Publicidade

terça-feira, 30 de agosto de 2011 Ídolos, Imprensa, Mundiais, Seleção brasileira | 13:39

Ouro de Fabiana Murer começou a ser desenhado em 2009

Compartilhe: Twitter

Fabiana Murer exibe a bandeira brasileira para comemorar o inédito título mundial no salto com vara

A brilhante conquista de Fabiana Murer nesta terça-feira, ao ficar com a medalha de ouro no salto com vara do Campeonato Mundial de atletismo em Daegu – a primeira de um atleta brasileiro, homem ou mulher, na história da competição – começou a ser construída, na verdade, há dois anos, antes do Mundial de Berlim, em 2009.

Numa entrevista com a atleta e que foi tema da coluna Diário Esportivo, que eu assinava no “Diário de S. Paulo”, Fabiana Murer já planejava que para ficar com a medalha de ouro em um Mundial, algo na época considerado um feito quase impossível, diante de uma russa Elena Isinbayeva até então imbatível, precisaria saltar pelo menos 4m80. Na época, esse era o recorde sul-americano, que pertencia a ela mesma (hoje a marca é justamente de 4m85, o salto que lhe rendeu o ouro).

“A partir desta marca, é possível pensar em lutar por medalha. Não é possível assegurar que vou ganhar saltando isso, mas fico na briga” disse Murer, na coluna publicada no “Diário”, em 6 de março de 2009.

E pensar que pouco mais de dois anos depois, ela superou sua própria expectativa para entrar na história do atletismo brasileiro. Mais bacana ainda foi o fato de ter sido a conquista de uma atleta do bem, que passa longe dos choros histéricos ou atitudes marqueteiras de olho na opinião publica.

Se alguém mereceria esta medalha, esse alguém era Fabiana Murer.

Autor: Tags: , , , ,

2 comentários | Comentar

  1. 52 No Pan, técnicos estrangeiros já aparecem em metade das modalidades « silvio.evanni's Blog 14/10/2011 23:55

    […] ESPÍRITO OLÍMPICO: Notícias e opinião sobre o Pan do México e as Olímpiadas de Londres […]

  2. 51 Alan 30/08/2011 15:45

    Quando ela foi prejudicada em Pequim ficaram esculachando ela. Fico feliz pela atleta ter conseguido essa medalha, uma pena eu não ter visto. Já estou até vendo que em 2012 ela será favorita a medalha de ouro nas olímpiadas e se não conseguir é porque amarelou.. rs

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.