Publicidade

sábado, 5 de março de 2011 Olimpíadas, Pan-Americano, Seleção brasileira | 14:48

Bruno Souza volta para evitar vexame do handebol brasileiro

Compartilhe: Twitter

O armador Bruno Souza retorna à seleção após dois anos

O anúncio da convocação da seleção brasileira masculina de handebol para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, feita esta semana pelo técnico espanhol Javier Garcia Cuesta, trouxe como grande novidade a presença do armador Bruno Souza. Considerado como um dos melhores jogadores da modalidade – foi três vezes eleito pela Federação Internacional de Handebol (IFH) para integrar a seleção dos melhores do mundo -,  Bruno estava fora da equipe brasileira desde a campanha no Jogos de Pequim, em 2008.

Se parece óbvio que Bruno, que durante muitos anos atuou com sucesso no handebol da Alemanha, irá integrar a lista final de 14 jogadores do técnico Cuesta para o Pan, é igualmente claro a necessidade do treinador espanhol em contar com ele. Afastado da seleção por opção pessoal  desde o início de 2009 (doença na família e pelo fato de querer acompanhar de perto o nascimento do filho), o armador será fundamental para o Brasil conquistar o tricampeonato pan-americano e, como consequência, garantir vaga nas Olimpíadas de Londres. Foi com Bruno em quadra que o Brasil conquistou os títulos no Pan de Santo Domingo-03 e Rio-07.

Sem contar com o armador, a seleção brasileira deu vexame nos últimos Campeonatos Mundiais de handebol, na Corácia (2009) e Suécia (2011), quando terminou apenas em 21º lugar. Para Guadalajara, pelo visto Cuesta não quer correr o risco de repetir o fiasco e apostou suas fichas na qualidade e experiência de Bruno Souza. Tem tudo para se dar bem.

Autor: Tags: , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.