Publicidade

segunda-feira, 3 de setembro de 2012 Isso é Brasil, Olimpíadas, Paraolimpíadas, Seleção brasileira | 15:57

Ainda sobre os números dos deficientes físicos brasileiros

Compartilhe: Twitter

Alan Fonteles recebe a medalha de ouro nos 200 m, ao lado de Oscar Pistorius: sucesso brasileiro nas Paralimpíadas de Londres

Diante da repercussão do post anterior, em que analisava alguns dos motivos pelos quais o Brasil é uma verdadeira potência esportiva no esporte paralímpico, alguns leitores questionaram os números que apresentei, baseados no último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que apontava que 24% da população do Brasil (ou mais de 45 milhões de pessoas) estão incluídas na categoria de deficientes físicos.

O problema está na própria forma que o IBGE fez esta classificação, contestada por entidades ligadas a movimentos ligados às pessoas com deficiência. Em contato com o CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro), recebi do próprio presidente da entidade, Andrew Parsons, a informação que não existe um número oficial, em razão das várias maneiras de classificar a deficiência física de uma pessoa. Além disso, o critério do IBGE é abrangente demais, no qual pessoas com miopia elevada podem entrar nesta conta dos 24%.

Portanto, a CPB usa como número base dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), que aponta 10% da população do Brasil tendo algum tipo de deficiência física mais grave.

Ainda assim, são quase 20 milhões de pessoas, um número bastante expressivo e que também ajuda a explicar um pouco desta brilhante campanha brasileira nas Paralimpíadas de Londres.

Autor: Tags: ,

1 comentário | Comentar

  1. 51 Ubiraci Graça 04/09/2012 12:03

    Absurdo termos que ficar procurando resultados sobre as paraolimpíadas. Ah! Por que me impressionar?

    O governo não dá incentivo ao esporte seja ele para os normais por que daria aos que são realmente guerreiros e superam obstáculos impostos pelo destino. Parabéns aos paraolímpicos já conseguiram mais medalhas DE OURO que os ditos normais. Vcs sim, são FANTÁSTICOS. Exermplo de superação.

    Para o esporte o incentivo tem que ser a médio-longo prazo e não sa noite para o dia como pensam.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.