Publicidade

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 Histórias do esporte, Ídolos, Imprensa, Olimpíadas, Vídeos | 07:19

As mentiras de Armstrong e o ciclismo sob suspeita

Compartilhe: Twitter

Lance Armstrong, durante a entrevista histórica para a apresentadora Oprah Winfrey

Bem, havia dito que passaria por aqui no caso de algo extraordinário. E dá para falar algo diferente após a entrevista concedida pelo ciclista americano Lance Armstrong à apresentadora Oprah Winfrey, exibida no Brasil pelo canal Discovery, no começo da madrugada desta sexta?

Ninguém pode dizer que ficou surpreendido com a confissão do ciclista americano Lance Armstrong de ter usado doping ao longo de sua vitoriosa carreira, especialmente nas conquistas de seus sete títulos da Volta da França, durante a sensacional entrevista à Oprah Winfrey – que deu um show de jornalismo, vale ressaltar. A segunda parte da conversa, inclusive, será exibida nesta sexta-feira, novamente pelo Discovery.

Mas embora sem surpresas, diante das evidências que o caso tomou desde setembro do ano passado, quando a Usada (sigla em inglês para agência antidoping dos EUA) declarou a culpa do ciclista, as palavras de Armstrong surpreenderam, sim, pela dura sinceridade. Sem pensar duas vezes, o ciclista admitiu ter participado (e sido o grande mentor) de um esquema de doping que o acompanhou ao longo de sua carreira.

Aquele cara que conquistou a admiração do mundo inteiro, por ter vencido um câncer e chegado à glória do esporte, era na verdade um grande charlatão, um embuste, uma mentira!

E nesse ponto é que se concentra o grande prejuízo que Lance Armstrong trouxe ao esporte, mas principalmente a si próprio: a imagem de não passar de um grande mentiroso. As imagens que Oprah e sua equipe de produção resgataram de entrevistas antigas do ciclista, defendendo o médico Michele Ferrari, que foi banido do ciclismo, isentando-o de qualquer culpa em esquemas envolvendo doping, chocam pelo cinismo.

Mas se a reputação de Armstrong sai irremediavelmente arrasada deste episódio – parece-me quase impossível que ele consiga reconstruir sua imagem depois de tudo o que aconteceu -, também não é nada confortável a situação do ciclismo de modo geral. O próprio Lance deixou claro que existe uma “cultura” que estimula o uso de doping no ciclismo e que outros integrantes de sua equipe confessaram o uso de substâncias proibidas.

O caso é tão sério que um membro do COI (Comitê Olímpico Internacional), Dick Pound, ex-presidente da agência mundial antidoping, chegou a dizer que o ciclismo pode ficar ameaçado de permanecer no programa das Olimpíadas, após a confissão de Armstrong. E mesmo no Brasil a situação não é muito confortável para a modalidade. Em 2011, a ESPN Brasil, em seu programa “Histórias do Esporte”, mostrou uma reportagem relatando diversos casos de doping que estranhamente não foram divulgados pela CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo).

No ciclismo, pelo jeito, é mais fácil você encontrar os vilões do que os mocinhos.

Autor: Tags: , , , , ,

9 comentários | Comentar

  1. 59 Jonas 18/01/2013 16:16

    No ciclismo é mais fácil você encontrar os vilões do que os mocinhos porque o controle antidoping é absurdo. Imagina se colocássemos passaporte biológico em todos os outros esportes? Aposto que descobririamos que a maioria dos mocinhos são, na verdade, vilões…

  2. 58 Willian 18/01/2013 15:39

    Ele continua sendo um ídolo Sr. Perfeito Regys… ele é apenas mais um no meio do ciclismo que se dopa. Lá não tem ninguém limpo nos últimos 30 anos que chegou nas 10 primeiras colocações nas grandes voltas. Você não deve ser do ciclismo pq quem é sabe que sem droga não se consegue os tempos que existem hoje. Em médias e grandes provas amadoras em nosso país, o odor do remédio está no ar.
    Lance continua sendo um ótimo atleta, competiu de igual para igual com todos os outros que chegaram atrás dele.

    Quer um ícone do ciclismo limpo ? Pesquise Eddie Merck – O resto são turbinados do mesmo saco !! Então que vença o melhor e este melhor foi e é Lance !!!

  3. 57 Cândido 18/01/2013 15:08

    Eu gostaria de ver a reação do pessoal do atletismo americano diante da confissão de um compatriota deles. Será que eles não tomam nada também????

  4. 56 carlos 18/01/2013 14:30

    As pessoas pensam que a Glória Imediata é tudo; porém esquece o maior valor que todos deveríamos cultivar que é a HONRA, por que sem Honra não há como viver… Assim sendo, o castigo dele maior será não poder encarar ninguém olhando nos olhos, por que tudo que ele transmite é Mentiras e Falsidades… pensem, por que tudo que se faz sobre essa Terra será escondido tudo terá a sua Verdade Mostrada…Pobre atleta que tinha uma legião de admiradores e hj tem a indiferença de todos…

  5. 55 Jaime de Sousa 18/01/2013 12:50

    Não estou decepcionado com a revelação de Armstrong, ele é apenas um, entre todos os esportistas profissionais que, “sem sombra de dúvidas” , também fazem uso de substancias proibidas. Não se iludam, em todo esporte de modalidade individual, esta presente o anabolizante, seja ele de qualquer tipo.
    O fato de quase todos usam Doping, não é justificável pra ninguém, pois o uso de tais substancias é uma covardia e seu usuário tem que ser punido, porem, se alguém esta esta pensando em banir o Ciclismo das OLIMPÌADAS, estará também cometendo uma covardia, pois, como esta supramencionado, o Doping esta em todos os esportes (EXCETO o futebol, que normalmente a “galera” só quer saber de churrasco, bebedeira, balada e tudo mais que pode ser encontrado nela).
    O ciclismo é o esporte mais testado no anti-Doping no mundo, tambem é o que tem a maior lista de produtos que são considerados proibidos, por exemplo posso citar o DOFLEX, que se ingerido por um ciclista 5 dias antes do teste, acusará Doping positivo. Para quem não sabia, este é motivo pelo qual tantos atletas desta modalidade estão com seus nomes envolvidos nestes escandalos.
    Não estaria o COMITÊ MUNDIAL DOS ESPORTES, cometendo uma injustiça com o ciclismo? por que dois peso duas medidas? Por que somente o ciclismo é tão cobrado? A quem interessa denegrir a imagem desse belíssimo esporte OLIMPICO?

  6. 54 Edno Rocha De Lima 18/01/2013 12:44

    Um dia um vi um homem vencer o cancer ! Lutou ganhou o mundo viu nele um exemplo,
    pais incentivaram seus filhos comprando bicicletas por setes vezes este homem ganhou um titulo especial. E quando foi acusado de dopping ( NEGOU ) seria outra vitória provar que nunca jamais correu dopado! Agora vem dizer que realmente usou querendo ser coitadinho
    só tenho pena deste cidadão , Que este rapaz seja apenas lembrado agora por ter vencido um
    cancer mais nada……..
    Espere!!!!!! ja pensou quem sabe este cancer foi por motivo desta drogas todas que ele usou.
    pensem nisso
    você ai que pensa que nada vai acontecer contigo!!!!!!!!

  7. 53 Edno Rocha De Lima 18/01/2013 11:45

    Este cara de pau não ´so deveria perder so titulos mais sim ser preso . não só enganou a modalidade , mais sim o mundo, com seu jeito de vencedor que todo mundo admirava( canalha, covarde ) E como fica os seus concorrente que perderam pra ele ?
    MENTIROSO , COVARDE , CANALHA , MAU CARATER , ESTE É SEU VERDADEIRO NOME……………………………………………………………………

  8. 52 Cléber Cunha 18/01/2013 11:29

    Em uma prova como o Tour de France, se o anti-doping não for rigorosissímo, provavelmente todos se doparão, e se você for “honesto”, o seu lugar será o sofá da sala, assistindo pela TV, não desmereço suas conquistas, pois provavelmente todos naquelas provas corriam dopados, portanto em igualdade de condições, mas os holofotes foram lançados sobre ele, porque ele foi o único sete vezes campeão.

  9. 51 Regys Silva 18/01/2013 10:35

    Não gostava do Armstrong, mas ninguem imaginava que ele podia ser tão podre assim. O resto da vida dele olhando pra baixo, com vergonha, vai ser pouco…

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.