Publicidade

segunda-feira, 26 de setembro de 2011 Com a palavra, Ídolos, Imprensa, Mundiais, Musas, Olimpíadas, Pan-Americano | 23:35

Fabiana Murer, uma campeã com os pés no chão

Compartilhe: Twitter

“Ele foi fundamental, me ensinou a saltar novamente”


Fabiana Murer exibe a bandeira brasileira para comemorar o título mundial no salto com vara

Esta frase, extraída de um trecho de uma declaração dada nesta segunda-feira, em uma twitcam (na verdade, de “cam” mesmo não teve nada, pois o equipamento falhou e o papo rolou pelo twitter mesmo), mostra bem a forma serena e objetiva de pensar de Fabiana Murer, ganhadora da única medalha de ouro do Brasil em Mundiais de atletismo. Ao contrário do que muitos atletas, que embriagados pela fama imediata se esquecem dos verdadeiros responsáveis pelas suas conquistas, Fabiana Murer não pensou duas vezes em destacar a importância do técnico ucraniano Vitaly Petrov nesta medalha de ouro.

É justamente este jeito sereno, sem marketing, com os pés no chão, que cativa em Fabiana Murer. Só mesmo algo muito extremo para tirá-la de seu eixo, como foi o episódio da perda das varas nas Olimpíadas de Pequim. O normal de Fabiana Murer é esse aí: sem se deslumbrar ou desesperar  por qualquer coisa.

Da mesma forma com que garante que irá brigar pelo ouro no Pan de Guadalajara, daqui a pouco menos de 20 dias, Fabiana Murer não descarta alcançar a quase inalcançável marca de 5 metros em 2012 e também buscar o título olímpico nos Jogos de Londres. E tudo isso é dito de uma forma sincera, sem afetação ou prepotência.

Quem dera o esporte brasileiro tivesse outras atletas com o comportamento e perfil de Fabiana Murer.

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.