Publicidade

quinta-feira, 19 de maio de 2011 Pan-Americano, Seleção brasileira | 23:09

Cadê os maratonistas do Brasil?

Compartilhe: Twitter

Solonei Rocha da Silva garantiu índice para disputar a maratona no Pan-11

Nesta última quarta-feira, a CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) divulgou sua primeira lista oficial de convocados para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara e também para o Campeonato Mundial de Daegu, na Coreia do Sul. Foram chamados atletas para maratona e marcha atlética. E é justamente aí que a coisa complica.

Para o Pan-11, na maratona masculina, a CBAt convocou Solonei Rocha da Silva e Jean Carlos da Silva, e na feminina as representantes da equipe brasileira serão Adriana Aparecida da Silva e Michele Cristina das Chagas. Na prova de marcha atlética 50km, os convocados foram Mario José dos Santos Júnior e Jonathan Rieckmann.

Em compensação, no Campeonato Mundial, que ocorrerá antes do Pan (entre 27 de agosto e 4 de setembro) e que teoricamente é um evento mais importante para o atletismo, o Brasil não terá representantes na maratona, uma das provas mais tradicionais da modalidade. Tanto Solonei quanto Jean Carlos desistiram, enquanto Marilson Gomes dos Santos disputará apenas o Pan (10 mil metros). No feminino a coisa foi ainda pior: nenhuma atleta conseguiu o índice exigido pela CBAt para ir à Coreia do Sul.

Trata-se de uma situação preocupante, bem preocupante. O Brasil, nos últimos anos, criou uma boa tradição em provas de fundo, especialmente a maratona. Vanderlei Cordeiro de Lima, Ronaldo da Costa, o próprio Marilson Gomes dos Santos, são alguns dos exemplos de talentos brasileiros na maratona.

Será que não conseguimos encontrar ao menos alguns atletas de nível razoável para representar o país numa competição tão importante como é o Campeonato Mundial? E o que dizer então do feminino, onde nenhuma atleta obteve índice? Ou será que a maioria absoluta prefira tentar a sorte de buscar uma medalha no Pan-Americano, competição de nível técnico inferior ao Mundial? Lamentável, hein?

Cadê os maratonistas do Brasil, minha gente? Cadê a renovação?

Com a palavra, os dirigentes da CBAt.

Leia também:

Atletismo classifica mais um para o Pan-11

A mulher mais rápida do mundo

O que acontece com o tribunal da CBAt?

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

1 comentário | Comentar

  1. Marcelo Laguna 20/05/2011 20:45

    Olá, Roberto
    É uma boa tese esta sua. Ainda assim, acho que o Brasil deveria obrigatoriamente colocar participantes na maratona do Mundial, até como forma de aprendizado.

    Valeu e volte outras vezes

  2. 51 Roberto Arruda 20/05/2011 9:22

    Se olharem o ranking mundial o Brasil fica longe dos vinte ou trinta primeiros, no feminino é ainda mais sofrivel, porque ir para um mundial e chegar entres os ultimos, melhor sorte no Pam, que tem mais propaganda e o Brasil obter medalhas no Pam é mais fácil e mais lucrativo.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.