Publicidade

terça-feira, 18 de setembro de 2012 Com a palavra, Isso é Brasil, Olimpíadas | 17:15

Romário volta a bater em Nuzman, COB e pede voto aos atletas

Compartilhe: Twitter

Romário bateu pesado na falta de alternância de poder do COB

“Os presidentes das Confederações de Atletismo e de Desporto Aquático, por exemplo, já estão há mais de 20 anos no poder. Muita cara de pau! E o presidente do COB, Carlos Nuzman, tá querendo se reeleger mais uma vez agora em outubro. Se conseguir, também chegará a duas décadas à frente do COB. E para quê?”

O ex-jogador e atual deputado federal Romário vem se notabilizando como um parlamentar que mostra, na tribuna, a mesma contundência que exibia na época em que brilhava nos gramados. Às vezes, exagera no tom e sai disparando a metralhadora, mesmo sem provas, como foi o episódio em que acusou o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, de fazer suas convocações atendendo a interesses de empresários.

Mesmo assim, na maioria das vezes a precisão das críticas de Romário são cirúrgicas e certeiras. Como no último texto publicado em seu site oficial, que foi ar ar nesta segunda-feira (17), no qual elogia a intenção do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em vetar recursos públicos às confederações esportivas que não promovam a alternância de poder de seus presidentes. E fez questão de ressaltar que não concorda com a falta de troca de comando que ocorre no COB (Comitê Olímpico Brasileiro). “Soube que o Nuzman não recebe salário. Então por que tanto apego? O que eu sei é que o COB precisa mudar de cara e deixar de ser amador”, escreveu o Baixinho.

Romário também tocou em outro ponto que causa urticária nos cartolas: o voto direto soa atletas para escolher os presidentes de confederações. “Nada mais justo do que o próprio competidor que rala e representa o país lá fora possa ajudar a escolher os melhores administradores de suas confederações e do COB”, escreveu.

A meu ver, Romário acertou na mosca neste texto. Nuzman está no comando no COB desde 1996 (foi eleito em 95, mas assumiu de fato um ano depois). É inegável que promoveu melhoras na estrutura do esporte olímpico brasileiro, mas também não se pode negar que a entidade que comanda vem falhando no modelo de gestão atual, com recursos públicos que jamais existiram antes na história, mostrando resultados proporcionalmente abaixo do que deveriam ter alcançado.

Já passou da hora de uma mudança. Não só no COB, mas também em todas as confederações que eternizam seus dirigentes no poder.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

5 comentários | Comentar

  1. 55 Well 19/09/2012 10:42

    Não acho que o problema maior seja sequência, poderia ficar 100 anos se como diz na segunda parte tiver voto direto, transparência e resultados. Assim hoje teríamos vontade que ele ficasse mas não é mas viável pois o dinheiro entrou farto e vamos pagar mico na próxima que é aqui…

  2. 54 nelson 19/09/2012 8:24

    apoiado Romario.
    Nuzman tem que sair .Apadrinhado de Havelange está se perpetuando no poder. O Brasil é uma droga em olimpiadas e só olham parao volley que dá mais ibope.
    E olha que estes caras estão aí num mar de denuncias de corrupção , inclusive o marco aurelio empossado por Nuzman como diretor.

  3. 53 Maurren Maggi retoma treinos e não descarta Rio 2016 | CrystalTube 18/09/2012 20:07

    […] Blog Espírito Olímpico: Romário volta a bater em Nuzman, COB e pede voto aos atletas […]

  4. 52 monir 18/09/2012 19:42

    Agora vai com o Nuzman mesmo , ja esta em cima da hora para o Rio , depois sim renovação total no COB .

  5. 51 Rádio Povo – Sistema Pazzi de Comunicação | Maurren Maggi retoma treinos e não descarta Rio 2016 18/09/2012 18:26

    […] Blog Espírito Olímpico: Romário volta a bater em Nuzman, COB e pede voto aos atletas […]

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.