Publicidade

sexta-feira, 20 de maio de 2011 Pan-Americano, Seleção brasileira | 22:22

Pista do Ibirapuera reestreia com recorde e índice

Compartilhe: Twitter

Simone Alves da Silva bateu o recorde de Carmem de Oliveira, que durava desde 93

Mostrou ser bem pé-quente a nova pista do Estádio Ícaro de Castro Melo, no complexo esportivo do Ibirapuera. Nesta sexta-feira, durante a disputa do Desafio Internacional Olímpico, a fundista Simone Alves da Silva, da equipe BM&F Bovespa, venceu a prova dos 5.000m e bateu o recorde sul-americano da prova, que já durava 18 anos e pertencia a Carmem de Oliveira. Além disso, Marílson Gomes dos Santos, também da BM&F Bovespa, faturou a vitória nos 10.000m e cravou o índice para disputar os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara.

Simone venceu sem ser ameaçada a prova dos 5.000m e cravou o tempo de 15min18s85, baixando em 3seg14 o recorde sul-americano de Carmem de Oliveira, que era de 15min22s01, obtido na cidade de Hetchel, na Bélgica, em 31/7/1993. “Já vinha tentando os 5 mil em pista, às vezes chegando muito perto da marca. Venci com muita diferença”, disse a atleta baiana, de 27 anos.

Apesar de bater o recorde continental, Simone não conseguiu garantir vaga para o Mundial de Daegu, na Coreia do Sul, cujo o índice é de 15min12s02. “Se entrar numa prova mais competitiva, acho que consigo o índice”, assegurou.

Mas quem deixou o Ibirapuera classificado foi o experiente Marílson Gomes dos Santos, que se classificou para o Pan de Guadalajara nos 10.000m ao vencer a prova desta sexta-feira com 28min09s24. O fundista, que não irá ao Mundial da Coreia do Sul, deverá disputar uma maratona em um percurso considerado rápido no segundo semestre, para obter vaga às Olimpíadas de Londres-12.

Veja também:

Kleberson Davide  faz barba, cabelo e bigode no GP de Belém

A mulher mais rápida do mundo

Guadalajara, lá vamos nós!

Autor: Tags: , , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.