Publicidade

sexta-feira, 4 de maio de 2012 Olimpíadas, Vídeos | 22:54

Provocação desnecessária

Compartilhe: Twitter

Cemitério nas Ilhas Falklands/Malvinas em 1982, após a guerra entre Inglaterra e Argentina

A lição já foi ensinada em1980 e 1984: não se deve misturar política com esporte.  O resultado foi aquele que todos que conhecem um pouco da história olímpica sabem. Primeiro, o boicote dos americanos e países aliados às Olimpíadas de Moscou, com o devido troco dado pelos russos e países do bloco socialista quatro anos depois, em Los Angeles.

Mas parece que em pleno ano de 2012, às vésperas das Olimpíadas de Londres, alguns não entenderam os efeitos nocivos que ocorrem ao tentar colocar discussões políticas no caminho do esporte. É o caso do governo da Argentina, que pôs no ar uma propaganda onde um jogador argentino de hóquei sobre grama, no melhor estilo “Rocky, o Lutador”, faz sua preparação para os Jogos Olímpicos de Londres nas Ilhas Falklands – ou Ilhas Malvinas, como os argentinos as chamam.

O ponto alto da sutil “provocação” argentina – lembrando que o arquipélago foi palco de uma sangrenta e estúpida guerra ocorrida há 30 anos entre Argentina e Inglaterra – estava na seguinte frase: “Para competir em solo inglês, treinamos em solo argentino”.

Não entrarei no mérito de quem são os verdadeiros donos deste arquipélago perdido no sul do Atlântico, embora tenha certeza absoluta da imbecilidade que foi aquela guerra. Porém, uma coisa eu tenho certeza: foi uma provocação para lá de desnecessária. O ministério das Relações Exteriores da Grã-Bretanha já chiou.

Confira o vídeo que vem causando tanta polêmica entre argentinos e ingleses:

Autor: Tags: , , ,

1 comentário | Comentar

  1. 51 Leonardo Rodrigues 05/05/2012 8:19

    Provocação estúpida. Aliás, mais uma atitude estúpida recente do governo da Cristina Kirchner.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.