Publicidade

sábado, 2 de abril de 2011 Isso é Brasil, Seleção brasileira | 14:49

O que acontece com o tribunal da CBAt?

Compartilhe: Twitter

Maria Zeferia Baldaia: apesar do doping, recebeu apenas uma "advertência" da CBAt

Falta bom senso, para não dizer coisa pior, aos nobres juristas que comandam a CDN (Comissão Disciplinar Nacional), órgão de primeira instância da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo). Depois de surpreendentemente apenas advertir a revelação Geisa Arcanjo, campeã mundial juvenil do arremesso do peso em 2010, eis que repetiram a polêmica decisão nesta semana e “premiaram” a fundista Maria Zeferina Baldaia, campeã da São Silvestre de 2001, também com uma advertência.

Como tem sido padrão nestes casos, a atleta – que tem uma linda história de superação, por ter sido boia-fria durante uma parte de sua vida – alegou que usou um medicamento que continha a substância acetazolamida para tratar de um inchaço no joelho. Disse inclusive que tudo não passou de uma fatalidade. E talvez sensibilizados, os legisladores da CBAt lhe deram somente uma advertência.

Menos mal que também nesta última semana, o tribunal penalizou José Alessandro Bagio, corredor de marcha atlética, em dois anos de suspensão, por uso de anabolizante.

Não me consta que casos de doping combinem com a complacência dos tribunais e tem ficado evidente que a CBAt adota dois pesos e duas medidas nestas situações, como aliás já comentei em um post anterior. Até por conta do escândalo vergonhoso da equipe Rede, em 2009, quando vários atletas foram flagrados, a CBAt tinha a obrigação de ser implacável em sua decisão.

Doping é doping, não importa se de uma grande revelação ou de uma atleta que já caminha para o final de sua carreira. A punição é a maior arma ao combate ao doping.

E para provar que as decisões da CBAt são, pelo menos, contestáveis, a Anad (Agência Nacional Antidoping) recorreu da decisão do caso Geisa Arcanjo, exigindo uma pena mais dura.

Autor: Tags: , , ,

2 comentários | Comentar

  1. 52 Nicolau Radamés Creti 04/04/2011 12:46

    Concordo plenamente com seu comentário, Laguna. Doping é doping. É preciso ter coragem e bom senso, coisa que a CBAt do dinossauro Gesta, o homem que não larga o osso, pelo jeito não sabe o que é.

  2. 51 anonimo 03/04/2011 21:39

    Muito bom seu artigo . Parabéns pl blog !
    e é revoltante cm a CBAT realmente protege certas pessoas.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.