquer vestígio de nobreza.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  9. 59 Odilon Moura 21/06/2013 9:43

    Hoje se a grande mídia não publica a Internet publica. numa velocidade incrível. hoje é fácil descobrir quem está mentindo ou omitindo.

  10. 58 João Luiz 21/06/2013 9:43

    Fora Dilma, fora Lula e aproveitam levam a cambada dos petistas, pra bem longe.

  11. 57 valdenisio cabral 21/06/2013 9:41

    Não sou contra os protestos, mas o que me deixa indignado é que simples bandeiras de lutas como: educação de qualidade, sistema de saúde de qualidade, fim da corrupção, etc, têm sido defendidas há muito tempo. Com meu avô em 1930, com meu pai em 1964 e comigo no impeachment de Collor. Eu que sinto é falta de propostas, que lutem por uma reforma da educação no modelo oriental, que lutem pela reforma do Estatuto da Criança e Adolescente, que dá direitos e exclui de deveres, fazendo com que o professor se torne um inspetor de segurança e não um educador, que lute por melhores hospitais bem equipados e em condições de atender a toda população, que lute contra a corrupção, mas deixem de votar em políticos corruptos.Só assim estaremos fazendo a nossa parte.

  12. 56 Odilon Moura 21/06/2013 9:39

    Não entendo porque Governo tem que fazer propaganda na mídia . Governo tem que governar. publicar o que esta fazendo sim, através dos meios de comunicação do próprio governo .
    Propaganda na mídia é meio de corrupção ,rabo preso e outras mazelas. a grande mídia tem rabo preso e não informa como deveria informar porque tem rabo preso. A globo ficou pisando em ovos, pra dar as noticias dos últimos acontecimento.

  13. 55 luiz 21/06/2013 8:52

    Louco é o cidadao que tem coragem de sair de seu país para ir ao Brasil ver footbol.

  14. Marcelo Laguna 21/06/2013 23:42

    Chamo sim, por que? Alguma coisa contra?

  15. 54 ydel 21/06/2013 6:08

    Isso vc chama de post? Nossa quantas lições.

  16. Marcelo Laguna 21/06/2013 23:42

    Caro, você entendeu que este é um blog voltado para esportes olímpicos? E consegue captar que uma coisa poderá refletir em outra?

  17. 53 omago daser pente 21/06/2013 0:51

    Parece que o preclaro blogueiro esta bolado de tanto pensar na Copa! As manifestações já estão nas ruas e o cara recomenda bom senso para 2016…

  18. 52 gelson dos santos 20/06/2013 22:44

    Marcelo Laguna. O mundo mudou, as pessoas mudaram, nestas manifestações tem filhos de policiais civis e militares, tem filhos de políticos, tem filhos de operários e de profissionais liberais, tem filhos dos nossos filhos também. Deflagrar armas mortais contra essa gente é chacinar a pópria família brasileira, cansada de ser enganada pelos que se dizem representantes do povo na política, na saúde, nos transportes, na mídia(rádio, tv, internet), etc. Observe que não me refiro somente aos políticos que só ocupam seus mandatos porque foram postos lá pela maioira que está nas ruas. É o desencanto na educação, é a hipocrisia no jornalismo, é a inflação que revolta esses jovens. Melhor será que todos oremos a Deus suplicando, ajoelhados de corpo e de alma, serenidade, entendimento e atitudes capazes de, se não por fim aos desmandos em todas as áreas do conhecimento humano, dar a cada um segundo as suas obras, ou seja, valorizar somente aqueles que pelo exemplo de servço ao povo, devam permanecer em seus postos servindo ética, justa e honestamente.

  19. 51 evelyn sá 20/06/2013 22:11

    O México tem historia bem parecida com a nossa no que diz respeito a politica, corrupção, economia.

    E,infelizmente, na violencia tb.

    É rezar para que aqui as coisas não tomem esse rumo. Mas……..

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.